sexta-feira, 15 de maio de 2020

Larissa Delsanto e MC Taya "Sabotah" os faladores e mostram a potência das mulheres no rap


Divulgação
O single “Sabotah” chega com a intenção de calar a boca dos faladores e mostrar a potência das mulheres do rap. Agressivas e ousadas, mandando o papo reto sem fazer curva: o single de Larivenon, (alter ego da Larissa Delsanto) com participação de Taya, manda um recado para quem ainda duvida do potencial das mulheres no rap: “Se nós somos por nós, quem for contra é melhor escrever diss”. No beat de Faustino (BA) e produção de Buarky (SP), as rappers Larissa Delsanto (ES) e Mc Taya (RJ) se projetam no confronto do rap game, sem pedir licença ou desculpa para quem acha que as mulheres do hip hop não estão no mesmo time quando o assunto é jogada fatal. 

Larissa Delsanto explora a dualidade da cantora que também é rapper. Nos primeiros versos, vemos novamente a alter ego ‘LARIVENOM’ – que já conhecemos do aclamado single ‘50 Tons de Flow’- e chega fazendo piada com o desempenho sexual dos homens, usando uma voz sensual e ríspida, para mostrar que não deixa nada passar. 

Com a virada no beat do Faustino, a rapper se distancia e abre espaço às brasilidades de Delsanto, que chega pedindo licença às suas entidades protetoras para dar início à batalha atrás do seu lugar no rap. Na segunda parte, Taya que já é conhecida por seu deboche explícito em suas letras, como “Trapstar”, rima num speed flow sobre a existência de sistema de cotas para mulheres dentro do Hip Hop. A rapper rebate frases como: “Chegou agora e quer sentar na janela?!”, deixando escuro que só sai de onde está para dar espaço à outras minas. 

Ouça:

Nenhum comentário:

Postar um comentário