sexta-feira, 31 de julho de 2020

Snoop Dogg: “Eminem, a grande esperança branca. Rappers brancos têm zero de respeito no rap"


O rapper participou do programa The Breakfast Club, nessa última quarta-feira. 

Snoop abordou temas como quando o Master P salvou sua vida, os desafios dessa nova geração do rap e sobre o privilégio do Eminem ser considerado um dos melhores letristas de todos os tempos. 

Snoop Dogg escapa de morrer 

O Master P salvou minha vida. Eu ia lançar um álbum chamado “Foda-se Death Row” e o Mack 10 ia me dar um milhão de dólares para colocá-lo nas ruas”. O Snoop ainda acrescentou que o álbum teria sido lançado pela Hoo-Bangin Records, que como a No Limit e outros selos estava sob a bandeira da Priority Records na época. 

“Eu subia lá [para o escritório] para ver o Mack 10 e, para chegar no Mack, teria que passar pela ‘No Limit’ do Master P”, lembrou Snoop. “Passei um dia e Mystikal estava lá.” Os dois tiveram uma discussão que finalmente resultou em Snoop chegar ao estúdio para fazer um som. No fim da session, o Master P, fundador da No Limit perguntou ao Snoop o quanto ele queria ser pago pelo seu trabalho naquele dia. Lembrou Snoop, que Master P se comprometeu em pagar US $ 1500. 

“Volto no dia seguinte, o Master P me deu um cheque de US $ 35.000”. Ele me levou ao escritório dele e disse: ‘No que você está trabalhando?’ Eu disse: ‘Eu estou com um álbum chamado “Foda-se Death Row”‘. Como Snoop se lembra, o Master P fechou a porta de seu escritório e desaconselhou Snoop a lançar esse projeto, dizendo a Snoop “você não vai viver para ver esse álbum.” 

A partir daí, Master P fez um acordo que viu Snoop levando sua família para Nova Orleans, onde P lhe disse para escolher uma casa. Durante esse período, a casa atual de Snoop – assim como seus carros – ainda estavam no nome do co-fundador do Death Row, Suge Knight. 

Olhando para trás, Snoop disse que os planos do álbum ‘Fod*se Death Row’ eram “estúpidos” e representavam “destruição em massa”. E ele é grato pela escolha do Master P em desaconselhar. “Graças a Deus pelo Master P” 

Privilégio branco + Influência de Dr. Dre 

Na mesma entrevista o rapper falou sobre o Eminem e explica porque não considera o rapper de Detroit o melhor de todos os tempos. 

A entrevista ganhou mais destaque quando Snoop disse que Dr. Dre ter colocado Eminem na posição onde está e que rappers brancos têm zero de respeito. 

Dogg explicou que Eminem não faz parte do seu Top 10 dos melhores rappers de todos os tempos porque existe muitos rappers melhores que o rapper de Detroit, que surgiram nos anos 80, como Rakim, Ice Cube e LL Cool J

“Eminem, a grande esperança branca. Rappers brancos têm zero de respeito no rap, vamos ter isso em mente. Dre provavelmente terá colocado Eminem em uma posição em que Eminem poderia ser rotulado como um dos 10 melhores da história. Eu não acho isso, mas tem gente que fala que ele é um dos melhores 10 letristas e tudo. Mas é porque ele estava com Dr. Dre e Dr. Dre o ajudou a ser o melhor Eminem que ele poderia ser”. Disse Dogg. 

Snoop sublinhou, no entanto, que não tem qualquer tipo de problema com Eminem e esclarece que Slim merece respeito pela trajetória, chamando-o de ‘irmão. 

Fonte: Complex.com e Carga Magazine

Um comentário: