quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

A professora Marília fica impressiona com a humildade da Rihanna quando ficou hospedada em sua casa




Enquanto fãs fazem de tudo para chegar perto de Rihanna, a professora Marília Raimundo, de 28 anos, só precisou de um pouco de sorte e de um ato de gentileza. Foi na casa dela que a cantora ficou hospedada durante a sessão de fotos que a artista realizou nesta segunda-feira, em Angra dos Reis, na Costa Verde, para uma importante revista de moda. A equipe de produção precisou de um local para acomodar a diva pop durante o trabalho e buscou a ajuda de Marília.
Fã da cantora, ela não sabia para quem estava emprestando a casa onde mora com os pais, a avó, o irmão, a cunhada e a filha de 2 anos, quando decidiu disponibilizar gratuitamente seu humilde imóvel, de cinco cômodos e de frente para a praia. "Eu sabia que estava acontecendo um ensaio com alguma modelo importante ali, mas jamais imaginei que fosse com a Rihanna", conta a fluminense.
Na casa de Marília, Rihanna permaneceu das 11h30 e 20h30. "Ela é muito simpática. Enquanto todos os membros da produção entravam na minha casa calçados, Rihanna fazia questão de tirar as sandálias e não quis sujar o meu tapete. Fiquei impressionada com a sua simplicidade e beleza", conta.
A hospitalidade da professora chamou a atenção da artista, e Rihanna fez questão de tirar uma foto com a fã. "Quando a vi na minha frente, sentada na minha sala, não acreditei. Logo pedi para tirar foto com ela, mas a produção não deixou. No fim, ela foi quem veio tirar foto comigo", lembra Marília.
Em conversa com a Retratos da Vida nesta terça-feira, Marília também contou que Rihanna passou boa parte do tempo animada, dançando e cantando em voz baixa pela casa. "Não cheguei a oferecer nada para ela comer, pois ela estava com uma cozinheira e uma grande equipe. Tudo que ela pedia, eles traziam para ela. Mas até nisso ela é simples. Rihanna só comeu batata frita e não bebia".
Segundo relatou a professora, Rihanna preferiu trocar de roupa no banheiro da casa e não teve estrelismos. "Ela andou livremente aqui em casa. Nos falamos pouco, através de um intérprete, porque eu não entendo a língua dela, mas ela me tratou muito bem. Sou ainda mais fã. Foi um dia mágico", festeja.

Fonte:Extra.Globo
Share this article

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2014 Noticiário Periférico • All Rights Reserved.
Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top