domingo, 15 de setembro de 2019

Hugo Cacique, fã do Racionais, cria dicionário com gírias/verbetes imortalizadas pelo grupo



Hugo Cacique, é nascido no bairro do Campo Limpo, bairro ao lado do Capão, lugar onde Ice Blue e Mano Brown nasceram. 

Como qualquer jovem nascido na periferia de SP, mais exatamente na Zona Sul, o Racionais é o nosso maior exemplo na quebrada. O Racionais influenciou uma geração de jovens negros e periféricos, e até hoje são exemplos na quebrada. 

Hugo, que é ex-morador do Campo Limpo, hoje é um publicitário e resolveu homenagear o grupo criando uma espécie de dicionário com as gírias popularizadas e imortalizadas pelo grupo nesses 30 anos de carreira. 

“Tive a ideia de abordar essa linguagem periférica e, com o tempo, ela tomou corpo. Cheguei no nome, na estética… Primeiro peguei toda a discografia dos caras, destaquei algumas palavras e aos poucos fui construindo”, explica Hugo. 

O objetivo é publicar 400 verbetes, todos acompanhados por tags, ou pixos, feitos à mão em cima de folhas de dicionário. “Me apropriei de uma linguagem de rua. A ideia de usar a tag é assim: o que o dicionário é no semântico, no campo do significado, eu quis trazer para a parte estética. A tag, ou pixo, é aquilo que você olha, estranha num primeiro momento, não entende muito bem, mas depois compreende o que está ali. A mesma coisa acontece com as gírias, que num primeiro momento não é facilmente digerível”, comenta. 

Em entrevista ao site Suplemento Pernambuco Hugo diz: "Eu peguei todas as músicas, fiz as transcrições, compilei tudo num arquivo só e fui destacando as gírias. Quando comecei, fui de forma cronológica de 1988 pra cá. Já tenho mais de 400 palavras e espero que fique defasado em breve e que eles lancem ainda mais músicas. Mas não sabemos se isso vai rolar, se os Racionais vão continuar produzindo". 

Hugo não visa monetizar o "Dicionario Capão" (@dicionariocapao), portanto o publicitário criou um perfil no Instagram onde vai publicar cada verbete. Já foi publicado por volta de 160 gírias.

Confira algumas gírias:













Fonte: Jornal Metro

Nenhum comentário:

Postar um comentário