quinta-feira, 3 de novembro de 2016

Contribuição de Nelson Triunfo para o Hip-Hop brasileiro vira tema de palestra em programa de formação cultural


Com o tema "Do sertão ao Hip-Hop: cultura e identidade periférica", a palestra gratuita destinada a agentes e coletivos culturais acontece na próxima terça-feira (08), na sede da Ocupação Cultural Mateus Santos, em Ermerlino Matarazzo, zona leste de São Paulo.

Na próxima terça-feira (08), Nelson Triunfo, um dos percussores do movimento hip hop no Brasil apresenta a palestra "Do sertão ao Hip-Hop: cultura e identidade periférica", para um grupo de agentes e coletivos culturais atuantes na zona leste de São Paulo. A iniciativa faz parte do projeto Criando Criadores, programa de formação de agentes culturais na periferia, fruto de uma parceria entre a Cingulado, consultoria com foco em investimento social, e o Movimento Cultural Ermelino Matarazzo. O projeto tem patrocínio da ArcelorMittal, através da Lei Estadual de Incentivo à Cultura de São Paulo. A Fundação ArcelorMittal já atua com projetos de cultura e educação na região.
A primeira fase do programa de formação cultural contempla um ciclo de palestras gratuitas facilitadas por importantes agentes culturais que transformaram seu bairro e sua vida por meio da arte e da cultura produzida nas periferias de São Paulo.

"O envolvimento de Nelson Triunfo com o hip hop representa uma trajetória inspiradora para moradores e agentes culturais da periferia, por isso estamos trazendo ele para mais um diálogo aberto com os participantes do programa Criando Criadores", diz Daniel Prata, coordenador de comunicação da Cingulado.

A palestra de Nelson Triunfo encerra a primeira fase de diálogos inspiradores do programa de formação cultural. Antes dele, o Criando Criadores recebeu palestras dos ativistas culturais Emerson Alcade, idealizador do Slam da Guilhermina e Lucas Afonso, integrante do coletivo Filhos de Ururai e apresentador do Slam da Ponta; da professora e escritora Maria Vilani, empreendedora sociocultural com forte envolvimento nos movimentos culturais do Grajaú, bairro da zona sul de São Paulo; e da arquiteta e urbanista Ana Paula do Val, pesquisadora de movimentos culturais da periferia.

"Nós buscamos inspirar e mobilizar os agentes culturais da região de Ermelino Matarazzo, por meio destas palestras, trazendo nomes importantes da cultura produzida nas periferias de São Paulo. Com isso, esperamos trazer mais consciência sobre o potencial da cultura como campo profissional e força de transformação social, preparando as pessoas para o curso e a mostra que vêm em seguida" explica o coordenador de comunicação.

Em 2017, dando sequência ao primeiro ciclo de palestras inspiradoras, o curso Criando Criadores prevê uma grade pedagógica dividida em quatro módulos complementares: "Reconhecer o território: cartografia e cultura"; "Empreender na periferia"; "Planejar e agir em rede"; "Produção cultural: mão na massa!".



Ao todo, serão disponibilizadas 40 vagas para participar do curso Criando Criadores na sede icônica do Movimento Cultural Ermelino Matarazzo, um espaço público conquistado após mais de 30 anos de luta por uma casa de cultura na região. Ao término da formação, os participantes realizarão uma mostra cultural coletiva no bairro aplicando os conhecimentos adquiridos na formação.

"O Movimento Cultural Ermelino Matarazzo entrou como parceiro no Criando Criadores para que o projeto esteja mais próximo das necessidades e potenciais desse território, que tem uma enorme riqueza cultural, mas é carente de equipamentos públicos de cultura", enfatiza Daniel. “A participação desses artistas e coletivos locais na elaboração e produção do curso é fundamental para potencializar o investimento do patrocinador no território, buscando um impacto social mais relevante e próximo de quem já mobiliza a cultura na região.”

As palestras são abertas ao público e gratuitas. A programação pode ser acompanhada pela página do evento no Facebook. Até dezembro, os interessados em participar do curso de formação, previsto para acontecer em fevereiro de 2017, podem acessar aqui o formulário de inscrições.



Agenda

Curso Criando Criadores - Palestra com Nelson Triunfo
Local: Ocupação Cultural Mateus Santos
Endereço: Avenida Paranaguá, 1633, Ermerlino Matarazzo - 03806000 São Paulo.
Data: 08/10
Horário: 19h30 às 21h30
Entrada: Gratuita

Sobre a Cingulado - http://www.cingulado.com.br/
Com o objetivo de planejar, incubar, articular, comunicar e avaliar projetos de atitude social, a Cingulado desenvolve planejamento estratégico e gestão de Plataformas de Atitude Social, em parceria com empresas, organizações sociais, fundos de investimentos e coletivos culturais.

Sobre a ArcelorMittal Brasil
A ArcelorMittal Brasil é a maior produtora de aços longos e planos da América Latina. Constituída em dezembro de 2005, reúne a ArcelorMittal Tubarão, a ArcelorMittal Aços Longos e a ArcelorMittal Vega. Faz parte do grupo ArcelorMittal, maior fabricante de aço do mundo, com presença em mais de 60 países e plantas industriais instaladas em mais de 20 países, responsáveis por 6% de todo aço bruto produzido em 2013. Guiado por uma filosofia para produzir aço de forma segura e sustentável, o grupo ArcelorMittal é o principal fornecedor de aço de qualidade nos mercados globais automotivo, de construção, eletrodomésticos e embalagens, com pesquisa e desenvolvimento de ponta e amplas redes de distribuição. Além da fabricação e transformação do aço, a ArcelorMittal está presente no Brasil em frentes tão diversas como mineração, distribuição, geração de energia para uso próprio, produção de biorredutor sólido renovável (carvão vegetal), serviços, tecnologia da informação e responsabilidade social.
Share this article

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2014 Noticiário Periférico • All Rights Reserved.
Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top