sexta-feira, 12 de junho de 2020

#CIÊNCIANONP | "Pesquisa, ciência e afins", a ciência didática da biomédica Karina Vellozo.


Salve periferia!

Tá complicado esperançar nesse caos todo né? Olhar pro lado, ter que levar a vida, reagir aos absurdos, as afrontas sistêmicas e tantas outras coisas e ainda ter que ter esperança num futuro qualquer. É, a gente sabe dessa angústia toda, e então buscamos construir algo mais concreto, que nos responde, nos orienta e nos faz sentir mais segurança pra olhar pra dias melhores. 

Esse é o novo quadro do NP, o #CIÊNCIANONP. Sim, nossa colaboradora Ana é bióloga, e ela sempre trata de questões importantes, mas nunca tínhamos pensado em como trazer essa questão da divulgação científica, que é essencial, principalmente no atual contexto social e político. Então decidimos criar esse quadro com o intuito de divulgar tanto pesquisas, quanto cientistas que contribuem para que as descobertas e pesquisas cheguem a sociedade como um todo, de maneira democrática e coletiva. 

Falando um pouco sobre divulgação científica ...

A divulgação científica tem um papel central para que a população geral tenha acesso ao conhecimento científico, e conheça o quanto a ciência está presente em cada espaço e em tudo ao nosso redor. Analisando o atual cenário, sabemos as implicações severas e perigosas que a falta de informação sobre um assunto simples, como a propagação de doenças doenças infectocontagiosas (aquelas de fácil e rápida transmissão provocadas por agentes patogênicos) podem causar desde problemas individuais até mesmo o colapso do sistema de saúde como um todo. Em contraposição, a divulgação de forma ampla e irrestrita de informações sobre um problema de saúde, faz com que um grupo de pessoas preste mais atenção a situações importantes, como a higiene por exemplo. 

Bom, em uma breve chamada para a reflexão, fica exposta a importância de cada vez mais o diálogo ciência x sociedade ser estabelecido. Cada vez mais o público leigo deve ser incluído, de modo que os resultados de investigações sejam mais dinâmicos e tornem a ciência mais compreensível, contribuindo para a criação de uma cultura científica.

Para as e os pesquisadores, a divulgação científica tem um papel complementar ao ensino formal de ciências, que sabemos, tem sérios problemas. O Brasil hoje não tem uma política pública ou educacional ampla com o objetivo de fomentar a cultura científica na sociedade, mas existem algumas iniciativas muito importantes de profissionais incríveis e dedicados a divulgação científica de qualidade.

Hoje vamos falar de uma iniciativa importante. A biomédica Karina Vellozo e seu canal "Pesquisas, ciência e afins".

Karina é formada pela Universidade Herminio Ometto - UNIARARAS, habilitada em Análises Clínicas, Biológica Molecular e especialista em Imaginologia (Medicina Nuclear, Ressonância Magnética e Tomografia) pelo Instituto de Ensino e Pesquisa Albert Einstein. UFA HEIN! 

Karina tem uma extensa lista de pesquisas e vivências na área científica que você pode saber muito mais seguindo ela nas redes que vamos deixar abaixo. Além de tudo isso, ela realiza palestras sobre qualidade de vida, saúde, fisiologia dos sistemas e afins para os colaboradores de empresas parceiras. Mas não é sobre toda a bagagem e formação importante que ela tem que gostaríamos de falar, mas sim exaltar como ela aplica tudo isso no retorno a sociedade. Karina é idealizadora do canal "Pesquisa, ciência e afins", no YouTube e Instagram, onde ela compartilha conhecimento de maneira didática, interativa e extrovertida.
Além dos diversos assuntos sensacionais que ela já abordou, Karina trabalha como Biomédica no setor de MDA (Medicina Diagnóstica e Ambulatorial) do Hospital Israelita Albert Einstein, como linha de frente no combate a pandemia Coronavírus, e também trata sobre assuntos relacionados a pandemia, de maneira extremamente didática e acessível.



Nós trombamos o trabalho da biomédica Karina ao acaso, mas hoje já somos fãs declarados. Um trabalho importante, e exaltado pelo NP.

Acompanhem e sigam Karina nas redes sociais.
Instagram: @karinavellozo

Nenhum comentário:

Postar um comentário