segunda-feira, 17 de fevereiro de 2020

DocVozes lança documentário sobre ato de movimentos negros em Portugal | Marcha para Giovani



O pessoal do DOCVOZES produziu um mini documentário mostrando o ato que ocorreu em Lisboa em homenagem ao Luís Giovani, jovem estudante cabo-verdiano que veio a falecer após ser barbaramente espancado por 15 homens em Bragança, Portugal. Esse acontecimento levantou o debate sobre racismo e xenofobia em Portugal, temas que são inacreditavelmente abafados e contestados pelo Estado. 

O documentário apresenta a forma que o movimento negro e de imigrantes que integram o PALOP (Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa) em sua maioria se organiza.


No dia 15 de dezembro de 2019, após um desentendimento entre diferentes grupos de amigos, o estudante cabo-verdiano Luís Giovani Rodrigues foi brutalmente espancado por 15 homens na saída de um bar em Bragança, Portugal. Giovani faleceu dias depois. A Polícia Judiciária concluiu que os agressores não agiram por ódio racial, mas sim por "motivos fúteis". A posição do Estado colocou em pauta o racismo e a xenofobia em Portugal. 

No dia 11 de janeiro, foram organizadas manifestações em solidariedade a Giovani por diversas cidades em Portugal e Cabo Verde, além de vigílias em Londres, Luxemburgo, Espanha, França, Holanda e Suíça. 

Até o momento foram detidos 5 dos 15 suspeitos do assassinato, ainda sem data para julgamento. 
O documentário Marcha Para Giovani mostra momentos do ato em Lisboa.

Assista o documentário no Facebook:


Assista ao documentário no Youtube:



Nenhum comentário:

Postar um comentário