sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

OPNI CoMvida: série ganha episódios com Criolo, Consciência Humana e Nega Gizza



(Crédito para imagens: Toni William)

Arte e protesto pelas ruas da zona leste
Na noite desta quinta-feira, o grupo OPNI realizou lançamento simultâneo de três novos episódios da série OPNI CoMvida.Com produção de Toni William, os vídeos documentam a passagem de grandes nomes do hip hop pela Galeria de arte a Céu Aberto, que está localizada na Vila Flávia, em São Mateus. Durante as visitas, os convidados conheceram moradores e alguns pontos culturais do bairro e participaram de bate papos descontraídos.
Em bate papos descontraídos – mas nem por isso menos sérios – os rappers CrioloNega Gizza e o grupo Consciência Humana, falam sobre música, graffiti, política, racismo, machismo e outros temas relacionados à sociedade atual.
(ASSISTA AS ENTREVISTA CLICANDO NOS NOMES ACIMA)
Sobre o Projeto OPNI CoMvida – Galeria a Céu Aberto
Vencedor na categoria Territórios Culturais, do Prêmio Governador do Estado de São Paulo para a Cultura 2014 (voto popular), começou a ser desenvolvido em 2009 e localiza-se no bairro Vila Flavia – no distrito de São Mateus – zona leste de São Paulo. Tem como objetivo principal, grafitar toda a região, transformando a comunidade em uma galeria de arte urbana.
A Galeria a Céu Aberto é composta por uma série de graffitis que estampam casas, comércios e ruas inteiras, formando um longo percurso de intervenções artísticas. Além de colorir as vielas, o projeto também oferece oportunidade para jovens que desejam aprender o oficio. Muitos se inspiram nos desenhos vistos de suas janelas e adquirem interesse pela arte. Para auxiliar no desenvolvimento do talento desse público, o Grupo OPNI oferece oficinas gratuitas de iniciação ao graffiti, que são ministradas pelos próprios integrantes, na ONG São Mateus em Movimento.
Em 2014, OPNI CoMvida: Galeria a Céu Aberto deu origem a uma série de vídeos, tendo como convidados alguns ícones do rap nacional, como Emicida, KL Jay, Kamau, Xis, Thaide, Max B.O e Dexter.
A curadoria é realizada pelo grupo OPNI, que além dos graffitis autorais, faz questão de imprimir no projeto, participações de artistas que são referência mundial. Atualmente, o percurso da Galeria reúne mais de 200 intervenções urbanas
Share this article

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2014 Noticiário Periférico • All Rights Reserved.
Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top