quarta-feira, 14 de setembro de 2016

Spotify Brasil inova ao produzir documentário sobre o Gabriel o Pesandor.


Com “Tô Feliz (Matei o Presidente)” (http://bit.ly/2bOXmYR), de 1992, ele chegou no cenário musical driblando a censura, quebrando tabus e dando voz à grande maioria da população brasileira, que estava descontente com o governo da época. Em 2001, “Até Quando?” (http://bit.ly/2ccovIJ) continuou questionando um cenário político e social que não melhorava. Em 2015, o single “Chega” (http://bit.ly/2bPxujN) respondia: JÁ DEU. Desde o começo, Gabriel o Pensador (http://bit.ly/2bGBEHq) construiu sua música em cima de temas polêmicos: corrupção, desigualdade, racismo, drogas, desinformação, falta de atitude. E, ao longo dos últimos 23 anos, suas composições incentivaram o pensamento sobre questões sociais e deram voz aos manifestos de milhões de pessoas em todo o Brasil.

Spotify Post Docs - "Gabriel o Pensador: Derrubando muros, Expandindo horizontes"




Para onde a próxima música que você ouvir vai te levar? O Spotify acredita que a próxima música pode mudar a sua vida. E algumas músicas têm o poder de provocar catarses e incentivar mudanças profundas na sociedade. Tanto que as buscas por "Gabriel o Pensador" na internet tiveram um pico em junho de 2013, quando o país passava por uma intensa fase de discussão política. “Até Quando?”, com sua mensagem de transformação ("na mudança de atitude não há mal que não se mude") foi uma das letras de música mais buscadas naquela época — e seus dois maiores picos de streams no Spotify foram entre o fim de 2015 e o início de 2016, momentos em que o debate estava acalorado. Ah, durante a onda de protestos que rolaram em março de 2016, os streams das músicas dele DOBRARAM por aqui. Provas da sensibilidade atemporal do Gabriel pra traduzir em música o sentimento de uma população, de como o que as pessoas ouvem no Spotify reflete exatamente o que está rolando no mundo e de como a música tem o poder de inspirar as pessoas e causar mudanças reais na sociedade.

"Muda, que quando a gente muda, o mundo muda com a gente. A gente muda o mundo na mudança da mente", como ele rima em "Até Quando?".

Influenciado pelo humor desbocado do Ultraje a Rigor (http://bit.ly/2bPQKMw), da Blitz (http://bit.ly/2bzpp0u) e do Camisa de Vênus Oficial (http://bit.ly/2bzwFes), mas também bebendo da fonte do Chico Buarque (http://bit.ly/2bDf7cZ) e ainda expandindo o discurso dos Racionais (http://bit.ly/2ccnII1) e do Legião Urbana (http://bit.ly/2bTw70Y), o trabalho do Gabriel acabou virando uma ferramenta de catarse e de inspiração pra boa parte dos fãs de música no Brasil. E, ao longo dos anos, ele se tornou também um ativista social na prática, com projetos como Pensando Junto, que atende crianças carentes da Rocinha, e Pensador Futebol, que investe em jovens que querem se profissionalizar no esporte. Além, é claro, de ter influenciando vários nomes importantes da nova geração do rap, como o Emicida (http://bit.ly/2bPS0iu) e o MC Guime (http://bit.ly/2bPwwEl).

“Gabriel o Pensador: Derrubando muros, Expandindo horizontes” é o primeiro documentário brasileiro do Spotify e o primeiro da série POST DOCS, que vai contar histórias profundas sobre música, todas as conexões que ela permite e as transformações que é capaz de provocar, seja na vida de uma pessoa, seja no mundo inteiro. E tudo com base no que está sendo ouvido no Spotify. Para onde a próxima música vai te levar?

Descubra o universo musical do Gabriel na playlist oficial do documentário: http://bit.ly/2c2yYo3
Share this article

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2014 Noticiário Periférico • All Rights Reserved.
Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top