quinta-feira, 3 de dezembro de 2020

#RapAngolano | Franck Brazão nos faz mergulhar no Reino do Ndongo



O Franck é um artista em ascensão na província do Namibe, possui um canto único e uma filosofia transcendental. A sua música diz muito de si. Amante e estudioso da história local, procura em cada canção a representação fiel dos lugares e da gente do litoral mais a Sul de Angola. O rap é o seu distintivo, um rasta man de boas vibrações, uma musicalidade funcional que se enquadra nos costumes da miscelagem do povo que represente e da arte mbali que o mesmo apregoa.




DOWNLOAD | MEDIAFIRE


O rapper angolano, Franck disponibilizou a mixtape intitulada “Reino do Ndongo”

Essa é mixtape fora do comum na província do Namibe, talvez seja uma mixtape fora do comum até em Angolano. Composta por 9 faixas, a mixtape com a primeira faixa de nome BANTU, a segunda CAFÉ e com as faixas de nome Ndongo que vão de I à VII.


“A mixtape busca a identidade dos povos de Angola, a acepção real do sujeito angolano, do preto que descende a matriz real da cultura antes a imposição europeia, realça os aspectos de uma cultura intemporal, história de lutas e conhecimentos ancestrais. Esta Mixtape é uma aula magna de história sobre o reino do Ndongo”, comenta Mateus Catotala.



DOWNLOAD | MEDIAFIRE

Seus lugares são descritos com o espiritismo que se exige, com a ousadia de N'zinga e outros soberanos do reino. A oralidade pregada em África, o Franck encarnou os Griot que pela palavra narram as glórias do reino, as gerações que sucedem umas às outras, não há dúvida sobre a grandeza desta imensa obra que conta com duetos pragmáticos de Dário.


“Cada faixa é uma história que ensina, que educa e nos guarda pacientemente para a próxima faixa, é uma alegria imensa poder ouvir um álbum desta magnitude, uma representação da nossa memória colectiva, da nossa cultura, da nossa luta e da nossa gente. Uma gota de conhecimento num mar imenso de ideias, está Mixtape é um presente para os nossos corações nestes dias de caos”, finaliza Mateus Catotala.

DOWNLOAD | MEDIAFIRE

Ouça a mixtape: 


Nenhum comentário:

Postar um comentário