domingo, 14 de junho de 2020

Realidade Cruel está em estúdio para gravar o 8° álbum de sua história


Realidade Cruel retorna ao estúdio para gravar seu 8° álbum intitulado A HISTÓRIA CONTINUA. 

Originalmente formado por Keno, Bolha, Flagrante e Douglas em 1992 em Hortolândia, São Paulo. Em 1998 recebe uma proposta de gravar seu primeiro álbum pela Face da Morte Produções. Lançando o álbum “Só Sangue Bom”, o grupo alcançou um sucesso nacional com a música “Dia de Visita”, que por muito tempo esteve entre as mais pedidas nas rádios do segmento. Entre saída de integrantes e reformulações, hoje o Realidade Cruel é formado por: DJ Bola 8, TM, Tuca Léllis e R.O. O ultimo álbum do grupo foi o "A voz que não se cala" em 2018. E agora com essa nova formação o grupo anuncia um novo álbum. 

A “História Continua” conta com produções de Gedson Dias que produziu a faixa “O Mau e o Bem” do álbum “Cores e Valores” do Racionais, DJ Pantera, Nego Lock e Oswaldo. O álbum tem previsão de chegar nas ruas e em todas as plataformas digitais em novembro deste ano ainda. Com 16 faixas, o trampo vai vir abordando temas de extrema relevância sobre conflitos sociais como: feminicidio, racimo, respeito aos idosos, moradores de rua e denuncia ao sistema. 
“Com um olhar critico mediante a toda situação atual do país” disse TM em seu Instagram.
O disco conta com participações de nomes importantes como: Markão DMN, Marrom, Daniel Ordem Própria e uma participação surpresa. 

Serão lançados 4 singles antecedendo e promovendo o CD: Filhos do Feminicidio, Produto Descartável, Terra dos 7 demônios e a História Continua.
Todos com vídeo clipe. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário