sábado, 15 de agosto de 2020

Keyshia Cole revela que 2pac queria sair da Death Row e assinar com Quincy Jones


Durante uma live com Fat Joe, Keyshia Cole revela um pouco de sua conexão com Tupac.

Durante a conversa, Cole explicou que MC Hammer a apresentou à Death Row Records, onde ela conheceu 2Pac e Suge Knight. Ela também contou que seu irmão, o rapper Nutt-So, afiliado do grupo Outlawz, estavam em Las Vegas com 2Pac, sua noiva Kidada Jones, e Suge para a luta de Tyson, na mesma noite em que 2Pac foi morto a tiros. Embora não esteja claro quando eles tiveram essa conversa, Cole também revelou que 2Pac disse a ela que estava deixando o Death Row para assinar com Quincy Jones - e queria que ela fosse com ele.

“Na verdade, eu conhecia [2Pac]”, disse ela por volta dos 5:00 minutos. “Ele queria me assinar com Quincy Jones quando ele estava com a Kidada, a filha de Quincy, e ele iria deixar o Death Row e ir assinar com Quincy. Ele queria que eu fosse pra lá porque disse que a Death Row não era lugar para crianças”.

Cole continuou: “Eu tinha 15 anos. Ele morreu quando eu tinha 16. Bem quando meu aniversário estava se aproximando, eu me lembro de receber brincos pelo correio da Death Row Records, mas Suge, é claro, já estava na prisão.”

Ela acrescentou: “Minha mãe literalmente foi e nos tirou da casa de Suge porque todo mundo levou um tiro naquela noite. Meu irmão e o Pac costumavam fazer rap juntos no The Outlawz. Todos nós dirigimos de LA para Las Vegas. Pac estava no carro com Kidada. Suge estava no carro. Meu irmão estava no carro deles. Nós estávamos em nosso carro. Éramos crianças, entretanto. Ele simplesmente não gostou disso, sabe o que quero dizer? Foi tipo, muito drama naquela época.”

Fonte: Complex

Nenhum comentário:

Postar um comentário