terça-feira, 24 de setembro de 2019

OitoOito | O grupo amazonense Qua$imorto lança álbum




Qua$imorto nativo de Manaus (AM) é formado por Fernando VÁRIO$, Victor XAMÃ, João ALQUÍMICO, Luiz CAQUI e Dj MAQ. Tudo começou com o nome P8 Crew onde produziram seu primeiro trabalho autoral e independente denominado “8 Sinais” em 2015. O álbum consolidou o nome do grupo e o talento de seus integrantes no cenário do Hip-Hop Amazonense. Ainda em 2015 nasce no SoundClound a Qua$imorto, com o sigle "Persona". Até então um grupo paralelo a P8, onde cada mc tinha seu pseudônimo e não havia uma divulgação direta e todas as músicas eram totalmente experimentais liricamente e sonoramente. Com boa repercussão das músicas e com o amadurecimento das ideias fez com que os integrantes decidissem dar mais ênfase aos trabalhos da Qua$imorto, o que ocasionou na troca dos nomes, terminando o ciclo P8 Crew com um show no Atlético Rio de Negro Clube em Manaus, onde teve participação de alguns mcs como: Matheus Coringa, Mayer, Coala Freak e Canguru Zurado. Em 2017 de maneira totalmente independente lançaram o clipe "Acender 2" o qual utiliza diversos locais da cidade como cenário e convidando artistas locais para participarem. Em 2018 lançaram "88888888" e "Quíron, o Curador ferido", todos de forma independente. O grupo já dividiu palco com grandes nomes do rap nacional como: Racionais mcs, Haikaiss, Filipe Ret, Costa Gold, Cacife Clandestino, Froid, Cynthia Luz, Baco Exu do Blues e vários outros.


Em março o grupo soltou o clipe “6:30” com participação da produtora Wise, aquecendo para o maior trabalho deles: “OITOOITO”. O álbum foi produzido inteiramente dentro das dependências da 2088 Label, selo independente do grupo onde tem como CEO Victor Xamã, que foi o mesmo que produziu todo o álbum e fez 6 dos 8 instrumentais. A arte da capa ficou por conta de Camilo Marinho, designer manauara e amigo do grupo. 
Teve como participação: Sergio Estranho na faixa "Ultimo dia de inverno" e Matheus Coringa na faixa "Beat mais boombap".

Ouça: 


REDES SOCIAIS: 

Nenhum comentário:

Postar um comentário