sexta-feira, 18 de agosto de 2017

Clara Lima, destaque nacional em batalhas de MCs, lança “Transgressão”, primeiro EP


Com participações de Djonga e Fabrício FBC, Clara resgata o rap dos anos 90 e canta sobre criminalidade e a realidade das comunidades de Belo Horizonte em seu primeiro EP


Clara Lima | Foto: Bruno Filipi

Clara Lima, artista mineira reconhecida por seu sucesso entre as batalhas de MCs pelo Brasil – foi a primeira mulher a representar Minas Gerais no Duelo Nacional e na Batalha do Conhecimento, um dos principais do Rio de Janeiro, ambos em 2015; e foi ainda campeã do YO Music Brasília em 2016 - acaba de lançar seu EP de estreia, composto por seis músicas autorais, intitulado “Transgressão”, pelo selo Ceia.

Nas letras, Clara coloca, de maneira bastante explícita, as experiências pessoais e a realidade da comunidade Ribeiro de Abreu, onde mora. As letras revelam um resgate do rap feito nos anos 90; old school, representado por Racionais MCs, entre outros, ao lidar com temas periféricos, como criminalidade. A rapper vem utilizando a música para levantar uma bandeira contra a invisibilidade, ao mesmo tempo que usa disso como uma ferramenta para mudança social.

Para Clara, o “Transgressão” representa uma série de quebra de paradigmas e o início da realização de um sonho. “É difícil ser aceita neste meio por ser mulher. Nas batalhas MCs, por exemplo, os homens geralmente não aceitam a vitória de uma mulher. Este álbum, para mim, é o rompimento de vários padrões, tanto do rap, quanto da sociedade. Sou mulher, negra, lésbica, periférica e quero viver de música”, diz.

Djonga e Fabrício FBC, com quem ela mantém o Grupo DVTribo, fazem participações especiais. Clara divide o vocal com Djonga na faixa “Vida Luxo”, uma analogia à música “Vida Lixo”, do próprio rapper. Enquanto uma lida com o lado luxuoso e ostensivo da cultura gangster, a outra fala de caos e ausência de escolhas. Já “Selva”, música que é um diálogo entre Clara e os conselhos de sua consciência, é cantada por Fabrício FBC.

Na imagem da capa, Clara aparece sentada numa mesa diante de elementos que corrompem o ser humano, como armas, dinheiro e bebida. “São coisas que ao mesmo tempo que dão poder, transgredem a mente humana. É esse o conceito do EP”, explica.

OUÇA O EP DA CLARINHA <3 font="">


Todas as Faixas foram gravadas no Estúdio Plano Certo, em Belo Horizonte. Os beats ficaram por conta do CoyoteBeatz e Fernal, e a mixagem e masterizaçao foram feitas no Estúdio ProBeats pelo DJ Spaider.

Ficha Técnica
Vocal: Clara Lima
Participações: Djonga, em “Vida Luxo”, e Fabrício FBC, em “Selva”
Beats: CoyoteBeatz e Fernal
Mixagem e masterização: Estúdio ProBeats e DJ Spaider

Links
read more...

Cia. Os Crespos lança segunda edição da revista Legítima Defesa no Sesc Belenzinho com programação imperdível


A Cia. Os Crespos lança no dia 30 de agosto de 2017 no Sesc Belenzinho (Rua Padre Adelino, 1000 - Sala de espetáculos II - 3o andar), das 15h às 21h30, o segundo número da revista "Legítima Defesa - Uma Revista de Teatro Negro". O evento gratuito traz ao público intensa programação cultural que envolve mesa de debates sobre o percurso do Teatro Negro no Brasil, além de shows musicais com convidados, intervenção artística da Cia. Os Crespos e distribuição gratuita de exemplares. Os Crespos contam, novamente, com o apoio da Lei de Fomento para a Cidade de São Paulo e de recursos próprios para sua publicação física e virtual.

A Revista "Legítima Defesa - Uma Revista de Teatro Negro" é uma publicação da Cia Os Crespos. Nela são discutidos critérios estéticos e políticos do Teatro Negro , possibilitando a inscrição e historicização dos processos artísticos. Um dos grandes legados desta iniciativa é que ela poderá, futuramente, servir de base para pesquisas de estudantes de teatro e interessados em saber um pouco mais a respeito do teatro negro brasileiro. A revista aborda questões relevantes sobre a investigação e debates dos temas referentes à população negra e à representação do negro no Teatro Brasileiro. A importância desta publicação na contemporaneidade reside em seu conteúdo que possibilita maior difusão dos trabalhos realizados nessa vertente. O intuito dos Crespos é fomentar o intercâmbio de pesquisas que impulsionem a criação artística e a formação, tanto

de público como dos "fazedores" dessa arte. A revista Legítima Defesa, que surgiu como uma homenagem ao Movimento “Negritude” e à revista "La Légitime Défense", de Léopold Sedar Senhor e Aimé Césaire, teve seu primeiro número lançado no segundo semestre de 2014, através de fomento ao projeto "Dos Desmanches Aos Sonhos - poética em legítima Defesa" da Cia Os Crespos, com recursos da Lei de Fomento ao Teatro para a Cidade de São Paulo.

Nesse segundo número a revista junta em suas páginas mulheres e homens negros, que compreendem o teatro como uma ação política de discussão social e ferramenta redimensionadora de nossas existências. A publicação segue discutindo tradição religiosa no teatro, falando sobre legado, memória e ativismo, fazendo intercâmbio com o teatro caribenho, discutindo escolhas estéticas e tecendo crítica teatral de espetáculos atuais, apresentando os textos de peças de dramaturgos negros, além da discussão sobre a imagem do negro nas polêmicas sobre black face e personagem negra.

A revista será entregue gratuitamente no evento de lançamento, além de ser distribuída para bibliotecas e entidades de ensino de vários Estados do país, mas também estará disponível na internet no site da Cia, onde o público poderá ter acesso aos dois números da revista. "Estamos muito felizes com o apoio do Sesc para a realização do evento e esperamos que essa junção de artistas e este espaço de debate possam enriquecer e aquecer nossa arte, assim como colocar em pauta assuntos tão urgentes para o teatro Negro, principalmente em tempos de crise, no qual recursos e reconhecimento estão sendo cortados e negados.", explica Lucélia Sergio, dos Crespos.

Programação

Das 15h às 17h - mesa de debate - Memória e Ativismo - A história do Teatro Negro e a cena contemporânea.

A mesa propõe o aprofundamento dos temas discutidos na revista com relação ao percurso histórico e ao impacto social e artístico desse teatro durante sua existência, desde 1920. Abordando sua relação com o teatro tradicional e as estratégias de reconhecimento e inscrição artística. Expondo uma perspectiva histórica e contemporânea. Com a Cia Os Crespos e Leda Maria Martins.

Debatedor – Leda Maria Martins: Poeta, ensaísta, dramaturga e pesquisadora da cultura Negra brasileira. Professora na Faculdade de Letras da Universidade Federal de Minas Gerais UFMG. Suas principais obras são: O Moderno teatro de Qorpo Santo, 1991; A Cena em Sombras, 1995; Afrografias da memória: O Reinado do rosário no Jatobá, 1997 Debatedor - Lucelia Sergio (Os Crespos): Atriz, diretora, pesquisadora de estética negra e arte-educadora especializada em relações étnico-raciais. Co-fundadora da Cia Os Crespos e co-criadora da Revista Legítima Defesa.

Mediador: Sidney Santiago Kuanza (Os Crespos): ator, pesquisador de Teatro Negro e produtor. Co-fundador da Cia Os Crespos e do Coletivo Homens de Cor e, também, co-criador da Revista Llegítima Defesa.

19h - Intervenção Os Crespos com cenas de sua última montagem "Alguma Coisa a Ver com uma Missão", inspirado no célebre texto "A Missão" de Heiner Müller. O texto convida o espectador para acompanhar a viagem mística de uma auxiliar de enfermagem e uma gari pelo passado. Elas visitam alguns episódios de revoluções negras no Brasil e na América Latina.

19h30 - abertura do evento e pocket show Dani Nega e Craca

O músico e a MC levam aos palcos seu manifesto musical poético, político e dançante. Craca e Dani Nega fazem a fusão do rap, como palavra falada, com o eletrônico multicultural e experimental. O encaixe surpreendente aconteceu por razões musicais, mas também pelas convicções em comum, o clamor por justiça e anseio por transformações sociais. O som vem acompanhado por projeções de imagens, que cuidadosamente completam a narrativa de denúncias, reflexões e provocações. Craca é incorporado por Felipe Julián, músico, produtor musical e artista visual.

20h10 - apresentação do segundo número da Legítima Defesa e distribuição dos exemplares

20h45 - pocket show Vitor da Trindade e banda O artista está lançando seu primeiro disco solo, OSSÉ. Composto quase que integralmente, sobre a poesia de Solano Trindade, traz ritmos que refletem a experiência multi cultural do artista dentro da música. Cantor, compositor, percussionista e arte educador, Vitor atua há trinta e cinco anos profissionalmente na música brasileira.

21h30 - encerramento do evento

Serviço

Lançamento da revista "Legítima Defesa -

Uma Revista de Teatro Negro"

Quando: dia 30 de agosto, das 15h às 21h30

Onde: Sesc Belenzinho - Rua Padre Adelino, 1000 - 3o andar

Telefone para informações: 11 - 2076-9700

Grátis
read more...

DOUBLEXAPA$$ LANÇA A MÚSICA "BMW’92"


Doublexapa$$ lança novo single " BMW92 E36 " com seu estilo e  indentidade a dupla XITXCINCX & OITOSIX eleva o trappin do Sul do país cada vez mais. 
Sempre trazendo uma cara nova para seus trabalhos BMW92 vem numa atmosfera sonora muito interessante com delay's e reverb's diferenciando dentro do TRAP BR com suas letras sempre originais. 
A instrumental da música, fica por conta do beatmaker JXVENSAL direção e edição do clipe Young Leste Gang.


read more...

GODDAM lança o som "Tiger Wood Son"


Era final de 2016 e o homem por trás da máscara decide expor ao mundo seus versos e composições deixando para trás um passado de decepções com mercado musical. Questionando o fato da imagem ter mais valor que o conteúdo da obra na atualidade, encontra na máscara a representatividade dos que não tem face perante um mundo de valores visuais.

De dezembro de 2016 a maio deste ano foram realizados um EP com 4 músicas (GDDM), uma mixtape completa com 9 sons (Odisséia Mixtape), além de uma colaboração com o rapper DELATORVI (MG) na faixa “Fodido (Pela Foda)” e mais 4 faixas independentes totalizando 18 músicas feitas em 5 meses.

Responsável por todo processo criativo (desde produção até a arte visual), GODDAM é a tentativa de algo realmente diferente na cultura urbana, buscando incentivar o auto-desenvolvimento musical e humano.


Sobre o som TIGER WOOD SON.

A mais recente conexão entre GODDAM e o produtor Lil Cobain (FRE$HKILLMOB) acaba de explodir nos auto-falantes. TIGER WOOD SON é um som sobre o uso de entorpecentes no cotidiano, fazendo analogia com toda situação vivida pelo golfista Tiger Woods. É BANG nos fones com toda certeza.

Download/Stream:

Redes sociais:
read more...

quinta-feira, 17 de agosto de 2017

"MC Hemodiálise" é o novo single do projeto "Coligações Expressivas" Vol.4 do DJ Caique com part. do Inquérito


Hoje quinta-feira (17/8) sai o 11° Single da Coligações Expressivas 4, o mais novo projeto de DJ Caique. 

Intitulado como "MC HEMODIÁLISE", o som tem a participação de Renan Inquérito e conta com os Scratches Erick JayDJ que venceu o campeonato de DJ's mais prestigiado no mundo, o DMC World, e se tornou o primeiro brasileiro a conquistar essa premiação.


O single vem com vídeo clip que tem a direção de Diogo Zacarias (Cultiva Filmes) e Inquérito
Roteiro: Diogo Zacarias (Cultiva Filmes)
Direção de Fotografia: Augusto Spoto (Cultiva Filmes)
Produção e Direção de Arte: Fina Flor Criação e Curadoria
Produção Gráfica: Caroline de Avila
Carpintaria: Fábio Zambello 
Making Of e Still: Kamá Ribeiro

Já foram lançados 10° sons inéditos do álbum #CE4 + 1 bônus, o disco será lançado em breve.

Sobre Renan Inquérito:
Além de MC e compositor, Renan Inquérito é professor (mestre em geografia pela Unicamp e doutorando em geografia pela Unesp), e enxerga a arte como mais um caminho para a educação. 
Universidades, escolas, presídios e bibliotecas são territórios comuns quando se pensa em Inquérito. O rap invade salas de aula, ocupações de resistência, movimentos estudantis, festivais feitos em faculdades, eventos de chamamento para o vestibular, entre outros. Em 2015, o trecho de uma poesia do livro #PoucasPalavras (lançado pelo rapper em 2011) caiu no vestibular de um curso técnico da Unicamp, provando que a afinidade com a poesia e a literatura colocam o Inquérito em destaque no cenário do hip-hop brasileiro, justamente por dialogar e promover mudanças na vida da juventude.
 
SOBRE O PROJETO:
Coligações Expressivas surgiu em 2004, à partir da ideia do DJ Caique de reunir artistas da nova e velha escola do rap.
A 4° mixtape do projeto Coligações Expressivas  é o mais novo trabalho do Dj Caique, um dos melhores produtores musicais do Brasil. O projeto traz uma mistura única, fazendo diversos estilos se juntarem, muitas vezes em uma única.

DJ Caique nas Redes Sociais

read more...

Organismo Rap lançará clipe novo em breve


Após lançarem seu primeiro clipe, o grupo Organismo Rap anunciam que vem novo trabalho por ai.
Em fevereiro grupo lançou o Clipe da música “Raízes e Bons Frutos” gravado na Casa da Cultura da cidade de Uberlândia-Mg e na Loja Salt Store onde o prédio onde a loja fica é tombado pelo patrimônio histórico da cidade.

No dia 15 de setembro será lançado o segundo clipe. A música escolhida foi a “Madrugada” onde Luizinho Love conta a vida na madrugada das cidades grandes.


Musica: Madrugada
Album: Bem Vindo Ao Meu Ilustre Pensamento
Produção: Inteligência Artificial Produtora

read more...

6TO Sentido lança single em comemoração ao aniversário de Pepew.



O grupo de RAP Curitibano 6TO Sentido lançou na ultima Quarta Feira 16/08 a música Emérito em comemoração ao aniversário de 18 anos do Pepew, MC integrante do grupo.
A música foi gravada no Estúdio SS Records 041, produzida, mixada e masterizada por Pedrínn, outro MC e produtor do grupo.

read more...

O rapper angolano Intelektu lança o clipe "Eleições em Africa"

read more...

A cantora Mary Luz lança o teaser do clipe “Martírio”


A cantora de música popular brasileira, natural do Grajaú Zona Sul, Mary Luz anunciou em suas redes sociais o teaser do clipe “Martírio”, o seu próximo vídeo clipe do EP Velejando no Afeto.

O vídeo clipe ainda não tem uma data de lançamento, mas deve sair muito em breve. 
O site Noticiário Periférico esta muito ansioso por esse lançamento, que ainda não conhece a cantora, fica a dica, clique 






Facebook: Mary Luz @velejandonoafeto 
Instagram: @maryluzoficial
read more...

quarta-feira, 16 de agosto de 2017

Cia. Os Crespos lança segunda edição da revista Legítima Defesa no Sesc Belenzinho com programação imperdível


A Cia. Os Crespos lança no dia 30 de agosto de 2017 no Sesc Belenzinho (Rua Padre Adelino, 1000 - Sala de espetáculos II - 3º andar), das 15h às 21h30, o segundo número da revista "Legítima Defesa - Uma Revista de Teatro Negro". O evento GRATUITO, traz ao público intensa programação cultural que envolve mesa de debates sobre o percurso do Teatro Negro no Brasil, além de shows musicais com convidados, intervenção artística da Cia. Os Crespos e distribuição gratuita de exemplares. Os Crespos contam, novamente, com o apoio da Lei de Fomento para a Cidade de São Paulo e de recursos próprios para sua publicação física e virtual.

A Revista "Legítima Defesa - Uma Revista de Teatro Negro" é uma publicação da Cia Os Crespos. Nela são discutidos critérios estéticos e políticos do Teatro Negro , possibilitando a inscrição e historicização dos processos artísticos. Um dos grandes legados desta iniciativa é que ela poderá, futuramente, servir de base para pesquisas de estudantes de teatro e interessados em saber um pouco mais a respeito do teatro negro brasileiro.

A revista aborda questões relevantes sobre a investigação e debates dos temas referentes à população negra e à representação do negro no Teatro Brasileiro. A importância desta publicação na contemporaneidade reside em seu conteúdo que possibilita maior difusão dos trabalhos realizados nessa vertente. O intuito dos Crespos é fomentar o intercâmbio de pesquisas que impulsionem a criação artística e a formação, tanto de público como dos "fazedores" dessa arte. A revista Legítima Defesa, que surgiu como uma homenagem ao Movimento “Negritude” e à revista "La Légitime Défense", de Léopold Sedar Senhor e Aimé Césaire, teve seu primeiro número lançado no segundo semestre de 2014, através de fomento
read more...

Em homenagem ao nascimento do seu filho Malcolm, Du Efex lança o single “Proteção”.


“Proteção” é o terceiro single do álbum “Du Barraco Pá Espaiá” do rapper Du Efex, a faixa chega em um momento sublime de sua vida, a canção, que faz parte do disco que será lançado no inicio de 2018 vem para celebrar o nascimento de seu filho Malcolm .

“A chegada do meu segundo filho mudou diretamente minha construção como artista e pessoa. Estou podendo vivenciar a criação de perto e o maior instinto neste momento é o de proteção. Costumo escrever sobre minhas experiências como um homem negro, periférico e que vê diariamente as mazelas do sistema. A maioria das minhas músicas segue esta linha e era bem provável que continuasse assim. Com o nascimento do Malcolm um mundo novo se abriu e esta música é só inicio do que vem por ai. No álbum que eu vou lançar vocês irão ouvir um Du Efex bem critico, mas também irão ouvir um artista mais sensível e otimista com o futuro”, diz Du Efex
A música foi produzida pelo talentoso “Sem grana” que trouxe um toque clássico de boom bap/jazz ao som. “Proteção” traz uma reflexão sobre amor, respeito, cuidado, fé e mostra um Du Efex mais maduro e consciente de seu papel como pai e rapper.

OUÇA:


FICHA TÉCNICA:
Música: Proteção
Letra e Interpretação: Du Efex
Refrão: LuizPreto
Beat: Sem Grana
Rec, Mix e Master: Kafofu Records

read more...

O angolano Mhauru Khorreia lança o "Projecto SNDNDN"



Mhauru Khorreia, 24 anos de idade, nascido em Angola (Benguela-Lobito), 
actualmente a residir no Lobito bairro da Boa-Vista (Bairro Novo).
É apaixonado por Música (nos seus mais variados estilos) & Make Some Noise, 
o que levou-lhe a tornar-se num Beat Maker (a +zo- 4 anos).
Com muito ainda por aprender e contribuir, decidiu dar o 1º grande passo com 
o lançamento deste projecto de beats (PROJECTO SNDNDN).


read more...

Pete Mcee declama uma Carta de Amor ao Rap em novo videoclipe.


Mais uma vez romântico, Pete Mcee, desta vez, se declara ao RAP.
Em “Carta de Amor ao Rap“, Pete Mcee retrata algumas fases que enfrentou que foram afetadas -positivamente- pela influência da música em sua vida.
O videoclipe, num formato “Street Video“, foi produzido por Patrick Bombassaro que com maestria dominou bem a arte de tornar o simples em belo.
A produção sonora, desde captação, até mixagem e masterização do som foram realizadas por Rafael Skraba, CEO do Estúdio 172.
Pete continua sem poupar o sentimento em suas linhas, e segue tocando manos e minas que se identificam com as suas letras.

Para conhecer mais clique aqui.

read more...

"Desfecho de criminoso" é primeiro clipe do trio sorocabano Preferencial Mc's

Membros: Balta, Mr2 e Brunão (esquerda pra direita)

Os jovens, oriundos de Sorocaba formaram o grupo em 2016 e estão trabalhando seu primeiro disco que irá fixar a imagem do grupo. O primeiro vídeo clipe lançado é da música ''Desfecho de Criminoso'' na qual relata a realidade das periferias que enfrentam constantemente o mundo do crime.

read more...

Transitando entre a Africa e o Brasil, o rapper Camaronês Guslarime lança o álbum "I Get Money"


Nascido em Camarões, Guslarime está ativo no cenário rap desde 2004 escrevendo músicas com o objetivo de relatar sobre a sua vida e falar sobre tudo aquilo que pensa e observa no mundo ao seu redor. Começando sua carreira em seu país natal, o rapper já viveu no Congo, em Angola e agora no Brasil espalhando sua arte pelo mundo e estudando a fundo a produção de rap de cada país
Dando sequência ao “Dans Mom Bled” lançado em 2015, Guslarime lança agora em 2017 o segundo álbum de sua carreira: “I Get The Money”. Em 10 faixas com batidas que passeiam do Gangsta até o Afro-Pop, o rapper fala sobre sua realidade social e política apontando para a corrupção dos governos africanos e brasileiro, pregando o amor entre as pessoas e o fim das guerras. 

O álbum também traz o hit “Femme Africaine”, com participação de Ali de Porto, que em Maio deste ano já alcançou a marca de 650 mil visualizações; além de nomes de peso como Issa Paz, Sara Donato e JDR (do grupo Fuzão Perfeita) que compõe a faixa "Quem Roubou (Medine Proteste Song)"

OUÇA:

read more...
 
Copyright © 2014 Noticiário Periférico • All Rights Reserved.
Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top