quarta-feira, 22 de maio de 2019

Kaskão T$G pede desculpas ao Celso Athayde


Recentemente saiu uma entrevista do Kaskão em que ele diz que sua divergência com o Brown era filosófica e não pessoal.
Nesta entrevista, o Kaskão diz que cobrou o Mano Brown por andar com MV Bill, porque o Kaskão achava que o empresario Celso Athayde era um ex-pm que participou da chacina da Candelária.

E também diz revoltado como um que "ex-pm" pode ser dono de um prêmio de rap.

"Nois não é Vida Loka? nois não é o Vida loka? Perai, vida loka ganhando prêmio na mão de policia?" disse o Kaskão na ocasião

Celso Athayde que nunca foi Policial, foi idealizado do Prêmio Hutuz, o maior Prêmio de rap que já existiu no Brasil.

Se você já ouviu a faixa "As vaidades" do T$G com certeza se lembra deste verso:

Tem até um ex PM que matava lá no morro
Hoje é dono do Hutúz e entrega prêmio pro meu povo
Confira o trecho exato em que o Kaskão fala o motivo de sua treta com Mano Brown.


A verdade tarda mas não falha. 

Quando esta música foi lançada as redes sociais ainda não tinha o alcance de hoje e nem todo mundo sabia que o Celso Athayde era idealizador do Hutuz. Eu sabia, e por muitos anos pensei que o Celso era mesmo policial. Mas pesquisando na net um tempo atrás não descobri nada e a fita ficou ainda com ponto de interrogação.
Mas como o Kaskao voltou a falar deste assunto nesta entrevista, e falando de o porque ele tretou com Brown. Ele  no melhor estilo Kaskão, bem agressivo e direto, já que ele achava ser verdade e achava que estava na razão, o bagulho viralizou quem nem gripe no inverno.

Não sabemos ao certo, mas após anos pensando errado sobre o Celso, o rapper paulista da zona sul de SP trocou uma ideia com Celso Athayde e viu que estava no erro em falar isto e fez um vídeo junto com Celso Athayde para pedir desculpas.

Assista o vídeo completo:



Nenhum comentário:

Postar um comentário