quinta-feira, 15 de outubro de 2020

Ancestralidade, empoderamento e afrofuturismo | Essência não morre



“Essência não morre” é um livro escrito pelo carioca Jhony Talles, onde o escritor usando de toda sua vivencia sendo um homem preto que ama a cultura Hip Hop e a história preta, nos empretece com esse lindo conto que mistura ancestralidade, empoderamento (real) e afrofuturismo. 

A história é sobre Ramkhenaton, um garoto que com o tempo de estudo e aproximação com a história de seu povo, desenvolve uma sensibilidade/espiritualidade que o faz voltar no tempo e ir até Kemet (Egito) e conhecer dois grandes Faraós: Akhenaton e Ramsés II. Dai pra frente é spoiler.



Eu gostaria muito de ler esse livro no inicio de minha adolescência. Não digo que esse é um livro infanto juvenil, mas eu indico que você adulto nego veio como eu, leia e indique esse livro para outra pessoa e se possível para alguém mais jovem. É muito importante que nossas crianças pretas e nossos adolescentes tenha contato com história de gente preta. Não história branca que com tempo coloca um ator preto. Precisamos de gente preta escrevendo histórias pretas, com gente preta para gente preta. Nossas crianças precisam saber bem cedo de onde viemos. 

Trecho do Livro



Esse livro da um outro (real) sentido para a palavra EMPODERAMENTO. Empoderamento não é preto em comercial, não é preto ocupando lugar de branco. Empoderamento é quando a gente conhece nosso passado nos vendo, projetando nosso presente e futuro. Empoderamento é criarmos nossos espaços. Esse livro nos leva a entrar de cabeça na história é uma ficção com elementos reais de nossa cultura na diáspora e na africana, que em todo momento ficamos naquela linha tênue se é real ou não. 


“Essência Não Morre, é como batizei a história que contém uma atmosfera de afro futurismo que mescla ficção histórica com algo bem real e que eu amo, uma coisa chamada HIP HOP. Essa história que se passa em 19 páginas narram a trajetória do contato de um jovem preto com o hip hop, processo de descobrimento de ancestrais poderosos, viagem no tempo, contato com sua ancestralidade, empoderamento e pôr fim a volta pra casa mais seguro de si após viver um processo de autoconhecimento!”, conta Jhony. 

Trecho do Livro


O livro está disponível na plataforma Wattpad. 

Você pode acessa-lo de seu celular e ler em seu navegador ou baixar o app, cadastrar e compartilhar as histórias com seus amigos no Facebook. 




Sobre o autor: 

Jhony Talles é carioca e tem 24 anos. Jhony conheceu o Hip Hop por volta de 2005 e canta rap desde os 15 anos de idade. Inclusive já lançou um EP e um vídeo clipe por uma produtora de audiovisual angolana. Talles sempre foi apaixonado por filmes e como as coisas rolam... sempre teve essa vontade de ditar como as coisas podem ser dentro de uma obra. 

“Eu gosto de criar histórias, gosto da misturar fantasia com realidade, então minha obra sai desse jeito quando faço algo mais detalhado como por exemplo esse conto. Por estar submerso no mundo do Hip Hop ele me influencia muito em minha escrita. Minha educação social, cultural, política e racial foi ele que me deu...” conta Jhony. 

O sonho do rapper e escritor carioca é ser cineasta. 

Atualmente Jhony trabalha como ajudante de caminhão, estuda francês sozinho e tenta planejar seu futuro..., mas é algo bem difícil quando não dá pra respirar. 

“Quero fazer faculdade de cinema, mas é um curso muito elitizado e nem sei quando vou poder me organizar pra ver se dá pra tentar entrar. Ainda mais agora onde as instituições de ensino estão ensinando de forma EAD. Muitos de nós não sabe se tem menos estrutura pra estudar em casa ou pra sair na rua cansado pra estudar é uma sinuca de bico", finaliza Jhony.

Nenhum comentário:

Postar um comentário