sexta-feira, 15 de novembro de 2019

Máquina Apresenta: uma grande festa, em 05 de dezembro, na Casa Natura Musical

Foto: Paola Alfamor


BNegão (RJ), Seletores de Frequência (RJ), Karina Buhr (BA-PE), Max B.O. (SP), Cores de Aidê (SC), DJ Castro (RJ) e o soundsystem Ministereo Público (BA) fazem a noite.




Para ressignificar o ano de 2019, a Máquina Produções Artísticas reúne seis shows na Casa Natura Musical, no dia 05 de dezembro. Celebrando sua eficácia na produção de eventos culturais por todo o país, agenciando e gerenciando o meio artístico, a empresa reunirá destaques da cena musical independente brasileira.

"A ideia dessa primeira edição do festival é apresentar artistas. Será uma noite de resistência. Também vamos contar com aqueles que hoje fazem parte do casting da Máquina", afirma Mauro Fernandes, diretor da empresa junto com André Oliveira.

Nesta edição de estreia, o lineup é formado por: Max B.O., Cores de Aidê, Karina Buhr, Ministereo Público, BNegão com os Seletores de Frequência e com o DJ Castro.

foto: Casa Florália e Purple Produções

O rapper paulistano Max B.O. sobe ao palco com a banda completa para um show que caminha no formato de seu novo disco, que faz uma ode à camaradagem, O.M.M.M. (2019), mas com rearranjos em algumas músicas. “Pode ser que entre alguma música para 2020 já nesse repertório”, adiantou o mestre do freestyle.

Foto: Priscila Buhr

A cantora, compositora e artista plástica Karina Buhr (cuja formação musical se iniciou tocando percussão nos maracatus Estrela Brilhante e Piaba de Ouro, em Pernambuco) chega com o show “Voz e Tambor”. “Estou na voz e percussão e o Regis Damasceno na guitarra. Toco músicas autorais e algumas de outros compositores, como Luiz Melodia, Bob Dylan e Reginaldo Rossi”, conta a artista, que lançou este ano seu quarto disco, Desmanche (2019).

Foto: Paola Alfamor

O soundsystem baiano Ministereo Público promete: “Temos novidades nesse show: dubplate nova faixa exclusiva para o Ministereo. E vamos tocar samba-reggae, sambadub além de muito dancehall que é lei”, contou DJ Raiz.

Foto: Ana Carolina Jerônimo

O samba-reggae do grupo Cores de Aidê, de Florianópolis, prepara um show com muito carinho. O espetáculo percussivo composto por 10 mulheres, é inédito em São Paulo. A retórica do grupo debate o protagonismo das mulheres e a luta antirracista. “É por meio dos tambores, vozes e danças que desvelamos e segredamos a questão principal: mas, afinal, Quem é essa Mulher?”, diz Sarah Massí.

Foto: Leco de Souza 

Levando para a Casa Natural Musical o peso do som com a retórica instigante e política, BNegão contou que seu show - inédito - começará com os Seletores de Frequência tocando músicas do disco instrumental que vai sair ano que vem pela gravadora RockIt! do Dado Villa-Lobos. Depois é a vez dele. “Entro com o DJ Castro e Pedro Selector fazendo coisas exclusivas da parte eletrônica do meu novo trabalho. No final, tocamos todos juntos”, finaliza.

A expectativa é que o festival “Máquina Apresenta” aconteça anualmente com atrações já consagradas e projetos novos.
Vai ser pesado!!!!

SERVIÇO:
Data: 05/12/2019 (quinta)
Local: Casa Natura Musical
Endereço: Rua Artur de Azevedo, 2134 - Pinheiros
Horário: 21h30
Abertura da casa: 20h 
Classificação etária: 16 anos
Ingressos:
Pista R$ 20 (meia) / R$ 40 (inteira)
Bistrô R$ 50 (meia) / R$ 100 (inteira)
Camarote R$ 60 (meia) / R$ 120 (inteira)
Venda online:
ou
Sympla

Conteúdo produzido por Tropi.press

Nenhum comentário:

Postar um comentário