quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

12 momentos em que o rap brasileiro movimentou as redes sociais em 2016


O rap brasileiro esta num momento de muita movimentação e transformação. Antigamente para saber qual rap estava bombando era quando tocava nos carros, nas rádios e etc. Hoje em dia é pela quantidade de views e compartilhamento no facebook, então resolvi tentar lembrar alguns momentos que movimentou a internet.

Mc Carol no meio do ano lançou a musica "Delação Premiada", lque é um TRAP pesadão "moulhieque". Na musica a MC denuncia as ações policiais nas favelas.

"Na televisão a verdade não importa, é negro favelado..? tava de pistola"




O disco mais esperado do rap nacional é o primeiro álbum solo do Marechal, existe varias fitas, piadas sobre isto, então quando o Marechal disse que ia lança um som no 1º de abril no dia da mentira, ele deixou geral de cabelo em pé, sem saber se era mentira ou verdade... eis que ele lança a musica nos ultimo minutos do dia da mentira..kkkkk



O Emicida movimentou a cena, 3 vezes este ano, primeiro lançando o video clipe da musica "Mãe" que é impossível não chorar, com o lançamento de sua nova coleção de roupa no SPFW e quando lançou o clipe da musica Mandume.
Mas como familia vem em primeiro lugar. vamos de "Mãe"



Sulicidio simplesmente quebrou a internet, os manos Diomedes e o Baco, chegaram foda!! criticando o bairrismo no rap e o preconceito contra o nordeste. Nesta musica, a única critica que tenho nesta musica é a falta de respeito para com as pessoas que tem HIV e uma linha homofóbica. mas de resto a musica é do caralho!!




A dupla paulista não deixou barato e respondeu com a musica "Sultavivo", a musica nem chega a altura de Sulicidio, e só teve 4 milhões de views porque as pessoas que ouviram sulicidio queriam ouvir a resposta.



O rapper Nocivo foi citado em uma linha e mandou uma diss de quase 7 minutos, o beat é loko, letra loka puchlines lokas, mas ele não é o melhor exemplo pra criticar quem faz diss. E também ramelou em desmerecer o brega e o pagode da bahia que são estilos musicais muito popular e respeitado em seus respectivos estados.


A musica "Quem tava lá" do Costa Gold com participação de Lucas Carlos e Marechal, também deu o que falar na internet, primeiro pela participação do Marechal neste som. Dai saiu a musica e geral ficou besta pela participação do Marechal, porque a parte dele é muito melhor que a dos outros mcs.
 





Em resposta a musica "Quem tava la" que contem rimas machista e invisibiliza as minas no rap, a "Tia" Lívia lançou a musica "Eu tava la" que confronta o machismo no rap e esta invisibilidade que as mina sofre no rap. como ela diz: Não é um diss, é um dinheiro de resposta". E e também deu um boom nas redes sociais.




O álbum póstumo do Sabotage quebrou a internet, quando lançou não se falou em outra coisa. Geral emocionado e feliz por finalmente ter saido.

O álbum conta com varias participações e produção executiva do Daniel Ganjaman



E no fim de 2016 eis que o Brown lançou o tão esperado álbum solo chamado "Boogie Naipe" são 23 faixas, varias participações e muito funk e disco na veia que te faz dançar do começo ao fim.
E o comentário geral foi a surpresa do Brown também estar cantando em algumas faixas.




Aos 43 minutos do segundo tempo, 23 de dezembro foi lançado o Cypher Favela Vive 2, que conta com a participação do ADL,BK,Funkero e Mv Bill.
Este Cypher simplesmente movimento a internet, destaque pela parte do BK e do MV Bill que muita gente elogiou e postou trecho do video de ambos os 2.




O Rincon chegou foda aos 45 minutos do segundo tempo e fez um golaço de bicicleta, lançando o video clipe da musica "Ponto de lança", que talvez seja a musica do ano. A musica viralizou, foi destaque em vários sites, vários memes no facebook e etc.. Misturando musica africana,Funk e Trap o Rincon quebrou a banca.



Share this article

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2014 Noticiário Periférico • All Rights Reserved.
Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top