quarta-feira, 15 de abril de 2020

Acima de todos | Leopac e Dj Sid lançam "diss" para o Bolsonaro

Da esquerda para a direita: Leopac e DJ Sid


DJ Sid e Leopac
lançam juntos a faixa polêmica “Acima de Todos”, uma carta áudio para o atual presidente do Brasil.

Nesta quarta-feira (14), a dupla lança seu primeiro single, uma faixa única que transmite a atual fase do Brasil. É uma crítica ao presidente Jair Bolsonaro, devido às suas decisões que não são condizentes com o cenário pandêmico mundial. O lançamento inclui um webvideo com uma imagem com um elemento em movimento estático, que conversa com os scratches do deejay.
O webvideo de “Acima de Todos”, lançado junto ao single, é uma ideia original, com a assinatura responsável de Renan Moreira, designer gráfico responsável por toda estética visual desse trabalho de DJ Sid e Leopac.

Ouça:


DJ Sid, a peça essencial da faixa, integra o “5pra1”, o grupo paulista de Rap em projeção nacional, que conta ainda com os músicos e MCs Dee, Filiph Neo, DJ Will e Renan Samam. Sid conheceu o Rap nos bailes que os primos realizavam e o interesse em conhecer os artistas e grupos negros foi se despertando. Em 2010, Sid teve seu primeiro contato com toca discos e a partir daí não parou mais. Além das composições como “5pra1”, o deejay já tocou em importantes festas da cena paulista ao lado de deejays como KL Jay e DJ Cia, e dividindo palcos como Racionais MC, Drika Barbosa, Coruja BC1, Djonga e Leve.

Integrante do grupo Leve e do selo Lab3 Estúdio, Leonardo Santos é conhecido dentro e fora da cultura Hip Hop como Leopac, ativista da música negra desde sua adolescência, que se firmou no cenário musical como MC, Beatmaker e DJ, já tendo diversos trabalhos lançados. Junto aos parceiros de grupo, Dough e Robson Leve, assina as produções musicais do Lab3 Estúdio, importante difusor do Rap em Poços de Caldas, tendo lançado vários trabalhos de artistas como MB2, Semeador, Jhota Ghetto, Do Lado Sujo, Sthefan Marvin, Paulo Microfonia e Sopro, Inverso, Erickson e Jotaésse.


Nenhum comentário:

Postar um comentário