quarta-feira, 24 de outubro de 2007

COMO JA POSTEI SOBRE AS GANGUES AMERICANAS...AGORA VAMOS FALAR DAS GANGUES LATINAS DOS E.U.A..Norteños E Sureños..!

ESSA DUAS GANGUES SAO MTO PARECIDAS COM BLOODS E CRIPS POR Q AMBOS TBM USAM VERMELHO E A OUTRA AZUL...

TODOS OS CREDITOS DESSA MATERIAS É DO SITE LARAZABRASIL.COM...O MAIOR SITE Q CONHEÇO SOBRE A CULTURA DO RAP LATINO..

Por: Anderson Lima - Féta

Introdução:
Essa treta é velha... Nos anos 60, mexicanos das grandes

cidades da Califórnia (tipo L.A., San Diego, etc),
começaram a se revoltar por causa das discriminações

sofridas, e as dificuldades do dia-a-dia levou a muitos a
entrar no mundo do crime, e conseqüentemente isso
trouxe mais violência para a população excluída.
A medida que os "negócios" foram crescendo, lá pros 70,

eles criaram uma facção chamada“LA M” (La Mafia Mexicana), e
começaram a colar pro Norte. Só que lá no Norte os
mexicanos viviam de plantações (pois lá era + vales)
então começaram a tretar com os que vinham do sul da Califórnia.


Dai os caras do Norte também criaram uma facção chamada
“Nuestra Família”
. E começou essa treta de mexicanos vs.mexicanos...
Pra representar “La M”, os do sul começaram a usar o n.º 13,
porque M é a 13ª letra do alfabeto e os do norte adotaram o 14
(porque N de “Nuetra” Familia é a 14ª letra).

Os anos passaram, e o bagulho tinha virado organizações locas.
As cadeias cheias de chicanos das duas bancas. Como o foco da M
ficava no Sul e da N no norte, os chicanos presos que eram do Sul,
mesmo que não fizessem parte da facção, ficavam com os da
“M” (Máfia Mexicana), e os do norte a mesma coisa, ficavam com os da
N (Nuestra Familia.

Então uma vez houve que o governo ao distribuir as roupas dos
presidiários, também distribuiu bandanas e só tinha duas
cores - vermelho e azul - os dos sul, chamados sureños,
cataram bandanas azuis e os do norte, chamados
norteños cataram o vermelho.

Dai os caras ao saírem da cadeia, passaram isso pra ruas:
Levaram pro Norte o vermelho e o n.º 14, e os do Sul
levaram o azul e o n.º13.





Passaram os anos e bagulho espalhou.
Daí surgiu as gangues SUREÑOS (que usam azul e 13) e
NORTEÑOS (que usam vermelho e 14)

o bagulho agora é à parte, não precisa
necessariamente mais ter a ver com “LA M” ou com a “Nuestra Família”.




Esses bagulhos continuam existindo, mas é pra controlar
tráfico, essas coisas. Já os Sureños e Norteños virou um bagulho
tipo cultura dos chicanos gangstas de lá.
A maioria dos chicanos do sul são sureños e do norte norteños,
mas não quer dizer que todos chicanos são,
muitos preferem ser neutros nessa treta.

Essa introdução foi realizada pelo
ESE Santiago Madruga
, na comunidade que eu modero no
Orkut, a Chicano Rap e Rap Latino.
Ele resumiu como ninguém a treta entre essas duas facções das ruas.

Link do profile do mano:
http://www.orkut.com/Profile.aspx?uid=9734443737766603389


Sureños

Ficha Criminal:
Raça: Americanos hispânicos (Chicanos)
Cores: Azul
Identificação: Roupa ou bandanas azuis,
O número 13, ou Sur tatuado no corpo,
Atividade criminosa: Sureños participam de Roubos,
Homicídios, tráfico de drogas e assaltos.

Os estados que os Norteños estão presentes:
Califórnia, Oregon, Washingtion, Nevada,
Texas, Idaho, Kansas, Arizona, Virginia,
Iowa, Missouri, Colorado, Illionois, Geórgia,
Flórida.

Perfil das Ruas:
Aliados: Bloods (em alguns casos entendem-se com os Bloods).
Complemento da informação:
Um sureño me informou que não existe aliança dos X3 com os
Bloods, nem com qualquer outra gangue afroamericana,
somente em alguns lugares alguns sureños tem uma certa amizade,
mas não podemos definir como sendo uma aliança,
ou mesmo uma regra geral.
Acho que é como acontece entre os torcedores organizados
aqui no Brasil, um Gavião pode ter amigos
Mancha, ou Independente (como eu tenho muitos), mas no geral,
o bicho pega e não existe amizade de forma alguma
entre esses torcedores (infelizmente).Como sempre
acontece, o que a gente
lê na internet não é o que condiz com a realidade das ruas,
eu apenas traduzi essas informações mas com o tempo
vou consertando o que for necessário.
Inimigos: Norteños, Crips, Bloods
(Dependendo da região, algumas facções
sureñas não se entendem com os Bloods. Apenas negócios…)

Situação na C.Y.A - California Youth Authority:
(não tenho certeza, mas seria uma espécie de
FEBEM deles.
Inimigos: Norteños e os Crips.

Perfil na prisão:
The Mexican Mafia
A Máfia Mexicana foi criada nos anos 50
por um grupo de membros de gangues de
Los Angeles que estavam presos no Duel Vocational Center.
Aliados: Aryan Brotherhood, Mexikanemi.
Inimigos: La Nuestra Família, Black Guerilla Family,
Black Street Gangs.

Definição:
O Sureños (espanhol para "Sulistas") é um grupo de centenas
de gangues chicanas de rua com origens no lado sul da Califórnia.
Eles são conectados com a quadrilha organizada
da prisão chamada Máfia Mexicana (Mexican Mafia).

O maior rival da Máfia Mexicana é a Nuestra Familia,
que da mesma forma, gerou uma gangue das ruas, o Norteños.

O Sureños foi a primeira gangue da Califórnia a fazer
uso de cores de gangue para distingui-los de outras gangues.

O sistema carcerário do Estado da Califórnia forneceu
bandanas para presos em uma cor normal para todos: Azul.
Os presos chicanos do lado sul da Califórnia selecionaram
“ou reivindicaram” os lenços azuis para identificá-los.






Os Sureños se identificam com a cor azul e às vezes cinza,
por causa do “Los Angeles Dodgers
(o time de beisebol da sua quebrada), e também os panos dos
Dallas Cowboys”.

O número da gangue é o treze, usando números árabes ou
romanos,Ou uma combinação de ambos: 13, XIII, ou X3
(X = 10 no romano + 3 formando o 13)
e outros meios criativos de simbolismo.

Este 13 significa a 13° letra do alfabeto, a letra M,
querendo dizer "La Eme" ou "O M";
da Máfia Mexicana (Mexican Máfia).
Os números também são incorporados nas tatuagens,
como Tres Puntos (espanhol para "Três pontos")
ou X3 para o número 13 .

Um significado adicional: dos Los Angeles Dodgers
correspondendo para as letras do alfabeto: L (12) + A (1) = 13.

Maior inimigo:

Os Norteños, que são rivais dos Sureños,
identificam-se com o número quatorze, representando a letra N, a 14°
letra do alfabeto.
Os Norteños são odiados pelos Sureños devido
a sua resistência desde o inicio das divisões entre
os chicanos do sul e do norte da Califórnia nos presídios.
Os Norteños tem por anos mostrados grande resistência em relação a
Máfia Mexicana ou o “M”.
Eles não pagavam os seus “impostos”, não mostravam
nenhum respeito, e os Norteños perceberam que eram
independentes.
Este é um dos motivos porque existe tanta hostilidade
entre o Sureños e o Norteños.


Sureños

Uma consideração final:
Não seja enganado pelas cores azuis: Crips e Sureños
não têm nada a ver um com o outro.

Como já disse aqui, Sureño quer dizer Sulista em espanhol.
Quando você estiver lidando com Gangues Mexicanas-Americanas
(Chicanas),
Sureños se referem a gangues hispânicas do lado Sul da Califórnia.

Também se refere a aquelas gangues que copiaram
o estilo de Sureño fora do Sul da califa. Ou são parte do
"Movimento Sureño". Estas gangues diferem em tamanho,
tradição e sofisticação. No Sul da califa, a estrutura das
quadrilha é muito “solta”, o modelo é mais horizontal,
não é vertical, ou seja, não existem chefões, grandes lideres,
mas existem veteranos que têm influência dentro de sua gangue,
o que não o definem como lideres.







A maioria de Sureños ainda não são membros da

Máfia Mexicana (eMe), mesmo assim utilizam o “13”,
para a 13° letra "M", depois do nome, para ganhar respeito.
Nem todo sureños são soldados de “correria” para A Máfia Mexicana,
é mais um grupo, que o EME recrutará os melhores.

18th Street, Mara Salvatrucha 13, Florencia 13,
38th Street, e centenas de outras quadrilhas
que originam ou se expandiram no sul da Califórnia,
se autodenominam como Sureños.

Ai existe um problema. Como a MS-13
por exemplo. Alguns dizem que são sureños apenas
pelo fato de sua origem ser no sul da Califórnia, e
por coincidentemente sua cor ser o azul
(mesma cor da bandeira de El Salvador),
e a MS-13 se aproveita desse fato pra se
dizer sureña, mas os próprios sureños
não aceitam isso, MS-13 nada tem a ver com os sureños.

Estas quadrilhas freqüentemente se estabilizam em
cidades pequenas em todo os Estados Unidos e entram
em guerra com outras gangues para o controle do trafico de drogas.
A execução de lei nestas cidades pequenas freqüentemente não
reconhece estas quadrilhas como Sureños.

Fora do sul da califa, os Sureños podem vestir
azul para significar um grupo unificado especialmente em festas ou enterros.
Sureños de gangues diferentes e às vezes opostos em Los Angeles
pode reunir-se em outras partes do país..

Dentro do “California Department of Corrections”, e no “
L.A. County Jails”, e nas ruas eles estão freqüentemente
em guerra com gangues Afro-Americanas.


Norteños

Ficha Criminal:
Raça: Americanos hispânicos
Cores: Vermelho
Identificação: Roupa ou bandanas vermelhos, o número 14,
Letra N ou Norte tatuado pelo corpo.
Atividade criminosa: Norteños participam de Roubo,
Homicídio, trafico de drogas e assaltos.

Os estados que os Norteños estão presentes:
Califórnia, Oregon, Washingtion, Nevada, Texas, Idaho,
Kansas, Arizona, South, Dakota,Colorado, Illionois,
Geórgia, Flórida.

Perfil nas Ruas:
Aliados: Gangues com maioria negra, geralmente os Crips.
Inimigos: Sureños, Bull Dogs F-14.

Situação na C.Y.A - California Youth Authority:
Aliados: Crips.
Inimigos: Bulldogs F-14 e os Sureños

Situação nos presídios:
La Nuestra Familia and The Northern Structure
(La Nuestra Familia e A Estrutura do Norte, ou Estrutura Nortista)

La Nuestra Familia era estabelecida na Prisão de Soledad no início dos anos 60.
Era formada para proteger o
Latinos do Norte e do centro da Califórnia.
Norteños encarcerados no Texas juntaram-se a facção de Norteño
de Raza Unida,

Aliados: Black Guerilla Family
Inimigos: Mexican Mafia “La EME”, Aryan Brotherhood,
Texas Syndicate,Bulldogs F-14

Definição:
Os Norteños (espanhol para "nortistas")
é uma coalizão de gangues chicanas dos Estados Unidos, com bases no
Norte da Califórnia.
Tem suas origens no presídio, com a organização
criminosa conhecida como Nuestra Familia (Nossa Família),
Um membro destas quadrilhas
é um norteño (homem) ou norteña (mulher).

Os americanos-mexicanos (chicanos: norte-americanos que
são descendentes de mexicanos) que não são membros
de gangue, mas sentem uma afiliação cultural forte
com outros no norte da Califórnia, pode também
se chamar de norteños/norteñas ou simplesmente
"nortistas", mesmo não fazendo parte da gangue.

Os rivais tradicionais do Norteños são o Sureños
("sulistas"). A linha divisória entre Norteños e Sureños
tem sido tradicionalmente a cidade de
Bakersfield, no Estado da Califórnia.

História
No final dos anos 60, chicanos presos no sistema
carcerário da Califórnia começaram a se separar em
dois grupos rivais: Norteños (nortistas) e Sureños (sulistas),
de acordo com os locais de suas cidades de origem.
A linha do Norte-Sul estava próximo da cidade de Bakersfield.

A grande motivação para a divisão era o desejo do Norteños
serem independentes da "La Eme" a.k.a. A Máfia Mexicana.

Como acontece com muitas outras gangues, os Norteños
começaram a traficar drogas e contrabandear,
e assim entraram em conflitos armados
com outras gangues e com polícia.

Para ingressar na gangue, um requisito
para ser aceito na “Nuestra Familia
era cometer pelo menos um assassinato a serviço
da gangue. Fotos abaixo de alguns caras da Nuestra Familia.



Norteños

Símbolos e cultura:
Os emblemas dos Norteños e as roupas são da cor vermelha.
Um típico equipamento norteño poderia incluir u
m cinto vermelho, sapatos vermelhos,
cadarços de sapato vermelhos e roupas
do time de Futebol Americano
San Francisco 49ers
, e a roupas da
equipe de esportes de Nebraska
(especialmente chapéus de beisebol com a letra "N"),
em vermelho, branco e preto.



O uso de vermelho por Norteños e azul por Sureños
tem sua origem nas bandanas usadanos presídios,
acessório normal de identificação nas prisões da
Califórnia, e que só estavamdisponíveis naquelas cores.
Em áreas onde o Norteños estão aliados com o Crips, o
uso de cores é menos direta porque o Crips usam a cor azul.

Muitos caras da gangue 18th Street aliaram-se
com Norteños em anos recentes.
Também membros da MS-13 passaram a utilizar o “MS-14”.

Seu número, às vezes usados em tatuagens e pichação,
é o 14 (às vezes escritos como "X4", ou em números romanos como "XIV"),
já que N é a décima quarta letra do alfabeto.
O Norteños às vezes tatuagem quatro pontos,
enquanto Sureños tatuam três pontos. “Norte
também é uma marca de pichação dos Norteños
comum. NX4 é uma marca recente.

Norteños também usam muito as imagens da cultura chicana entre os jovens,
como lowriders, sombreros, águias que simbolizam o
The United Farm Workers of America (UFW)
(União dos Operários de Fazenda).

Ao mesmo tempo que Norteños foi-se organizando
nas prisões e pedindo liberação da Máfia Mexicana,
o UFW e seu líder César Chavez era heróis de povo e
símbolos de liberação para muitos jovens chicanos,
inclusive alguns dos membros da gangue
encontraram Chavez enqunto ele estava preso.


Ofensas

Algumas ofensas usadas entre as duas gangues:

Sureños normalmente se referem tirando os seus
rivais gangsters Norteños como "busters" e "chapete"
(embora "buster" seja uma gíria que Norteños
costuma se referir a um membro da gangue Norteña,
os Sureños usa este termo zuando os caras).

Como vou explicar o que significa “Buster”?
Vou tentar: Em termos de gangues latinas da
Califórnia, os Sureños chamam um membro
da gangue Norteño de buster.
Esse buster é como os corintianos chamam
os palmeirenses de porcos, de forma ofensiva,
e os próprios palmeirenses se denominam porcos.
Pronto, acho que consegui explicar bem, hehehe

Chapete não tem um termo exato.
É uma ofensa aos Norteños, tipo falando que
eles são maricas, bicha, coisa parecida.





No norte da Califórnia, os Norteños chamam
os Sureños de "Scraps" e "Leva".

Leva” é uma gíria que os chicanos das ruas
utilizam para dizer que o cara é um traidor,
que ele decepcionou sua gangue, seus parceiros,
aliando-se a outra gangue.
Ou seja, Leva = TRAIRA!

"Scraps" ou "scrapa" quer dizer "leva e traz",
fofoqueiro. Consequentemente, pode se entender
que um scrapa é um bicha, ou marica, já que fofoca
é coisa de cara sem-vergonha, de maricão.

Outros termos e gírias usados nas ruas,
logo em breve nesse site.





É isso aê galera, tentei explicar aqui um pouco
sobre a história dessa treta entre Sureños e Norteños.

Desde já, acho isso uma tremenda bobagem,
chicano matando chicano, como da mesma forma
acho besteira a treta entre Bloods e Crips, e
trazendo para o mundo do nosso futebol,
acho uma GRANDE BESTEIRA essas tretas
de torcedores organizados, onde muitos de nós se matam
apenas por causa de um time de futebol, uma grande
guerra movida pela paixão aos clubes, cores e violência.

Se toda essa energia fosse canalizada em
mobilizações de protesto contra os abusos
do poder público dos governantes, se usássemos essa energia
e disposição em protesto contra a Máfia dos Sangue Sugas,
Máfia do Bingo, Mensalões e tanto outros escândalos que
vemos diariamente em nosso país, com certeza nosso
Brasil seria bem melhor.

Aqui, o povo continua se matando nas periferias das
grandes cidades, como acontece lá nos Estados Unidos.
Irmão matando irmão. É isso que o governo quer,
é isso que esse sistema hipócrita deseja, que o povo
continue burro e ignorante.

Conscientização irmãos! Conscientização!

O foco da periferia infelizmente
continua em caminho contrario ao que realmente deveria ser, seja aqui no Brasil, seja no México, nos Estados Unidos e
em todo mundo, infelizmente.

PAZ!

FONTE::LARAZABRASIL.COM

5 comentários:

  1. Рискованная идея, как долго ожидать публикации нового материала и вообщем стоит ожидать ?

    ResponderExcluir
  2. esses carçudo sao um bamdo de filho da puta quem comanda o mundo sao os rock n roll

    ResponderExcluir
  3. VOCÊ QUE E UM FILHA DA PUTA OS GANGSTA MANDA NESSA PORRA.

    ResponderExcluir
  4. Gangster Eockeiro Só Homosexual Norteños X4 Onwa & o Mundo Sabe
    Só Nois Chicos Locos!!!!

    ResponderExcluir