sexta-feira, 7 de agosto de 2020

Hebreu Indica | Anderson.Paak, Jamila Woods, Teamarr e Chika


E AI GALERINHA DO MEU CANAL, TUDO BEM COM VOCÊS?? HAHAHAHA TÔ DE ZOA!

Espero que todos estejam bem. Desta vez venho trazer alguns lançamentos que eu gostei bastante... 
Não sou um sommelier musical, mas tenho um gosto bem peculiar e resolvi trazer alguns lançamentos estadunidenses que ouvi e mais gostei. Bora de música! 

Como o Anderson Paak é o único homem dessa lista, bora começar com seu remix. 

LOCKDOWN, ANDESON.PAAK 

Em 19 de junho, Anderson.Paak lançou o som de protesto “Lockdown”, agora ele está de volta com o remix deste som que já era bem foda. A nova versão traz versos adicionais de JID, Noname e Jay Rock, com .Paak no refrão. A produção ficou por conta do .Paak e J.LBS. 

“Pronto para a revolução, quem está pronto para cavalgar? Não será televisionado, então me diga, quem está pronto para morrer?” rima Jay Rock. 

Ouça:

            
U SHOULD, CHIKA 

Impulsionado pelo seu EP “Industry Games”, Chika explora seu lado cantora em seu mais novo single “U Should”, que era bem comum quando a Chika postava seus sons e covers em seu perfil do Soundcloud. Esse novo som sai um pouco antes de sua estreia como atriz no “Project Power” da Netflix na próxima semana. 

Ouça:

 
COLORS, TEAMARR 

Segundo alguns críticos, a cantora, Teamarr lançou um dos trampos mais subestimados do R&B. Em maio deste ano, ela lançou o EP “Before I Spill Myself”, que conta com a participação do rapper D Smoke na faixa “Kinda Love”. Mantendo a energia de seu EP, a nativa de Boston, se une ao rapper Wale e lança seu ultimo single antes de sair seu primeiro álbum. 

Juntando-se a "Colors", TeaMarrr e Wale lutam para serem vistos como iguais no mundo, observando que sua pele negra deve ser vista como nada mais do que um diferente aos olhos dos outros, pois vivem e sofrem como todos os outros. 

Ouça:
   
SULA, JAMILA WOODS 

Jamila Woods volta a nos agraciar com sua linda e bela voz depois do magnifico álbum “Legacy” lançado em 2019. A cantora está de volta com o single “SULA (Paperback).” 

A música é inspirada na lendária novelista Toni Morrison (já falecida), e se concentra na relação entre Sula Peace e Nel Wright no romance de Morrison, Sula, de 1973. 

“É o primeiro romance de Toni Morisson que li e inspirou o primeiro livro de capítulos de poemas que escrevi”, diz Woods. 
“O romance mostra a evolução de uma amizade entre duas mulheres negras e como elas optam por navegar pelos rígidos papéis de gênero da sociedade e regras de respeitabilidade. Sobre Sula, Toni Morrison escreveu, 'viver totalmente de acordo com a lei e render-se totalmente a ela sem questionar nada às vezes torna impossível saber qualquer coisa sobre você.' Voltando à história vários anos depois, me deu permissão para rejeitar ideias restritivas sobre minha identidade projetada para encolher meu espírito. Isso me lembrou de abraçar minha ternura, minhas sensibilidades, meus modos de estar em meu corpo. Essa música é um mantra para me permitir espaço para experimentar meu gênero, amor, intimidade e sexualidade nos meus próprios termos.  Finaliza a Jamila. 

Ouça: 

Nenhum comentário:

Postar um comentário