segunda-feira, 17 de agosto de 2020

O cantor e mc Junior Tobago da "oreada" em racistas e homofóbicos em novo clipe

Foto: Fhoteus


Inspirado na Beyoncé que Junior Tobago, aos 15 anos, decidiu seguir seu sonho. Morador da cidade de São Roque, interior de São Paulo, o artista, negro, LGBTQIA+, cantor e compositor de R&B e RAP está desenhando sua própria história.

“As pessoas precisam entender que há diferenças e semelhanças entre todos nós e que precisamos aprender com elas! Infelizmente, algumas pessoas só aprendem com um puxão de orelha, e é sobre isso que se trata essa música. Um puxão de orelha para qualquer atitude ou pessoa preconceituosa, seja com o racismo, a LGBTQIA+fobia ou qualquer outra forma escrota de preconceito... Você sempre tem muito pra aprender.”, disse o artista referente a música ‘Easy’.

Foi em uma live com outros 3 artistas independentes da região de São Roque, que Junior Tobago recebeu o convite do diretor e roteirista Pietro Godinho para gravar seu primeiro clipe. E para integrar a equipe, convidaram a publicitária e stylist Mayara de Marco e o diretor de fotografia Pedro Diniz.

Foto: Fhoteus

Produzido majoritariamente por artistas LGBTQIA+, o clipe seguiu sem grandes investimentos para ilustrar a mensagem do single ‘Easy’. E simultaneamente, para dar voz a causa com a ascensão do artista, negro, LGBTQIA+, em conjunto com outros artistas independentes do interior paulista. Provando que a união e a colaboratividade são grandes aliadas para visibilidade da comunidade LGBTQIA+.

Assista:

+ sobre o artista:

Os primeiros passos de sua carreira foram aos 17 anos, quando começou a compor suas próprias músicas. Com 20 anos teve a oportunidade de gravá-las, e assim, lançou oficialmente seu primeiro som ‘Te quebrando’. Atualmente, com 22 anos, lançou seu primeiro álbum ‘Ascensão’ que conta com os singles ‘Sextou’, ‘Caminhada’ e ‘Easy’. Todas faixas foram produzidas pelo Prod. Dissperso, produtor independente, que fundou em 2018 o Selo Negro, no qual, Tobago faz parte.

Texto: Mayara de Marco


Um comentário: