sexta-feira, 25 de outubro de 2019

Disco É Brinquedo, Oficina de Discotecagem, Denise Alves, Xemalami e Daniel Yorubá são atrações do Ensaio Aberto do Uterço ( 27.10 Grátis)


Edição de Outubro do Ensaio Aberto do Uterço

No último domingo do mês das crianças, o Centro de Artes Integradas Popular – Arte e Cultura Periférica, no Jardim Iporanga, receberá mais uma edição do projeto Ensaio Aberto, idealizado pelo coletivo Uterço. O evento gratuito, começa às 14hs, do dia 27 de outubro, com uma atração especial para os pequenos: Disco é Brinquedo! – Vivencia Musical nos Toca Discos para Crianças com DJ Carlu. Os adolescentes e adultos que tiverem interesse em aprender um pouco sobre o oficio dos DJs, poderão participar da oficina de discotecagem com DJ Kiko Maestro, que na ocasião apresentará os equipamentos e suas utilidades, introdução a história do Hip Hop e a importância do DJ dentro do movimento, noções de scratches e back to back. O evento segue durante a tarde e começo da noite em formato de ensaio aberto com os repertórios da cantora Denise Alves, dos rappers Xemalami e do cantor Daniel Yorubá. Essa edição conta com apoio do VAI – Valorização de Iniciativas Culturais da Prefeitura de São Paulo.

Todos unidos com o propósito de usar o rap como uma ferramenta de inclusão social, despertando a vontade dos envolvidos em estudar mais, aprender, ler, desenvolver senso crítico para questões sociais e do dia a dia, além de trabalhar a autoestima dos envolvidos. “Vamos estimular o entendimento do universo musical a partir de oficinas e promover familiaridade com profissões ligadas ao Hip Hop, além de gerar um ambiente familiar e sem álcool em torno do rap”. Explica Uterço, que além de mostrar um pouco do seu repertório feito especialmente para ser ouvido ao vivo – Original Marginal RAP, é o mestre de cerimônia do evento.

+ Disco é Brinquedo! Vivencia Musical nos Toca Discos para Crianças com DJ Carlu

DJ e colecionadora de discos, Carlu é professora de educação infantil e trabalha pesquisando intensa e continuamente as produções infantis em todos os formatos e especialmente em vinil. A DJ conta uma coleção com mais de mil discos que começou na infância. Como professora passou a desenvolver projetos que utilizam os discos e vitrolas como instrumentos pedagógicos, explorando a tecnologia dos toca discos, os discos como obras de arte e os elementos que compõe a cultura do vinil. A vivencia Disco é Brinquedo! Já circulou por algumas escolas e aterrissa esse mês no Ensaio Aberto do Uterço onde Carlu sempre foi a DJ residente, levando representatividade feminina aos toca discos numa discotecagem totalmente em vinil que além de fomentar essa rica cultura de amor à música, conduz a pista como um convite a interagir com ela. Dançar livremente e se renovar gingando envolvente, tempero e sonoridade única da música brasileira, sem abrir mão de clássicos mundiais que fervem as pistas. A vivência é gratuita e começará às 16hs! Livre para todas idades.

+ Oficina de Discotecagem DJ Kiko Maestro

Referência quando o assunto são os toca discos DJ Kiko já tocou com grandes nomes da cena Hip Hop como: KL Jay, DJ King, Erick Jay, DJ Soares, DJ Preto, DJ RM, DJ Zulu. Na composição DJ e MC, dividiu palco com grandes rappers da atualidade como: Criolo, Akira Presidente, Flora Matos, Rael e Preta-Rara. Além de já dividir palco com Kamau, Projota, Emicida, Black Alien e muitos outros grandes artistas nacionais. Também fez parte do Projeto Possibilidades, projeto sociocultural que consiste em debates, saraus, danças e música, atuando em escolas, CEUS e algumas unidades SESCS da capital. Foi DJ do Pentagono e atualmente organiza, ao lado de Karina Pardim e dos DJs Everton Santos e Índio, o evento SLUM Party desde 2013. No Ensaio aberto do próximo dia 27 de outubro, DJ Kiko apresenta para os interessados em discotecagem os equipamentos e suas utilidades, introdução a história do Hip Hop e a importância do DJ dentro do movimento, noções de contagem de tempo, scratches e back to back. A partir das 16hs.

+ Denise Alves

Uma voz ativa na periferia de São Paulo, Denise Alves é cantora, compositora, interprete, MC e uma referência quando o assunto é o empoderamento da mulher negra, ouça Meninos Mimados e entenda um pouco dessa relação dela com as manas. Como integrante do grupo Grajagroove, (focado em disco, soul e blues e que marcou essa nova geração de artistas da região do Grajaú) e uma das fundadoras do Grajaminas, (grupo que une 19 cantoras e MCs), Denise já estreou a capa da Veja SP o ano passado e como apresentadora da série Guetonomia, do canal Por quê? Economês em Bom Português, desmistifica diferentes termos correntes na economia, aproximando mais a periferia dos números e da realidade do dia a dia. Sua carreira solo também avança a passos largos com uma agenda agitada e apresentações impactantes. Enquanto não lança seu EP, com estreia prevista para esse ano, Denise dá uma prévia do que está por vir no clipe Áfrika, dirigido pela produtora Quebramundo. Outra forma de sentir o EP, ainda inédito, é conferindo o vídeo da série Minuto de Reflexão, onde Denise soltou os versos de Dois Corações, ou o filme do Peixe Barrigudo, onde mostrou a faixa Sinceramente. Um pouco mais sobre a obra da cantora pode ser conhecido também nas participações com outros artistas. Com MMoneis e Toni Moya, Denise participa da faixa Pouso que ganhou clipe com direção de Pedro Jezler e Richener Allan. Com Elias Blackout fez Preto ft produzido por G Dpinot. Com Elton Limma cantou Um Pouco Mais. No canal oficial do Youtube ainda dá para conferir um cover de Haiti. Abismo participação com Dan Silva também vale o clique.

+ Daniel Yorubá

Daniel Yorubá é um cantor e compositor de world music e tem como principal característica a fusão da MPB com ritmos africanos, reggae, hip hop, R&B e dance-pop, dando origem a uma sonoridade bastante singular. Nascido e criado na periferia de São Paulo (BR), o músico faz da arte de compor um canal de discussão sobre questões sociais urgentes e reflete ainda assuntos transcendentais - colocando quase que sempre o ser feminino no cerne de suas composições e a figura materna como representante da força vital e do amor genuíno. O primeiro trabalho de estúdio de Yorubá ganhará as ruas em breve, é quase que a versão musicada de seu diário pessoal. O cantor já disponibilizou algumas faixas do disco Casulo, confira: Trago Flores, Beleza Oxum (ft com Coruja Bc1), Coração de Gelo, Odoya e Aruanda. O músico conta ainda com composições interpretadas por grandes artistas como a faixa "Papo Reto" gravada com o seu irmão Rael e com o rapper Black Alien para os álbuns "Coisas do Meu Imaginário" e "Ao Vivo em SP", entre outras participações. Siga as redes e plataformas

+ Xemalami

É um coletivo do distrito do Grajaú – Zona Sul de São Paulo, formado em 2002, enquanto um grupo de jovens, adultos, anônimos que se reuniam em torno do xadrez e a cultura Hip Hop. Á partir de 2005 surge um braço do rap como uma extensão do projeto Xadrez Sem Muros (principal atividade do grupo). A programação do coletivo é desenvolvida nas ruas, escolas e festas com apresentações de grupos de rap, discotecagem, oficinas, prática, torneios, desafios e vivencias com o xadrez gigante, produção de grafites e ocupação pacifica, ativa e transformadora de espaços públicos. Drezz, Hyt e Cado chegam ao ensaio aberto com parte do seu repertório: O Peão Não Pode Recuar, Zugzwang, Não Tô Só, Gana (Hyt) e os sons de Suldamerica As Peças Pretas Jogam, disco mais recente do coletivo. Confira os clipes de Bairro (A Special S**t) com DJ Sou Jazz & DJ Alan 45 e de O Som que Marca.


Parte superior do formulário


Parte inferior do formulário

+ Ensaio Aberto Uterço – A iniciativa do coletivo Uterço, promove encontros entre artistas de todas regiões de São Paulo, em uma casa com clima de estúdio e cultura no Jardim Presidente, extremo da região sul. Os ensaios em clima de festa fecharam um ciclo e agora o ensaio volta com um novo formato e envolto a responsabilidade social. Além de promover novos intercâmbios artísticos entre os convidados, o Ensaio #U3 também tem como missão deixar um legado educacional e criar uma atmosfera familiar em torno do RAP, inclusive desvinculando o evento ao uso de álcool, com edições aos domingos à tarde, gratuitos e com classificação livre. Ao lado da sua produtora Thais Silva Guilherme, da fotógrafa Daiane Rocha, do DJ Kiko, do produtor de palco Marinho e do produtor musical Ras Felipe, vêm promovendo uma abordagem cultural no bairro. A última edição, em setembro, que já contou com apoio do VAI foi um sucesso, o coletivo recebeu em torno de 100 pessoas em uma tarde regada a conhecimento e inteiração com os elementos do hip hop. Confira algumas fotos da @daii_roocha:

+Serviço

O que?

Ensaio Aberto do Uterço com Denise Alves, Xemalami e Daniel Yorubá.

Vivencia Disco é Brinquedo!

Oficina de discotecagem

Quando?

Domingo, 29 de setembro das 14h às 20hs

Onde?

Centro De Artes Integradas – Rua Álvares Correia, 86 – Jd. Presidente

Quanto?

Evento Gratuito – inscrições para oficinas com 1 hora de antecedência.

Nenhum comentário:

Postar um comentário