quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Projeto Preto lança seu primeiro clipe com aviso para a elite racista do rap


Munidos de informação e rimas bem construídas contra a industria racista e elitista e o Estado, Projeto Preto vem em "Assim que os Preto Faz" com bastante revolta, mostrando que o Hip Hop e sua cultura de raiz pertencem de fato à periferia negra e seu contexto militante não poderá ser apagado por quaisquer playboys que não conheçam sua história e que distorcem seu conteúdo em benefício próprio. 
"Assim que os Preto Faz", é o primeiro single do grupo e vem com a proposta de retomar o caráter revolucionário que o Rap nacional possui, lembrando da urgência das pautas abordadas, inclusive do genocídio à população negra e periférica, pauta essa que é totalmente invisibilizada pelos rappers brancos e de classes mais altas que ocupam o mainstream do cenário.


Ficha Técnica:



Artista: Projeto Preto

Música:  Assim que os preto faz

Composição: T.R, DenVin & D'Ogum
Produção, masterização e mixagem: PQNO (Adriano Santos)
Música gravada em: PQNO Studio (Diadema)

Videoclipe:
Produção, roteirização e direção:
DMNA (DecidimosMoverNossasAsas)



Informações sobre o Projeto Preto
Projeto Preto surge no dia 1 de Abril de 2016, formado por D'Ogum, DenVin e T.R que se conheceram anteriormente nas ruas de SP. Com o intuito mútuo de resgatar as raízes esquecidas e apagadas por esse processo racista e colonial da indústria fonográfica, foi através das rimas e além dos palcos que os 3 começaram a meter as caras na cena do RAP Nacional. Observando que quem detém o monopólio da informação e dos meios de produção dentro da cena da cena do RAP são majoritariamente homens cis, de classe média/alta e brancos, enquanto jovens negros são assassinados diariamente e mulheres negras tem seus corpos em posse do estado, o Projeto Preto se viu na responsabilidade de combater a herença eugenista que vem monopolizando a cena ganhando dinheiro em cima do sangue negro e da periferia, disseminando e reforçando comportamentos, atitudes e ideais opressivos numa cultura que nasceu e tem sua essencia firmada no combate a opressão.




"O apagamento da identidade negra e o embranquecimento cultural é um fenômeno cada vez mais forte e constante! o Projeto Preto vê urgência de retomar o que nos foi tirado e não vamos mais pedir, viemos pra tomar, queimar seus cafezais e cortar a cabeça do senhor do engenho, sem pudor nenhum", comenta D'Ogum, integrante do grupo.





read more...

O primeiro contato do Eduardo com o rap, foi porque num gravador roubado tinha um fita do Thaíde. Entenda a historia.


O escritor morador do capão redondo Ferréz, entrevistou o rapper do Grajaú Eduardo, para o seu canal no youtube de sua marca 1 da Sul. Já saiu duas partes, esta é a terceira ou C como esta no vídeo. (Assista parte A e parte B
Nessa parte, Eduardo conta como foi seu contato com o rap e o que isso causou na sua vida.



read more...

A nova marca do Emicida "LAB", tem estreia de gala, vai ter desfile no São Paulo Fashion Week

MARIANA MALTONI/ELLE/DIVULGAÇÃO
A Laboratório Fantasma fará sua estreia no próximo São Paulo Fashion Week, em outubro, com direção criativa do estilista João Pimenta.
A revista Elle Brasil, nas bancas a partir desta sexta-feira (30), traz entrevista com Fióti e Emicida sobre a nova empreitada, além de fotos de algumas das peças (veja fotos do ensaio para a publicação acima).
A Lab Fantasma começou como um selo/gravadora fundada em 2009 para profissionalizar e popularizar os artistas de hip hop e rap no Brasil. Alguns anos antes, já havia surgido a necessidade de criar camisetas que, vendidas nas banquinhas dos shows, ajudavam a impulsionar o negócio da música e expandir sua presença no meio. Hoje, as peças se tornaram marca registrada na cena do rap brasileiro e a Lab se tornou uma marca de moda com loja online e revendedores por todo o Brasil.
Após essa trajetória de sucesso, a Lab Fantasma sentiu a necessidade de uma evolução no seu estilo e modelo de negócio, mas sem perder a identidade e a conexão com o público que sempre a acompanhou.
Para isso, essa nova fase será marcada pela chegada de João Pimenta como diretor criativo da marca e o desejo de fazer uma moda inclusiva, democrática e que atenda todos os gostos e corpos. A grife que vai para o desfile será batizada de Lab, apelido que a empresa já tinha entre o público.
MARIANA MALTONI/ELLE/DIVULGAÇÃO

Sobre a coleção
A nova coleção trará modelagens e tecidos capazes de atender uma grade extensa de tamanhos, sem abrir mão de design, conforto e qualidade.
A coleção tem como inspiração a figura Yasuke, o samurai negro. O cenário que deu origem ao Inverno traz um moodboardpermeado pela improvável mistura do Oriente com a África, onde o samurai Yasuke une a força e vibração do povo negro, à determinação e espírito da luta dos samurais. A cartela de cores é sóbria com tons de preto, branco, cinza e acentos de vermelho. As peças trazem estampas de origamis e ideogramas japoneses, misturadas às clássicas frases das músicas do Emicida. Destaque para as blusas e moletons com amarrações estilo japonês e as calças e bermudas com elástico, zíper e muitos bolsos.
Os principais tecidos usados são malha, moletom e algodão, que renovam o conceito destreetwear. O desejo é criar moda democrática e inclusiva, que atenda todos os gostos e corpos, com uma extensa grade de numeração.
read more...

De La Soul & Estelle cantam acompanhado pela banda de rap "The Roots" no programa do Jimmy Fallon


read more...

DJ Quik lança a musica "Black Friday"


read more...

Video - The Weeknd ft. Daft Punk – Starboy


read more...

Favela Mafia, lança o seu primeiro videoclipe "Estilo Gangster"


Favela Mafia, lança o seu primeiro Video Clipe, nesta terça-feira, dia 27 de setembro 2016. 

Track essa que define o nome do seu segundo CD (Fisico e Digital)
denominado "Rede Gangsters, LP". Ao qual já esta disponível
para ouvir no Soundcloud e YouTube e também a venda desde dezembro de 2015.

são dez faixas que eleva a reflexão da pessoa que ouve e entende a correria dos músicos rappers
que está independente de grandes produções e gravadoras. Mas que fazem um excelente trabalho a nível profissional. 



O trabalho foi desenvolvido toda parte Lirica pelo Grupo Favela Mafia,
David Junior (Vocal), Fumaça (Vocal), Puruca (Vocal) e Ricardo Doido (Back Vocal).
Além de ser todo produzido pela Fraternidade Records (Santa Barbara D'Oeste - SP)
e leva a assinatura e originalidade intocavel dos beats do DJ & produtor Bredes M.3.G.4.,
de SBO-SP (Interior Paulista). O grupo segue desde 2013 fazendo alguns shows por toda região RMC-SP,
E também tem saido em algumas matérias apos seus ultimos lançamentos de disco e singles. 

Aqui você pode conferir o lançamentos do primeiro CD (Fisico e Digital) "A Vida Pelo Rap".
Disponivel também no Soundcloud e YouTube


O grupo em sí, encontra-se em Santa Barbara D'Oeste qual é região metrolitana de Campinas, São Paulo - Brasil.

Este novo trabalho e primeiro Video Clipe, 
Mostra a visão do cotidiano suburbano e dos relatos violento do dia-a-dia do cidadão,
Em forma uma de expressão e música com estilo Rap Gangster, junto do beat Boom Bap Classico Anos 90's do DJ Bredes M.3.G.4. (Fraternidade Records).
Favela Mafia, nos mostra a vida, morte e a convivência com a REALIDADE Brasileira!
Tendo a Direção e Roteiro por Leandro Daniel, produzindo as filmagens e edições junto da Daniel Produções.
O video clipe conta também com participação Artisticas de Rude Black, Diego Vitorino e a Modelo Vanessa Vasconcelos.

Confira o Single & letra:

Favela Mafia - Estilo Gangster (Prod. Bredes M.3.G.4.) [Fraternidade Records]



Lirica (Rap Genius):
read more...

Direto do ABC Paulista,o rapper Dondiego , divulgou sua faixa intitulada de "DIEGO"


Instrumental de Tory Lanez , nesse Free Verse (freestyle),Dondiego aborda varios temas de maneira versatil,que caminham entre linhas de ataque,ponto de vista sobre o 'game',critica politica,vida pessoal e até sobre onde vive.

read more...

Lançamento: TRAP baiano (Osahar) part. de Belchior


O artista baiano Osahar, disponibilizou dois singles do seu próximo e último álbum "Alma Sublime na Paz de Sião". Álbum que irá vim com um trap diferenciado com muito barulho e ao mesmo tempo mensagem, encerrando assim, a trilogia iniciada com o "Índigo EP" (2014) e pelo "INFLAMÁVEL" (2016). Um desses singles lançados aparece a voz do cantor Belchior, uma das inpirações pra esse novo trabalho, até na sua divulgação sem redes sociais. O álbum chegará em novembro e contará com diversas participações de peso e relevância no cenário musical.


Mene, Tequel e Parsim (Part. Belchior) [Áudio]



Vida Que Segue [Áudio]



SITE OFICIAL 
read more...

TRIO E QUARTETO DE CORDAS DO INSTITUTO BACCARELLI SE APRESENTAM NA VILA MADALENA EM OUTUBRO



Projeto “Baccarelli na Rua”, em parceria com o Catraca Livre, leva os grupos de câmara e o coral para o Armazém da Cidade até dezembro

Trio de Cordas do Instituto Baccarelli se apresentando na Vila Madalena


Em outubro, o projeto “Baccarelli na Rua”, do Instituto Baccarelli, em parceria com o Catraca Livre, iniciado em agosto, leva novos grupos musicais para a Vila Madalena. No dia 1º, o Trio de Cordas realiza apresentação gratuita no Armazém da Cidade.Já no dia 15 é a vez de o Quinteto de Sopros apresentar seu repertório. As apresentações acontecem sempre em sábados alternados, às 15h, e a programação segue até dezembro com diferentes formações da instituição de Heliópolis.
Sobre esta iniciativa, o “Baccarelli na Rua”, trata-se de uma nova experiência que traz o público e os músicos ao encontro da música popular e erudita em pontos de lazer da cidade, fazendo das ruas polos culturais. A ação levará os jovens do Instituto para as ruas da capital, ocupando um dos principais pontos de lazer da metrópole. No total, estão previstas dez apresentaçõesna região do Beco do Batman e no Armazém da Cidade.
Sobre a parceria, o idealizador e coordenador do Catraca Livre, Gilberto Dimenstein, revela que era uma ideia antiga: “Tenho uma extraordinária e imensa admiração pelo Instituto Baccarelli. Sempre estivemos muito próximos. Quando iniciou o projeto Parque da Vila, que fecha algumas ruas da Vila Madalena nos finais de semana, convidamos algumas vezes os grupos do Instituto para se apresentarem, e era sempre um sucesso. Então surgiu a ideia de tornar essas apresentações mais frequentes e montamos o projeto "Baccarelli na Rua". O Instituto já atua com inclusão social e cultural e, nesse contexto, nossa proposta é trabalhar agora a inclusão territorial, ocupando as ruas e chamando as pessoas para as apresentações gratuitas.”
Em dezembro, em clima natalino e marcando o encerramento do projeto, o coral e os alunos de instrumentos de cordas e sopros retomam o formato Flash Mob pela região conhecida como Beco do Batman e apresentam o repertório de Natal.
“A música de concerto é vista como algo muito distante do público, algo quase inacessível e para poucos, quando, na verdade, deveria ser justamente o oposto. A música é uma produção da sociedade e tem que estar em todos os lugares, nas ruas, nos metrôs, nas salas de concerto, nos teatros - deve ser acessível a qualquer pessoa. O projeto “Baccarelli na Rua” nasceu de uma conversa com o Dimenstein justamente nesse sentido, de tornar a música de concerto acessível para quem quiser. Em parceria com o Catraca Livre, vamos colocar essa experiência no Parque da Vila, um espaço que vem se tornando um importante polo cultural de São Paulo. Essas apresentações ampliam o trabalho de inclusão do Instituto para além da questão social e cultural, trazendo,também, a inclusão territorial”,afirma o diretor de Relações Institucionais do Instituto Baccarelli, Edmilson Venturelli.
Calendário das apresentações
1/10, às 15h: Trio de Cordas do Instituto Baccarelli
15/10, às 15h: Quinteto Sopros do Instituto Baccarelli
29/10, às 15h: Orquestra Sinfônica Heliópolis
12/11, às 15h: Quinteto de Metais do Instituto Baccarelli
26/11, às 15h: Trio de Cordas do Instituto Baccarelli
3 e 10/12, às 15h: encerramento do projeto com repertório natalino

SERVIÇO

Projeto Baccarelli na Rua
Local:Armazém da Cidade
Endereço: R. Medeiros de Albuquerque, 270 
Data: 1, 15 e 29 de outubro

Horário: às 15h
Ingressos: gratuito
Classificação etária: livre

Capacidade: 150 pessoas
Duração: 60 minutos


SOBRE O INSTITUTO BACCARELLI            
Em 1996, sensibilizado por um incêndio de grandes proporções em Heliópolis, o maestro Silvio Baccarelli prontificou-se a ensinar música para 36 crianças e jovens da comunidade, como forma de diminuir o sofrimento das famílias atingidas e contribuir para a autoestima e possibilidade de educação desses menores. Como o bairro da zona sul paulistana não dispunha de local apropriado para as atividades, o maestro cedeu o próprio imóvel, o Auditório Baccarelli (localizado na Vila Clementino), para dar início às aulas. Dos participantes desse estágio inicial, dois ex-integrantes do coral que o maestro regeu por várias décadas em São Paulo permaneceram à frente do Instituto: os irmãos Edmilson e Edilson Venturelli. Além da gestão executiva e da imagem institucional, eles foram os responsáveis pelo desenvolvimento  das diferentes atividades da entidade – como encontrar o atual regente da Orquestra Sinfônica Heliópolis, Isaac Karabtchevsky – e ampliar significativamente a dimensão da instituição de ensino. Hoje, 1.300 crianças e jovens são beneficiados pelos programas socioculturais, que abrangem 5 orquestras, 14 corais, 20 grupos de musicalização, 6 grupos de câmara e 2 cameratas.  Para a manutenção de suas atividades, o Instituto Baccarelli conta com os seguintes patrocinadores, distribuídos por categorias. Para a manutenção de suas atividades, o Instituto Baccarelli conta com os seguintes patrocinadores, distribuídos por categorias. Master: Petrobras; Ouro: BNDES, Vivo e Volkswagen; Prata: Banco Volkswagen e Grupo Segurador BB & Mapfre; Bronze: Bradesco,  Cielo, Instituto Votorantim, Magazine Luiza e Pernambucanas.

Informações Instituto Baccarelli

Endereço: Estrada das Lágrimas, 2.317 – Heliópolis, São Paulo/SP

Horário: de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 20h30; Sábados, das 8h30 às 15h30.
Contatos: (11) 3506-4646 ou pelo email comunicacao@institutobaccarelli.org.br
read more...
 
Copyright © 2014 Noticiário Periférico • All Rights Reserved.
Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top