sexta-feira, 15 de novembro de 2019

ÀTÚNWA | Bia Doxum renasce em seu novo álbum

Foto: Luiz Franco


Antes conhecida por Bê O, agora, Bia Doxum lança seu segundo álbum, ÁTÚNWA, quatro anos depois do álbum Maquina Que Gira

ÀTÚNWA é o conceito yorubá para aquilo que o ocidente entende como reencarnação, significando "aquele ou aquela que volta novamente". 

Depois de um hiato de 4 anos como dito acima, o retorno da Bia Doxum, se dá em um novo trabalho com 13 faixas, que simbolizam o renascimento da alma através da abordagem de ideias como ancestralidade, amor preto, axé e a força da mulher negra no cenário urbano contemporâneo. 

Segundo a cantora, esse novo trabalho traz referências de seu grupo favorito, Os Tincoãs, elementos e Itãs que simbolizam os Orixás e o universo da magia afro brasileira, alem das figuras femininas como a cangaceira Maria Bonita e a líder quilombola Teresa de Bengela


ÀTÚNWA conta com produções musicais de Heron Francelino, Gibin, Kléber Milo, Vinni Og Beats, Vibox, BadSista e Dj Higa, além da direção vocal do D Cazz. A mix e master ficou por conta do Base Mc - RefugiAudio Estúdio. O único feat do álbum é uma colaboração internacional, com Lilbirdleii, cantora e compositora Haitiana, que participa da faixa Woman Of Power. A arte da capa é assinada pela artista Ione Maria. 


Essa realização é assinada pela “Obinrin Producões", uma produtora independente idealizada por mim e minha irmã e produtora Renata de Oliveira, que por sua vez ficou responsável por toda produção executiva desta obra. 

OUÇA O ÁLBUM NO YOUTUBE, MAS ELE ESTÁ DISPONÍVEL EM OUTRAS PLATAFORMAS DIGITAIS TAMBÉM.

Nenhum comentário:

Postar um comentário