segunda-feira, 26 de setembro de 2016

O jovem carioca, aspirante a MC Caio Acioli, precisa de sua ajuda!


CONTRIBUA AQUI

Leia o depoimento do Caio.
OLÁ AMIGUINHOS! Bem, se vc que está lendo isso aqui não me conhece, permita-me apresentar-me; 
Caio Fábio Acioli de Lana
21 anos
RJ Capital 
“Aspirante a MC, amante da cultura Hip-Hop. Comunista trotskista. Jogador de LoL e CSGO.”
Então... o objetivo dessa vakinha é pegar o impulso inicial pra eu finalmente poder tirar o “Aspirante a” dessa descrição :-D !!!!
Eu não tenho nenhum apoio da minha família pra isso (MUITO PELO CONTRÁRIO) e nenhum de meus amigos pode me arrumar essa grana, então tive q fazer isso aqui :-/

“Ué Caio, então vc pretendo lançar músicas com 350R$??”

Não, claro que não. O que vou fazer é usar os 350R$ pra iniciar um negócio e, se tudo sair como o planejado, uns 12 meses depois já terei juntado dinheiro o suficiente pra lançar o disco com 12/12 músicas e antes disso o clipe entupido de patrocínio pelo FB pra que nada passe despercebido nem tenha visibilidade nula.
Maaaas como eu disse, não tenho certeza se terei sucesso em minha empreitada... se eu fracassar denovo, só vou poder lançar quando a minha vida já estiver “resolvida” (coisa que fica ainda mais difícil com o atual governo golpista), ou seja, quando eu já estiver lá perto dos 30 anos :-/
Eu terei que recorrer ao mercado informal pq NÃO TEM EMPREGO EM NADA NADA NADA NADA. Não posso mais continuar perdendo tempo procurando, já perdi tempo demais.
Se eu tivesse estudado a situação econômica mundial no início de 2015 ou se eu tivesse sido mais esperto e pensado na parada que eu vou fazer no momento perfeito, eu já teria lançado tudo que eu quero. Mas sou mongolão e lezado demais e só fui bolar esse plano recentemente.
“Ah sim Caio entendi... mas então, tu pretendo ganhar dinheiro com o RAP??”
Não, não pretendo.
É difícil pra caralho viver de RAP no Brasil, a não ser que vc faça som comercial já com o propósito de hitar na pista... e esse é bem o contrário do meu caso pois eu sou RAP TRUE 100% UNDERGROUND ANTI-MODA.
Analisando nacionalmente, os grupos/MC’s que vivem de RAP no Brasil que fogem dessa regra, são;
- Artistas ABSURDAMENTE BONS que tem quase 2 décadas de pista e só foram começar a ganhar dinheiro com RAP após ter quase ou mais de 1 década.
(MC Marechal/Shawlin antes de virar Cachorro Magro/Nocivo Shomon).
- Os 2 indiscutivelmente melhores grupos da nova escola.
(Síntese/PrimeiraMente)
- MC’s que pegaram muita visibilidade com batalhas
(MC Estudante/BuddyPoke/MC Orochi)
- MC’s que foram impulsionados por outros Mc’s com muito mais visibilidade
(Sant e mais uns outros ai)
E é claro tem os dinossauros lendários
(Facção Central/Racionais MC’s, MV Bill, Gabriel o Pensador, Black Alien)
Mas esses daí eu nem preciso descrever... sem contar que são os pioneiros do Brasil.
PORÉM não é pq eu não pretendo ganhar dinheiro com o rap que signifique que eu vá cantar pras paredes, felizmente, ainda existem milhões de pessoas no Brasil que gostam do “meu estilo” de rap e usando as minhas táticas de marketing e propaganda eu com certeza vou alcançar os ouvidos de dezenas de milhares delas e agradar seus ouvidos e suas mentes. Só isso já vai me dar a sensação de missão cumprida.
“Mas então Caio se vc não pretende ganhar dinheiros com isso, porque vc está fazendo isso tudo??”
PORQUE NEM TUDO NA VIDA É DINHEIRO.
Mas ok, essas são minhas motivações;
1 – Tudo o que eu sou hoje, moralmente, intelectualmente e politicamente, eu devo a cultural Hip-hop. Se não fosse por essa cultura, eu não saberia conversar/debater adequadamente, continuaria me comportando como um mongolão, teria a mente atrofiada e talvez estaria floodando “BOLSONARO 2018” ou “IMPOSTO É ROUBO” pelo facebook. Vcs que estão de fora podem axar que eu to escrevendo isso tudo aqui pra me aparecer... mas não, o Hip-Hop realmente SALVA VIDAS e eu com certeza não sou a primeira pessoa de quem vcs escutam dizer isso na vida. O que eu tenho com o Hip-Hop é uma dívida moral de vida... e pretendo paga-lá o mais breve possível.
2 – A nova escola do RapRJ está em estado lamentável. Via de regra, os malucos só sabem falar de festa-droga-bebiba-mulher-maconha e sobre o quanto eles são “MAFIOSOS”.
E, quando o MC foge dessa regra, ele costuma ser muito sem graça, monótono e fraco tecnicamente a um ponto que nem da vontade de escutar. A cena do RapRJ precisa de minha entrada pra receber um UP, urgentemente.
Em 2012, nós tínhamos o Filipe Ret como nossa grande promessa... porém depois do VIVAZ ele provou ser apenas um grande Felipe Dylon versão maconheira... muito triste.
Mas agora nós temos Xamã & Estudante chegando, Sant, GhettoZN que é talvez o newschool RJ mais subestimado de todos vindo ai com novo álbum e o grupo do Xan. Espero que tenhamos mais sorte dessa vez :-)
3 – RAP é a única coisa produtiva que eu sei fazer MUITO BEM na vida além de jogar League of Legends. Eu sou um dos melhores Rumble’s do Brasil no LoL e almejo me tornar um dos melhores Mc’s da nova geração.
4 – “Talento, argumento, não pode ficar escondido
eu prefiro morrer tentando do que viver arrependido
Segue sem conduta a disputa porque o rap tá dividido
Mas milhões serão chamados e poucos serão escolhidos”
Já dizia o grande Nocivo Shomon.

ENFIM ISSO É TUDO, CONTO COM VCS :-P


CONTRIBUA AQUI

Share this article

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2014 Noticiário Periférico • All Rights Reserved.
Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top