quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

TRIBO MASSÁHI DISPONÍVEL AGORA!‏ #Ouça




TRIBO MASSÁHI (1971)

"Este é um som formado no Brasil. Com todos os membros brasileiros.
Mas a finalidade é mostrar a música jovem africana, com todas as suas nuances que caracterizam as origens da música do Continente negro.
Neste disco lançamos muitas coisas curiosas. Partindo do desenho rítmico, que foi baseado nas passadas do camelo, que se enquadra na divisão 4/4, na mesma linha do YÁ YÁ YÁ e SOUL MUSIC, a qual foi dada o nome de OGA, isto, porque em Lagos, capital da Nigéria, é um tratamento íntimo entre amigos. Lá, o homem se sente bem quando é comparado a um OGA (camelo).
Propositadamente e orgulhosamente lançamos este novo e diferente LP tipo exportação, não só dedicado aos discófilos de todo o mundo, como também aos amantes de festas, noitadas em boates, e mesmo para quem estiver amando, pois nas suas duas faces, não há intervalos. É um ritmo louco e contagiante.”

Foi assim que, em 1971, o Embaixador e o Mo João Negrão descreveram o disco na sua contra-capa. Essas palavras não envelheceram nem um pouco.
Estamos muito felizes e orgulhosos de poder anunciar, 44 anos depois, o primeiro relançamento 100% oficial desta obra genuína, que se tornou mítica e é considerada "O Holy Grail” da música brasileira entre colecionadores ao redor do mundo.

O disco é lançado no padrão Goma Gringa, com capa dura empastada. Vem acompanhado de um encarte assinado pelo jornalista Itamar Dantas - responsável pela pesquisa - que apresenta finalmente a história de Sebastião Rosa de Oliveira, o Embaixador, e da sua banda, a Tribo Massáhi. Destaque muito especial para a foto inédita que revela pela primeira vez os integrantes da banda!

Disponível agora! Garanta a sua cópia!

TRACKLIST
FACE A - TIMOLÔ TIMODÊ
A1.    Walk By Jungle (Embaixador)
A2.    Fareuá  (José Prates)
A3.    Harmatan  (Heitor da Costa)
A4.    Dandara  (Embaixador)

FACE B - LIDO’S SQUARE
B1.    Pae João  (Wilson Guimarães)
B2.    Menina da Janela  (Heitor da Costa)
B3.    Oan  (Embaixador)
B4.    Madrugada Sem Luar  (Ruy Barbosa)

Nenhum comentário:

Postar um comentário