terça-feira, 8 de novembro de 2016

Cia. Sansacroma realiza “Dança de Favela” na Casa de Cultura M Boi Mirim


Ação acontece nesta terça-feira, 08 de novembro, às 20h, e contará com a participação do Grupo Espírito de Zumbi. A classificação etária é livre e a entrada é franca.

Nesta terça-feira, 08 de novembro, às 20h, a Cia Sansacroma realiza o encontro “Dança de Favela”, na Casa de Cultura M Boi Mirim.  A ação acontece a partir das erupções do trabalho de pesquisa da cia de dança paulistana, que convidou o grupo Espírito de Zumbi para um encontro que culminará nas vivências somadas dessas duas experiências artísticas.

“Dança de Favela” propõe um mergulho na relação entre os corpos presentes como mote de experimentação em danças, cantos, gingas e ritmos plurais. Usa como tática de aproximação entre a estética corpo com o território no qual a cia está inserida, a periferia da zona sul de São Paulo.

“Nosso objetivo é proporcionar um espaço livre e seguro para a experimentação em dança. Oferecer ambientes favoráveis à espontaneidade, sem hierarquias, nos quais os participantes vivenciam sua liberdade de expressão corporal com quem quer que esteja presente: os amigos ou estranhos, idosos, jovens, inexperientes ou experientes; e colocar isso em diálogo com diversos estímulos musicais, baseando-se na diversidade musical presente no imaginário da população da periferia sul de São Paulo”, conta a diretora da Cia Sansacroma, Gal Martins.

Segundo Gal, “Dança de Favela” é um espaço de experimentação e fruição direta, legitimando a dança como linguagem de potência dentro do universo da cultura periférica.

Sobre a Cia. Sansacroma – Criada em 2002 pela atriz, dançarina e coreógrafa Gal Martins, a Cia. Sansacroma tem se dedicado a desenvolver trabalhos baseados no hibridismo característico às criações coreográficas na contemporaneidade. Sua produção artística focaliza temas pertinentes à sociedade atual, no modo em que chegam e afetam a todos diretamente, seja no cotidiano das ruas, nas relações sociais e interpessoais, na mídia ou na própria arte. A Dança da Indignação, conceito criado pela artista, norteia a pesquisa de linguagem estética da companhia, que pretende reverberar no ato dançante as indignações coletivas, numa abordagem política-poética que aponta para as intersecções entre arte e vida. Tendo feito uma escolha singular ao atuar diretamente na periferia sul de São Paulo, este território influencia diretamente o seu processo artístico. O ponto de partida das criações são as poéticas do corpo negro, que circulam na população dessa região, a qual a companhia chama de indigenordestinafricana.

Sobre o Grupo Espírito de Zumbi – Fundado em 20 de novembro de 1992 pelos professores de capoeira Gilberto dos Santos Fonseca e Jonas G. Barbosa (Arákùnrin), com as suas origens no bairro de Piraporinha, zona sul de São Paulo, o grupo tem como seu local de trabalho a Casa Popular de Cultura de M´Boi Mirim. Espírito de Zumbi nasceu com a proposta de difundir as diversas manifestações da cultura afro brasileira junto à comunidade, o que veio a se consolidar de forma definitiva um ano mais tarde com a chegada dos baianos da cidade de Barra: o dançarino afro Euler Alves e o percussionista - ritmista popular Everton Alves (Rabi). A ideia é usar a linguagem artístico/cultural fomentando os temas sócio educativos dentro do conceito de informação e formação para um aprimoramento intelectual e transformação comportamental.  O objetivo do grupo é oferecer ao jovem da periferia um trabalho educativo aliado ao lazer, esporte e cultura através da prática da capoeira e das manifestações culturais afro-brasileiras, estimulando as trocas sociais e a construção de uma cidadania mais participativa.


SERVIÇO:
Dança de Favela
Realização: Cia. Sansacroma
Grupo Convidado: Espírito de Zumbi
Terça-feira, 08 de novembro, às 20h
Na Casa de Cultura M Boi Mirim, Avenida Inácio Dias da Silva, s/n, em Piraporinha, São Paulo.
Telefone: (11) 5514-3408 
Entrada franca
Classificação etária: Livre


Mais informações:


Share this article

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2014 Noticiário Periférico • All Rights Reserved.
Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top