sexta-feira, 5 de junho de 2020

Diretamente das batalhas de Bauru City, Estrofe MC lança o EP "CatasTróffico"


Bauru, a 300km da capital paulistana, tem uma longa história de resistência e movimentação em torno da cultura hip hop. Sede da primeira ONG dedicada exclusivamente ao Hip Hop no centro-oeste paulista, no início dos anos 2000, e hoje berço do maior festival de hip-hop 100% gratuito da América Latina, evento que se tornou Lei Municipal em 2013. Bauru é movimentada por articulações, coletivos e pontos de cultura que buscam desenvolver a cena através de atividades artísticas, de lazer e de cunho sociais, entendendo o caráter crítico e contestador do hip hop. É neste cenário, que surge Estrofe MC. Conhecido nas batalhas de leste à oeste da cidade, o MC de apenas 20 anos tem construído uma caminhada promissora no rap e agora chega para lançar seu primeiro trabalho nas redes, o EP CatasTróffico. Jovem, negro, interiorano, “cria” de batalha, consciente e articulador, Estrofe MC representa a cena 014 em seu melhor estado: vivo, pulsando e rimando. 

Clipe de "Tipo Snoop Dogg":

“Acho que é uma história muito bonita, me criei sim nessa cena do Hip Hop de Bauru e, com o passar do tempo, assim como eu vi a cena da cidade crescer, a cena da cidade também me viu crescer. Quem me via e quem me vê, nota a evolução. Assim como eu também noto a evolução da cena por aqui. Sei histórias, conheço os talentos, os militantes, as pessoas envolvidas, e elas me conhecem. É uma troca recíproca”. Disse o rapper.
Consagrado o Maior Campeão de Batalha de Rima pelo 1º Prêmio da Cultura Popular Bauruense em 2019, Wesley Santos, vulgo Estrofe MC, não é o primeiro da cidade a apontar na cena nacional, mas, como todo artista, tem seu diferencial e marca seu tempo.

Ouça o EP CatasTróffico:

Nenhum comentário:

Postar um comentário