domingo, 15 de fevereiro de 2009

Dez anos sem Lamont "Big L" Coleman


O dia de hoje marca o décimo aniversário da morte de Lamont Coleman, apelidado Big L. O rapper nasceu no dia 30 de maio de 1974 no Harlem, onde cresceu e viveu até ser prematuramente assassinado em 15 de fevereiro de 1999.

Big L começou a despontar em 1993, quando assinou com a Columbia e lançou uma das mais sinistras faixas do hip-hop underground, Devil's Son.



A música foi banida das rádios rapidamente devido a trechos violentos como "Eu dou coronhada no padre todo domingo." Com letras hardcore feitas para os fãs e não para as rádios, Big L se estabeleceu rapidamente como um dos reis do underground.

Em 1995, ainda com a Columbia, o rapper lança seu álbum de estréia, Lifestylez Ov Da Poor & Dangerous. O álbum foi uma verdadeira obra prima lírica, um sucesso underground que ganhou 4mics da revista The Souce embora tenha sido ignorado comercialmente. O trabalho contou com participações de rappers conhecidos de hoje em dia como Jay-Z e Cam'ron. Depois que o álbum foi lançado, L foi mandado embora da Columbia.

Mesmo após ser desligado da Columbia, L continuou a crescer no jogo do rap. Ele, AG, Buckwild, Lord Finess, Fat Joe, OC e Diamond formaram o grupo D.I.T.C. (Diggin' In The Crates). O grupo começou a lançar uma série de mixtapes e Big L começou a exibir sua capacidade lírica em um outro nível. Shows no Japão e em Amsterdã provaram que Big L e o D.I.T.C. eram mundiais e estavam prontos para estourar. A esta altura, Big L estava prestes a gravar seu melhor trabalho. Ele entrou em estúdio e gravou Ebonics. A faixa estourou nas ruas, fazendo com que as pessoas começassem a abrir os olhos para seu talento.

Infelizmente, seu sucesso durou pouco. Em 15 de fevereiro de 1999, Big L foi assassinado com sete tiros na cabeça e no peito.

Em Agosto de 2000, o álbum póstumo The Big Picture foi lançado. O trabalho, que contou com participações de Guru, D.I.T.C., Big Daddy Kane e Kool G. Rap, teve uma vendagem bem mais expressiva que seu álbum de estréia, chegando a ganhar certificação de ouro.






Fonte:Central do Rap


.:: Biografia do Big L ::.


Nenhum comentário:

Postar um comentário