quarta-feira, 23 de maio de 2018

Quarto de Despejo (Carolina Maria de Jesus) e Sobrevivendo no Inferno (Racionais), entram como leitura obrigatória para o vestibular da Unicamp


Em meio a tanta noticia ruim no rap nacional, na tarde de hoje tivemos uma noticia gratificante para os amantes do rap de raiz e para os amantes da literatura marginal.

Hoje por volta das 14 horas a Universidade Unicamp divulgou a lista de obras para leitura obrigatória par ao vestibular de 2020.
Para a surpresa de muitos, alem de diversos livros da literatura brasileira, a Universidade indica a obra inteira do álbum "Sobrevivendo no inferno" do Racionais Mcs.
O álbum "Sobrevivendo no Inferno" foi lançado em 1997, neste trampo o Racionais Mc's expõe toda a podridão do sistema carcerário e narra a vida na periferia de São Paulo nos anos 90. 
Sobrevivendo no Inferno é o álbum de rap nacional mais vendido da história,vendeu mais de 1 milhão e 500 mil cópias, sem contar a pirataria, é um marco na carreira do grupo e do rap nacional.

Lembrando que ano passado trecho de música do racionais caiu em questão do Enem (Leia aqui)




E a nossa Saudosa e amada Carolina Maria de Jesus também está junto com outros grandes escritores, o livro dela é o Quarto de Despejo, que é seu livro mais famoso e mais vendido.

O livro reproduz o diário de Carolina de Jesus, em que ela narra o seu dia a dia nas comunidades pobres da cidade de São Paulo. Em seu relato, ela descreve a dor, o sofrimento, a fome e as angústias dos favelados. Seu texto é considerado um dos marcos da escrita feminina no Brasil.

Com uma tiragem inicial de dez mil exemplares que se esgotou em apenas uma semana, já foi traduzido para mais de treze idiomas desde o seu lançamento. O diário descreve as vivências da autora no período de 1955 a 1960.

Os registros começam com a seguinte nota:

"15 de julho de 1955. Aniversário de minha filha Vera Eunice. Eu pretendia comprar um par de sapatos para ela."


E terminam com:

“1.º de janeiro de 1960. Levantei às 5 horas e fui carregar água.”