segunda-feira, 1 de abril de 2019

Yung Buda lança ‘Músicas para Drift Vol II’


A mixtape traz texturas nostálgicas de jogos de corrida, como Gran Turismo e Need For Speed

Considerado um dos destaques na cena underground do trap, Yung Buda lança no dia 1º de Abril (segunda-feira), o Músicas para Drift Vol. II e encerra sua trilogia de mixtapes. Com beats mais calmos e percussivos o MPDV.II é lançado pelo selo SoundFood Gang.
A mixtape vem de uma sequência onde a Halloween o Ano Todo e Músicas para Drift Vol. I a antecedem. Apesar de não ter ligações de em relação à temática, os trabalhos têm códigos e simbologias no estilo mais sombrio do artista, como fato de cada mixtape ter seis faixas cada (seis, seis, seis). Com uma aproximação mais intimista, menos agressiva contudo não menos pontual, o álbum é a continuação da primeira mixtape de Yung Buda, Músicas para Drift.
Nicolas Kusanagi, ou apenas Yung Buda, shinobi no kami, como ele mesmo menciona na música “Akatsuki de Vila”, tem apenas 23 anos e muita bagagem. O artista, por meio de suas referências geeks, conseguiu traduzir seus sentimentos e críticas sociais com referências de cultura pop em beats de trap com samples de animes e games. Uma união digna de geração Y/Z. Sua relação com jogos de corrida e música veio da adolescência, quando ele mesmo realizava a trilha sonora de seus jogos. “A trilha do jogo era muito parada e sem emoção. Eu queria algo que fizesse eu me imaginar dirigindo o carro”, explica Yung Buda.
“O Drift é uma combinação de corrida com filme de ação. A ideia de você entrar em uma curva de lado é muito estilo. Você realizar o trajeto todo da pista só deslizando é muito estilo. Deixa muito mais emocionante”. Yung Buda

O Mc que já arriscou umas manobras de drift não recomenda ninguém realizar esse feito.

Além de buscar a inspiração em jogos o artista também se inspirou na estética do clássico dos anos 2000, Velozes e Furiosos. A combinação de cenas e trilha sonora sempre chamaram muita atenção do artista.

Seu novo trabalho tem uma atmosfera que busca se aproximar mais de uma textura de jogos de corrida da geração passada, como Gran Turismo e Need For Speed, do que de algum Anime, deixando uma sensação nostálgica a cada faixa. Dessa vez os beats são mais calmos e percussivos, com um pouco mais de complexidade dando um tom industrial, com reflexos de IDM em sua composição. Na capa ele usa a mesma fonte do jogo Need For Speed.

Yung Buda abrange, assim como em Músicas para Drift, assuntos e temáticas antes não exploradas, trazendo para o público mais referências de suas infâncias e adolescências, mergulhadas dessa vez numa estética mais sofisticada e moderna.

A produção do álbum contém samples de diversos estilos de música eletrônica, como minimal techno e happy hardcore.A mixagem e masterização da mixtape ficou por conta do Ramiro Mart do Studio Setor.

Faixas

1 - Piloto

2 - Pleasurekraft

3 - California (World Tour)

4 - Suzuki Escudo (Guitarra)

5 -Autumn Ring Mini (Sozinho no Touge)

6 - Autobahn (Tempo)

Ouça:


Conteúdo produzido por Mariana Paulino

Nenhum comentário:

Postar um comentário