sexta-feira, 5 de abril de 2019

Acompanhado do Klyn e Jé Santiago, Negus lança o clipe "3 Reis"



3 Reis são 3 artistas pretos retomando espaços que sempre foram deles Passa o mic pro Negus, seu Rei chegou.

“3 Reis” ​é o segundo single da nova fase do rapper e produtor musical ​Negus​, que trouxe os versos de Klyn​, da ​Recayd Mob​ e o refrão do parceiro de longa data ​Jé Santiago​ para dentro do instrumental de ​Erik RK​, beatmaker de Juiz de Fora.
Em um momento de retorno, enquanto se consolida como produtor e diretor musical, ​
Negus​ segue mostrando que é um dos grandes letristas que temos, com wordplays bem construídos, técnica afiada e muita referência.
Vim tomar as terras de volta minha reforma agrária.É sobre retornar e retomar espaços que ​ “3 Reis”​ nos leva, os negros descendem de reis, rainhas e grandes impérios, porém como sabemos a história foi contada a partir de um ponto de partida branco, o que dificultou o acesso a toda a cultura e ancestralidade. O rap é uma das várias ferramentas de resgate da autoestima e traçando um paralelo com o atual momento da cena, vemos que artistas pretos novamente estão ocupando seus lugares entre os grandes nomes.
Negus​fala sobre essa retomada de espaços e sobre a liberdade que tem nesse novo momento,Klyn​ reforça a ideia de superar obstáculos do passado e destaca que os pretos estão voltando ao seu lugar de pertencimento. Tudo amarrado por mais um refrão do ​Jé Santiago​, mostrando que
ninguém mais entrou no jogo para brincar. Pelas marginais os pretos agem como reis. Muita coisa que acontece na cena do rap brasileiro em algum momento acaba esbarrando na obra do ​Racionais Mc’s​, seja de maneira proposital ou não. ​

“3 Reis”​ é mais um desses momentos e um trecho de ​“Cores e Valores”​ serviu de referência para o videoclipe, sem contar que também completa todo o discurso da música. ​
Gostar de nós? Tanto faz, tanto fez! Só estamos voltando aos nossos tronos!
A direção do videoclipe é de ​AleMenezes​, que já buscava trabalhar em algum projeto com a estética da Marginal Tiête, famosa via da capital de São Paulo. Num clima de paparazzi, o vídeo fecha a ideia de que os artistas ocupam sim seu lugar de destaque e convivem com isso naturalmente, o resto que se acostume. O vídeo vertical não é uma novidade nem para o diretor, nem para ​Negus​ e nem para ​Artefato​, que já trabalharam em outros projetos no formato, inclusive tendo lançado o primeiro videoclipe do Brasil no formato, com a faixa ​Telefone​ do grupo ​Sempre.

Assista:


Ouça nas Plataformas Digitais:

Nenhum comentário:

Postar um comentário