sábado, 23 de setembro de 2017

Hebreu Indica #10 - Apimentando seu rap com: Dub, Afrobeat, Jazz, Rock Negro e Samba. Este é Oquadro, conheça!


Demorou, mas estou de volta com o quadro "Hebreu Indica"
Como esta claro no nome do quadro, eu Anderson vulgo Hebreu, indico um grupo ou Mc que eu gosto, para que mais pessoas conheçam e quem sabe goste.

O grupo de hoje vem da Bahia que tanto amo!



O grupo Oquadro, conheci por acaso a uns 2 ou 3 anos atras. 
Gosto sempre de ouvir coisas novas, e navegando por um site famoso por ter vários álbuns de rap brasileiro, me deparo uma das melhores capas de rap, que eu havia visto, que é a do álbum "Oquadro" lançado em 2012.
A capa deste álbum, tem a imagem de um homem preto de cabelo branco, que é a representação descrita em Apocalipse de Jesus Cristo.
Isto me motivou a baixar o álbum destes baianos zica!!

O diferencial do grupo é ser rap sem perder a "brasilidade", eles aproveitam e utilizam muito bem outros tipos de musica negra.
Mesmo que eles misturam rock ou Jazz que não são musica brasileira sem seus sons, a musicalidade fica com a cara do Brasil. Sou fã destes caras.


Recentemente, mas recentemente mesmo, o grupo lançou o single "Muita Onda" com participação do Emicida. (você vai vê-lo mais abaixo) E uma fonte quente já me disse que vem álbum novo.


Capa do álbum "Oquadro" lançado em 2012 

O grupo baiano Oquadro literalmente é uma banda de rap, eles buscam inovações estéticas a partir do diálogo com outros estilos musicais e movimentos culturais. Apesar das composições do grupo ser de rap, eles oscilam entre outros ritmos musicais como: Dub, Afrobeat, flertam com Jazz, Rock Negro e Samba. Mesmo com toda esta mistura eles não deixam de ser rap.


Clipe oficial da musica "Evoluem" (Bem aventurado)
"Bem aventurado os que não morrem estagnados, bem dito sejam os que evoluem"


Ouça o álbum "Oquadro" lançado em 2012.



O álbum conta com participações especiais de: Guilherme Arantes - tocando seus teclados e interagindo com a banda durante sua estada na Coaxo - da rapper paulistana Lurdez da Luz e do Mc Dimak ajudaram a abrilhantar ainda mais o trabalho. A capa do disco é assinada pelos conceituados artistas plásticos Izolag e Ananda Nahu. 


Manos e Minas recebeu a banda OQUADRO, diretamente de Ilhéus - BA. 



Show completo do OQuadro no projeto Conexões Sonoras, realizado no dia 21 de maio de 2017, na Concha Acústica do Teatro Castro Alves, em Salvador. Imagens da TVE Bahia!





Recentemente, mas recentemente mesmo, o grupo lançou o single "Muita Onda" com participação do Emicida.

O clipe e a musica foram gravados no estúdio Casa das Máquinas, em Salvador pelo Conexões Sonoras. 







Sobre o grupo:

OQuadro é uma das bandas, na Bahia, que representa essa tendência do Hip Hop, intitulada Nova Escola (New School), que busca inovações estéticas a partir do diálogo com outros estilos musicais e movimentos culturais. Ou seja, as composições do grupo oscilam entre a bravura e a brandura, o local e o universal, vão do ijexá ao afrobeat, sem deixar, por isso, de ser Rap.
Por esse diferencial e pela riqueza de referências em suas letras, OQuadro carrega o mérito histórico de ter sido:
-a primeira banda de Hip Hop a se apresentar no Teatro Castro Alves em Salvador (2008), através do projeto Segundas Musicais da FUNCEB – Fundação Cultural do Estado da Bahia;
-indicado ao prêmio Hutuz (maior festival de Hip Hop da América Latina), concorrendo na categoria melhor banda norte/nordeste 2008;
-a banda de abertura da VI Bienal de cultura da UNE, em Salvador (Janeiro de 2009), juntamente com o Cordel do fogo encantado;
-selecionado para participar dos Trios Independentes da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (2009), no projeto BahiaS.S – Sound System, primeiro trio pautado nesse conceito de origem jamaicana a se apresentar no carnaval de Salvador.
-selecionado no edital de circulação de música da FUNCEB – Fundação Cultural do Estado da Bahia, com o projeto “O Quadro em 3”, por meio do qual produziram o documentário: “Na fé, e no flow”, sobre o Hip Hop e a diversidade da cultura na Bahia.
-citado em um dos mais importantes cadernos culturais do Brasil, a revista Bravo! na matéria “Os Novíssimos Baianos” (2010) que fala do cenário atual da música baiana.
-a banda cabeça do festival Bahia Sound System (2011), Conexão vivo, convidando Lucas Santtana, Bnegão, Lurdez da Luz e Buguinha dub no mesmo palcco.
-selecionado para participar do projeto “Conexão Vivo na Sala do Coro” no TCA, ocasião em que foi produzido um DVD exibido nacionalmente e na TVE Bahia. (2011)
-convidado a abrir o projeto “Conexão Vivo na Sala do Coro” (2012) na concha acústica do TCA, juntamente com Lucas Santtana e Moraes Moreira.
read more...

sexta-feira, 22 de setembro de 2017

O grupo baiano Oquadro lança o clipe "Muita onda" com participação do Emicida


"Muita Onda" é o mais novo clipe do grupo baiano Oquadro, que conta com a participação do paulistano Emicida. O clipe foi gravado em maio de 2017 no estúdio Casas das Maquinas, em Salvador pelo Conexões Sonoras.
A musica foi produzido por: OQuadro, Rafa Dias e Ricô Bass.
A composição e vocais ficaram por conta de: Freeza, Jef e Emicida.
O arranjo por: Ricô Bass.

Assista:



Ficha técnica:
Vocais de apoio por Nego Freeza, Jef Rodrigues, Emicida, Ricô Bass, Vic Santana, Jahgga, Rodrigo Dalua, Rafa Dias e Raoni Knalha.
Instrumental por Ricô Bass (Baixo e Synth), Vic Santana (Bateria), Jahgga (Percussão), Rodrigo Dalua (Guitarra), Tadeu Mascarenhas (Synth e Teclados), Rafa Dias (Programações), Vinicius Mangaio (Sampler) e DJ Gug (Scratch).
Vídeo por Flipo. Direção Felippe Thomaz Produção Marcia Espíndola Imagens Felippe Thomaz, Márcia Espíndola e Rafael Ramos Edição e Finalização Thiago Brandão Designer Tauan Conceição
Realização RUFFO.
read more...

Livrografia - Amor Banto em Terras Brasileiras (Israel Neto)


O escritor Israel Neto (Mano Réu) fala do seu primeiro Livro "Amor Banto em Terras Brasileiras", um romance que começa em África, passa pela escravidão e que leva "Uana e Mukongo", personagens principais do enredo, a terra sagrada de Palmares, numa aventura repleta de amor, reviravoltas, revoltas e ancestralidade.
O Livro também pretende evidenciar elementos da cultura Banto, como lendas, costumes, ritos, e principalmente o Kimbundu, um dos Idiomas falados em Angola. De Anexos o Livros traz um guia de pronuncia e Glossário, Referencias Bibliográficas e um caderno de atividades. Lançado em 2011, de forma independente o Livro é fruto do Projeto Escola da Africa e do trabalho com o Coletivo Literatura Suburbana.


read more...

O grupo Original Cerrado DUB, formando no Mato Grosso, lança seu primeiro EP.


Original Cerrado Dub (O.C.D. Sounds)

Formado pelo DJ seletor JeanMaica e pelas vozes de Andrew Fya e Luiz Góes, Original Cerrado Dub (O.C.D. Sounds) é um projeto musical que nasceu no cerrado matogressense no início de 2014, fruto da efervescência cultural de algumas movimentações da cena da música independente do interior do centro-oeste. Idealizado por JeanMaica, a proposta inicial de difundir algumas vertentes da música jamaicana (como reggae, dub, raggamuffin, dancehall) no estado logo somou força às produções dos trabalhos individuais de alguns artistas da cena local, fazendo surgir as primeiras parcerias que mais tarde formaram o “bonde” do O.C.D.. O peso das batidas e a levada das rimas cadenciadas caracterizam as enérgicas apresentações do grupo. Atualmente residindo em Florianópolis, SC, Original Cerrado Dub está lançando o primeiro EP do grupo - gravado, produzido, mixado e masterizado em parceria com o selo Zion Lab. São quatro canções inéditas e um interlúdio que retratam bem o inicio da caminhada do Original Cerrado (nesta sequência: Mantenho minha cabeça no Lugar, Não quero viver preso, Sabedoria e Resistência, Militante). As temáticas das composições abordam questões de contestações, lutas políticas e críticas sociais mescladas às mensagens de elevação da autoestima, busca por autoconhecimento, equilíbrio e paz interior. O público pode conferir esse trabalho apresentações pela Ilha e região sul do país. Original Cerrado Dub segue divulgando sua música “no compromisso com a mensagem real, bless fyah”.


OUÇA:




YouTube: /ocdsounds7 
Instagram: @originalcerradodub 
Facebook: Original Cerrado Dub (fanpage) 
Contato: ocdsounds7@gmail.com
read more...

O rapeer “Emi-se7e” se prepara para lançar seu primeiro EP



O rapeer “Emi-se7e” se prepara para lançar seu primeiro EP

Intitulado “Fita K7” esse é o resultado de anos de correria na cena local e de inúmeras experiências de vida e na arte segundo o próprio artista.
O (EP) conta com várias participações e é totalmente produzido na cidade de Blumenau, Santa Catarina onde o rapeer reside, além disso carrega em suas linhas e batidas uma mensagem de luta e um sentimento de auto confiança e ao mesmo tempo revela uma nova voz no cenário nacional.

MC além de produtor e videomaker, "M7" vivencia o Hip-Hop a mais de 15 anos dos quais alguns desses foram dedicados a organização de eventos, debates, estudos e produção de um vasto material cultural e artístico. Fundador do núcleo CTP - (Cativeiro Produções), e membro do "Lutar é Preciso" - (Movimento de Hip-Hop militante - Q.B) o rapper se destaca não só por sua habilidade nas rimas mas também pela postura politica e contestadora, já dividiu o palco com artistas como, Marechal, Sistema Negro, T$G, Kamikazes do Gueto, Gíria Vermelha, entre outros, além disso também já foi atração na "Virada Cultural" em São Paulo juntamente com com artistas de diversos cantos do Brasil em maio de 2017.






Links youtube -


read more...

MOTIM MOT x D'RAMA lança o clipe Intro "SalvatoreLucania'


Motim Mot D'RAMA chegam causando estragos com seus versos no single "Intro", a faixa representa o primeiro capitulo do projeto SalvatoreLucania, mixtape colaborativa entre Motim Mot & D'Rama com produções do beatmaker/produtor brasiliense Gu$tavera.

O projeto promete vir pesado, com participações pesadas, a intro da mixtape chega contando com um videoclipe dirigido por Bruno Picasso, tendo gravação via PE$O Studio e mixagem e masterização por Caos Beats.

read more...

Vazou a capa e a tracklist do novo álbum do Wu-Tang Clan


De acordo com o site Hip Hop Early, o novo álbum do Wu-Tang Clan, receberá o título de "The Saga Continues". 
Todo o álbum será produzido pelo Mathematics, enquanto as participações ficam a cargo de RZA, Redman, Raekwon, Killa Priest, Ghostface Killah, Method Man, Chris Rivers, Sean Price e outros. 
O álbum já  tem data de lançamento, e é em 13 de Outubro de 2017 .
Capa:



Tracklist: 
1. Wu-Tang the Saga Continues Intro (feat. RZA)
2. Lesson Learn’d (feat. Inspektah Deck, Redman)
3. Fast and Furious (feat. Hue Hef, Raekwon)
4. Famous Fighters (Skit)
5. If Time is Money (Fly Navigation) [feat. Method Man]
6. Frozen (feat. Method Man, Killa Priest, Chris Rivers)
7. Berto and the Fiend (Skit) [feat. Ghostface Killa]
8. Pearl Harbor (feat. Ghostface Killah, Method Man, RZA, Sean Price)
9. People Say (feat. Redman)
10. Family (Skit)
11. Why Why Why (feat. RZA, Swnkah)
12. G’d up (feat. Method Man, R-Mean, Mzee Jones)
13. If What You Say is True (feat. Streetlife)
14. Saga (Skit) [feat. RZA]
15. Hood Go Bang! (feat. Redman, Method Man)
16. My Only One (feat. Ghostface Killah, RZA, Cappadonna, Steven Latorre)
17. Message
18. The Saga Continues Outro (feat. RZA)




Fonte: http://news.hiphopearly.com/wu-tang-clan-unveils-saga-continues-album-cover-drop-new-song/
read more...

quinta-feira, 21 de setembro de 2017

Caio Moura se apresenta na Casa da Árvore


O cantor Caio Moura, uma das novas revelações da música popular brasileira, dono de um timbre poderoso e peculiar se prepara para lançar o seu primeiro disco intitulado “Coração Balança” com previsão de lançamento em dezembro de 2017.

Porém no dia 23/9 ás 19 horas, Caio Moura se apresenta na Casa da Árvore, localizada na Avenida Doutor Felipe Pinel, 305B a 200 metros do terminal de ônibus Pirituba e da estação trem da CPTM, a entrada é de apenas R$7,00.

O Noticiário Periférico recomenda, Caio Moura é música e amor.
read more...

Mary Luz lança o clipe da música Martírio


Dirigido por Edson Fell, “Martírio” é o segundo clipe de Mary Luz tirado do EP Velejando no Afeto, de 2015. Por meio de cenas aleatórias e cheias de texturas e filtros, o vídeo traz um olhar contemplativo para momentos sutis que passam despercebidos por muitas pessoas enquanto precisam lidar com desalentos cotidianos.
As gravações foram divididas em duas etapas: cenas internas e externas”, conta Mary. “Algumas cenas foram filmadas em São Paulo, mas a maioria foi em Salvador, no Rio Vermelho“, continua.
A partir de um conjunto de imagens foscas e aleatórias, em harmonia com a música, espero que o clipe proporcione as mais diferentes sensações e impressões nas pessoas, levando elas à uma possível ressignificação do que se tem como essencial na vida”, explica.
O clipe conta com o poema “Sob a Vida” da poetisa Adriane Goecking no ínicio do vídeo.
Confira “Martírio"
read more...

UMA CASA PARA RAFAEL BRAGA, AJUDE!!


A Campanha Pela Liberdade de Rafael Braga vem oficialmente lançar o financiamento coletivo que visa comprar uma casa digna para Rafael e sua família.
A ideia é deixar um legado para esta causa e para esta família, que já está cansada de sofrer com as inúmeras injustiças que recaem sobre Rafael, chegou a hora de melhorar um pouco essas condições de vida, até para que o Rafael tenha um bom lar no momento em que tiver sua liberdade decretada, já que no momento ele segue preso em regime domiciliar, mas apenas para tratar a sua tuberculose, ou seja, RAFAEL BRAGA AINDA NÃO É UM HOMEM LIVRE!
Precisamos da sua ajuda para dar uma casa para o Rafael e seus familiares, e você pode fazer parte disso, pois juntos somos mais fortes.


Campanha que visa a compra de uma casa para a família de Rafael Braga, preso injustamente desde as manifestações de 2013.

CONTRIBUA | DIVULGUE | COMPARTILHE| SÓ NÃO FIQUE PARADO.

read more...

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Crônica Mendes diversifica em seu novo álbum, "Aos que Caminham".


Segundo disco do rapper tem participações de MV Bill, Slim Rimografia e Adonai CVS

Aos que Caminham é força pra seguir e se permitir transformar. É neste clima que Crônica Mendes lança seu segundo disco solo nesta sexta-feira (22) em todas as plataformas digitais. O rapper, fruto da geração dos anos 90, chamado por alguns de anos dourados do rap nacional, diversifica sua lírica e ousa em ritmos nunca antes enfrentados por ele. Da rua, sobre amores, no reggae, com o peso e a contundência do rap, provocando reflexões e despertar. Cada uma das 17 faixas mostra um artista plural e livre para criar.

“Nenhum rap deve ter amarras, pelo contrário, ele deve ser livre, mas para ser livre, ele precisa saber por onde andou, onde anda, e reconhecer os perigos dos caminhos, se reconstruir a todo momento”, acredita.

O rap de Crônica, com seus 37 anos, amadureceu e saiu da zona de conforto, mas manteve as raízes. Transeunte, como ele diz. Que segue a caminhada e transita entre as gerações. Crônica se destaca com sua profundidade nas letras, sem rimas rasas, sem falsas questões. No palco, o espetáculo é garantido, pois é reconhecido por sua performance de palco e interpretação marcante. Nos shows, é acompanhado pelo Dj Buiu Silveira, pelo guitarrista Diego Silva e a baterista Letícia Canella.  

“Esse disco alimenta a minha caminhada, e toda caminhada nos transforma. Deixamos um pouco de nós para trás e absorvemos novas ideias, novas pegadas. Não há crescimento sem desapego a ideias velhas. Assim, me reconstruo. Amo meu rap, que é musical, politizado e profundo, mas não sou só isso”, defende.

O rapper carioca MV Bill participa na faixa produzida pelo Dj Caíque, intitulada Mediando Conflitos; Adonai CVS traz o peso do dub à faixa Daqui de Cima; Slim Rimografia e Crônica abordam a ideologia na música em O que da gente sobrou; o produtor e cantor Jhef misturou trap e crunk na música que ganhou um clipe abordando a diversidade de gênero, e a voz da Luiza Chao engrandece uma das produções mais belas do disco. Já os rappers Carlo Rappaz e Helibrown reforçam a rua no rap, o rap na rua com as faixas Leões e Rua 06. Além de outras participações.



O disco reúne diferentes produtores: Dj DR Jay, Dj Caíque, Dj Duh, Slim Rimografia, Jhef, Mario Amaru, Sergio Cotty, além do próprio Crônica e do guitarrista Diego Silva.

Track list:

01 - Com sua licença
02 – P.S. Obrigado por tudo
03 - A morte do Mickey
04 - Leões - com Carlo Rapaz
05 - Asas
06 - Sou meu próprio líder
07 - Ela é Castelo de Madeira, Eu sou Brinquedo Assassino - com Jhef
08 - Mediando conflitos - com MV Bill
09 - Aos que caminham
10 - Natália
11 – Princesa do Gueto – com Luiza Chao
12 - Ela é foda 
13 - Daqui de cima - com Adonai CVS
14 - Vão dizer que errei
15 - Eu sei quem são – com Paulo Saraiva
16 - O que dá gente sobrou - com Slim Rimografia

17 - Rua 06 - com Helibrown
read more...

O grupo baiano BaianaSystem, lança o clipe "Capim Guiné", com part. da angolana Titica e a baiana Margareth Menezes

Grupo baiano divulga o vídeo de Capim Guiné, música em parceria com a rainha do kuduro. Parceria poderá ser vista ao vivo no Rock in Rio nesta sexta-feira, 22


BaianaSystem e Titica no Red Bull Studio São Paulo. Crédito: Felipe GabrielRed Bull Content Pool
São Paulo, setembro de 2017 - O grupo BaianaSystem acaba de divulgar o vídeo de sua mais nova faixa, “Capim Guiné”. A música foi gravada em junho no Red Bull Studio, em São Paulo, com participação da cantora Titica, e será apresentada ao vivo pela primeira vez no Palco Sunset do Rock in Rio pelos artistas nesta sexta-feira, dia 22 de setembro.
Misturando kuduro com a sonoridade baiana bem diversa e ampla que consagrou o BaianaSystem, a canção fala sobre educação e igualdade. A origem periférica urbana e as bases produzidas de forma orgânica aproximam mais ainda o kuduro da música baiana. "A parte eletrônica tem muito a ver com o kuduro. Os dois sons casam", diz Titica, angolana considerada a rainha do kuduro.
No vídeo, ambientado na Casa Preta (um espaço cultural do bairro 2 de Julho, em Salvador), o vocalista Russo Passapusso aparece pela primeira vez em um clipe da banda. Além de Titica, ainda há outra baiana que participa dos vocais de “Capim Guiné”, Margareth Menezes.

ASSISTA:


Sobre o Red Bull Studio São Paulo
Desde 2013, o Red Bull Studio São Paulo funciona como um espaço de experimentação e produção musical para artistas dentro do Red Bull Station, onde funcionou a antiga subestação de energia Riachuelo. Com altíssimo padrão técnico, o estúdio é reservado para talentos de estilos diversos, independente de sua abrangência ou tempo de carreira. Por ali, já passaram nomes como Elza Soares, Metá Metá, Nação Zumbi, Emicida e Arto Lindsay.
read more...

POESIA163 lança o EP Tra$hGang


O grupo Poesia163, formado por Thex, Diaká e BêraBeats lançou o seu EP intitulado TRA$HGANG que conta com 6 faixas, todas produzidas por BêraBeats.
Poesia163 é um dos grupos que mais tem apresentado qualidade no cenário de rap local da cidade atual, tanto nas produções dos instrumentais, quanto nos flows e nas rimas do MC’s do grupo que tem como principal característica o estilo trash (sujo).
O EP foi feito com o intuito de mostrar diferentes formas de passar a visão do grupo, tentando atender com cada som um momento que viveram aproximando da maneira mais intrínseca do grupo de fazer música.
Além de lançar o EP, o grupo avisa “viemos pra mostrar que a cena Curitiba tende a crescer cada vez mais e que todos devem ficar de olhos atentos pro sul do mapa, pois estamos chegando cada vez mais.”
O disco foi lançando pelo selo PLEIAD e contém alguns enigmas, um começo e um fim, porém foi postado de forma aleatória para que cada ouvinte interprete a sua maneira.
Acompanhe todas as músicas com lyric vídeo produzido pela QuatroSete Art’s ou se preferir, o trabalho também está disponível em todas as plataformas digitais.

read more...

O cantor de reggae moçambicano Ras Skunk!, lança o clipe "Born in Africa"


Do bairro Patrice Lumumba, nos subúrbios de Maputo, chega Ras Skunk, uma artista bem conhecido da cena reggae da capital moçambicana. Born In Africa é o single de estreia do álbum com o mesmo nome, com lançamento previsto para Novembro. Filmado em Maputo e na Namaacha, o vídeo foi realizado por Mário Cumbana (MAC Creative Lines). Ras Skunk, no activo desde 1999, é conhecido pela sua voz única e sentido melódico. Boas vibrações para ti! Jah Rastafari!


read more...

Rapha MC chega na cena com o clipe "Essence"


O Rapha MC fez parceria com Vitor Pontes para incentivar às pessoas a voltarem a essência. "Hoje meio que se perderam os valores", diz. 
"E não somente na vida cristã, mas na sociedade. Precisamos voltar a essência do que uma família estruturada representa".

A mensagem do MC brasileiro, que há mais de 20 anos reside nos Estados Unidos, é compartilhada em "ESSENCE" (Essência). A música aborda o desamor e o egocentrismo que tomaram conta dos relacionamentos e a busca desenfreada pelo poder. O videoclipe, dirigido por L-TON, foi gravado em Boston, Massachusetts e em Franconia Notch, New Hampshire. "No vídeo, contemplamos a natureza, pois ela reflete o propósito 
de Deus paras as nossas vidas".

"ESSENCE" é a primeira amostra do próximo EP do Rapha MC, previsto ainda para 2017. O projeto, que terá o mesmo título do single, conta com a participação do rapper Se7e, L-TON e Binho (ex APC16).




Sobre o Rapha MC:

Nascido em 1983 em Duque de Caxias, Rio de Janeiro, Rapha MC foi para os EUA em 1994 com apenas 12 anos de idade. Na América, ele se 
apaixonou pela cultura do hip hop. Identificado extremamente por um dos elementos dessa cultura (o RAP), aos 15 anos já se aventurava em
fazer suas rimas. E como todo jovem em busca de identificação, Rapha passou por momentos escuros nessa trajetória se envolvendo com o 
mundo do crime e das drogas. Em 2001, ele se converteu ao evangelho de Cristo. Dois anos depois, Rapha foi apadrinhado pelo rapper SE7E. 
Com o grupo F.R.S. fez sua estreia. Em 2005, ele lança seu primeiro CD solo, intitulado "O Justo Viverá Pela Fé". Com a boa repercussão do 
trabalho, Rapha pôde viajar por muitos estados americanos pregando a palavra de Deus através do RAP. Seu segundo disco, "Eu e Deus", chega
em 2008. Já o terceiro, foi lançado quatro anos depois sob o título "Eu+Deus Reloaded", que tem a participação do MC Dom, L-TON (REP), 
P.A., Joabe MC, Sonic, SE7E, Good Friday, JDO.

Rapha MC online:

Site: [http:///www.raphamc.com]www.raphamc.com
F: facebook.com/raphamc617
T: twitter.com/RaphaMC
I: instagram.com/raphamc
S: open.spotify.com/artist/6c5UD2sRXQl9DHYwfjp0Ap
YT: bit.ly/raphamcyoutube
E: contact@raphamc.com
read more...
 
Copyright © 2014 Noticiário Periférico • All Rights Reserved.
Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top