quinta-feira, 15 de agosto de 2019

Festa | RAP END #06: Denise Alves e Nayra Lays


Celebração da cultura de rua promovida por canal do Youtube une em uma noite só: ritmo, poesia e fomento à Cultura Hip-Hop emergente.

No comando da mesa de som, o professor Dj Makô solta as batidas para o jovem Mc residente da festa MMoneis.

Sexta-feira, dia 30 de agosto, o Porão da Cerveja abre suas portas para receber a sexta edição da Rap End:

Em 2019, todas últimas sextas-feiras do mês, o canal O Fino da Zica se junta ao MC MMoneis, DJ Makô, Canis Filmes e Porão da Cerveja para realizar uma noite de ritmo e poesia literalmente underground no centro de São Paulo. O encontro foi idealizado com o intuito de arrecadar fundos para a produção de vídeo-clipes do MC residente MMoneis, o primeiro entrevistado do Canal. Cada encontro mensal contará com um convidado especial diferente e em 2020 será selecionado um novo projeto residente da festa.

Nesta edição, dia 30/08, duas convidadas fazem as honras, mulheres e artistas vindas de um dos polos mais ativos e envolvidos com o hiphop em São Paulo, o Grajaú.

Nayara Lays é cantora, compositora, MC e comunicadora, cresceu no Grajaú, onde também passou a ter mais contato com as artes. Desde os 18 anos, canta e rima sobre as múltiplas possibilidades do ser jovem, negra e periférica, potencializando construções de cenários mais enegrecidos, para além da sobrevivência. Seu primeiro EP, “ORÍ”, produzido de forma totalmente independente, já conta com mais de 20 mil visualizações no Youtube, tendo uma das músicas como trilha sonora do documentário “Negritudes Brasileiras”. Em três anos, e já com trabalhos muito sólidos.

Denise Alves é cantora e compositora, outra das vozes do Grajaú que ecoam pela cidade. Aos 26 anos desponta como uma das relíquias da cultura das margens e tem conquistado admiradores por onde passa. Sua música tem com base a MPB porem com uma sonoridade híbrida trazendo referências do Hip-Hop, Soul e Blues.

Nayra e Denise fazem parte de uma nova geração de mulheres artistas que estão emergindo de seu lugar de origem, rumo ao mundo. Do extremo sul de São Paulo, para dentro de peitos pulsantes e ouvidos atentos. 

Assim como em todos os RAP ENDs, as noites são comandadas pelo DJ MAKŌ, responsável pelos beats e musicalização durante a noite toda.
Para manter o espírito underground, a festa acontece no Porão da Cerveja, na Rua General Olímpio da Silveira, nº 39, Santa Cecília, de frente ao Minhocão.
Compareça e troque uma ideia com os MCs e convidados: só o rap para proporcionar essa sinceridade. O Hip Hop é foda e pulsa pelas ruas de São Paulo.

Ingresso: $10 com doação de roupa masculina em bom estado ($15 sem doação)

# PROMOÇÃO DA NOITE #

Os 10 primeiros a chegar ganham uma Red Stripe.

Próximas datas de RAP END 2019

30/08 - 27/09 - 25/10 - 29/11 - 20/12

APOIO

- Red Stripe Brasil 

- Canis Filmes

SOBRE O FINO DA ZICA

O Fino da Zica é um canal no Youtube com vídeos, entrevistas, improvisações e delírios de rappers brasileiros. No ar desde março de 2016, o FDZ não quer ser só um canal e busca marcar presença no offline, lugar que até a década 90 atendia pelo nome de rua.

Realizou em Março/2016, Setembro/2016, Fevereiro/2017 e Agosto/2018 os Festivais O Fino da Zica e atualmente vem com uma proposta de festa rap colaborativa, em que metade da verba é destinada ao projeto de vídeo-clipes do MC residente Rafael Gomes, o MMoneis. Primeiro entrevistado da versão Youtube do canal e presente em todos os Festivais, MMoneis lançou seu álbum “Tempo Novo” em 2018 e em 2019 vem trabalhando mais a proposta audiovisual como forma de fortalecer a identidade de seu trabalho tão potente. Para o segundo semestre de 2019 pretende ampliar os horizontes através de seu novo EP intitulado AMPM, onde o artista trata cada faixa como a fotografia de um instante do seu dia.

SERVIÇO

Local: Cervejaria O Porão da Cerveja. 

Rua: Gal. Olímpio da Silveira, 39 - Santa Cecília - São Paulo (subsolo do supermercado Hirota) 

Data e horário: 30 de agosto, das 20-01h

Entrada: R$10 mediante doação de uma peça de roupa em bom estado - demanda é maior por roupas masculinas (R$15 sem doação)

Nenhum comentário:

Postar um comentário