domingo, 13 de janeiro de 2008

DMX perde mais de US$1.5 milhões em processo


Uma mulher de Baltimore ganhou US$1.5 milhões em um julgamento contra o rapper DMX, que falhou em se apresentar em uma audiência no dia 10 de Janeiro.

Monique Wayne processou DMX pelo fato do rapper tê-la acusado de estupro em uma entrevista à ister2Sister magazine. DMX afirmou ter sido "estuprado" por Wayne enquanto dormia em um quarto de hotel em Baltimore no ano de 2003.

Ela me estuprou, DMX alegou. O DNA diz que é meu filho. Eu não sei. Se eu transei com ela gostaria de lembrar.

Em Outubro de 2006, Wayne, 28 anos, se defendeu das alegações movendo um processo no qual pediu US$6 milhões em danos.

A mãe de Wayne, irmã e um psicólogo testemunharam a favor dela, afirmando que as alegações de DMX são falsas e difamatórias.

DMX terá que pagar US$1 milhão em danos punitivos e US$ 518.000 em danos compensatórios.

Representantes do artista ainda não se pronunciaram a respeito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário