sexta-feira, 4 de setembro de 2020

HEBREU INDICA | Jac Ross x Sza x GQ x VanJess


SEXTOU FAMÍLIA!!!

Mais uma sexta-feira em que eu venho trazer mais alguns artistas que lançaram sons bem relevantes e talvez vocês não conheçam, por isso do no Hebreu Indica.

Nesta semana trouxe os lançamentos de GQ, o rapper mais velho do selo Jamla, que lançou o primeiro single de seu EP, o novo clipe da SZA, após um período longo sem lançar material solo, o novo clipe da dupla de R&B nigeriana, VanJess e a nova versão de “It’s Ok To Be Black”, do Jac Ross. (Hino da campanha Black Lives Matter da NBA)

Os 4 indicados são artistas sensacionais e bem talentosos, céloko! Pra quem gosta de rap e R&B ou os dois juntos vai gostar pra carai! Bora então!


BIG LUTHA, GQ


GQ é um dos artistas mais antigos da Jamla Records, o rapper de Oakland lançará seu primeiro trampo em anos, A Midsummer’s Nightmare, em 18 de setembro.

Já se sabe que o EP conta com 7 faixas e vai ser produzido inteiramente pelo 9th Wonder.

“Pesadelo de um solstício de verão, ironicamente simboliza o tempo em que vivemos no país e no mundo”, explica GQ. “Mas também define os pensamentos e os momentos de mim neste momento da minha vida.  Quase como viver um mundo dentro de um mundo. Além de ser inspirado pela música em si, a inspiração veio da própria vida e apenas do meu espaço mental atual. É sempre divertido e uma honra trabalhar com o 9th Wonder. Então fazer um EP com ele foi especial”, finaliza o rapper.


Confira o primeiro single do EP, Big Lutha:



HIT DIFFERENT, SZA


Tio, parece que faz uma cota desde que a SZA estreou na TDE com seu álbum CTRL. (Já se passaram exatamente 3 anos). A cantora não ficou sem fazer nada durante esse tempo, ela fez diversas participações em sons importantes e sua banca não se importa com a demorada de um novo trampo. Uma característica da TDE é respeitar o tempo de seus artistas, e finalmente tempo algo quente da SZA. A cantora lançou “Hit Different”, com participação de Ty Dolla $ ign e produzido por The Neptunes.

“Eu estava nadando em meu cérebro sobre o que eu queria dizer primeiro, o que eu queria trazer de energia sábia primeiro... e eu realmente parei de tentar pensar demais, eu só queria dar às pessoas apensar algo para vibrar, porque eu tenho muitas coisas que eu guardei pra mim”, disse SZA a Zane Lowe. 

“Então é como se eu nem soubesse como isso vai tomar forma ou qualquer coisa assim, mas eu simplesmente parei de segurar isso e este é o começo de mim apenas desenrolando todos os meus pensamentos. Eu não posso segurar as coisas porque estou com medo todos os dias para sempre. É assim que eu sou. Até hoje eu estava chorando com a mamãe porque não solto nada há muito tempo e sinto apenas a ansiedade e o aperto ... Não consigo explicar como é para mim. Às vezes sou forte o suficiente para simplesmente largar alguma coisa e depois duas semanas se passam e não sou mais forte.”


Confira o clipe de “Hit Different”:



COME OVER, VANJESS


As irmãs R&B, VanJess, estão de volta com um novo single chamado "Come Over". Com um clipe que canaliza os anos 90 foi lançado para promover melhor o trampo

“Para este vídeo, nós realmente queríamos capturar o glamour vintage, mas ainda assim sentir como o futuro e representar quem somos”, disseram as irmãs. “No início da quarentena, ficamos realmente inspiradas ao olhar as fotos antigas de nossos pais na Nigéria e pensamos em como seria estar em casa vivendo as letras deste álbum em seu mundo.”

A dupla lançou seu álbum de estreia Silk Canvas em 2018 pela Keep Cool / RCA Records, com participações de GoldLink, Masego e outros.


Confira o clipe:



IT’S OK TO BE BLACK, JAC ROSS x D SMOKE x BUDDY


No inicio desse ano, Jac Ross lançou o single “It’s Ok To Be Black”. O som acabou conseguindo ser uma das canções que embalaram a campanha do “Black Lives Matter” da NBA, dando grande visibilidade ao cantor. Próximo de lançar seu álbum “Black Lives Matter” (Vidas Negras Importam), o cantor se une a D Smoke e Buddy e lança a versão 2.0 do single “It’s Ok To Be Black”.

“Trabalhar com D Smoke e Buddy foi incrível. Na verdade, foi um sonho que se tornou realidade, pois sou fã do trabalho deles e aprecio sua música”, disse Ross. “Eu gostaria que pudéssemos ter trabalhado juntos em melhores circunstâncias e realmente estar no estúdio juntos para vibrar, mas estou muito grato por termos conseguido fazer isso independentemente. Esta música é tão importante para mim e mal posso esperar que as pessoas ouçam esta versão 2.0", conta o cantor

Ouça:


Nenhum comentário:

Postar um comentário