quinta-feira, 27 de abril de 2017

7 sons da Rapsody que você precisa ouvir.



Sim, sim, ja sei o que vocês estão pensando, "porra hebreu mais uma lista"..? sim mais uma lista de muitas que viram 

Na minha lista de hoje vou listar 7 sons da Rapsody que vocês precisam ouvir.


Conheci o trampo da Rapsody, por volta de 2011 ou 2012, como sou fã do 9th Wonder sempre acompanhei os trampos de seu selo musical "Jamla records".
E num dos trampos deste selo conheci a rapsody desde então comecei a acompanhar o trampo dela e baixar tudo que ela lançou.

7 Musicas com certeza é pouco, mas é bom que vai deixar vocês com aquela vontade de ouvir outros sons da Rapsody.

Antes de mostra os sons conheça um pouco sobre esta magnifica MC.

<3 p="">
<3 p="">
Rapsody começou sua carreira como membro do grupo hip-hop "Kooley High" da Carolina do Norte, Ela começou sua carreira solo em 2008, após assinar com 9th Wonder 's É A Wonderful World Music Group . Sua primeira lançamento importante da carreira solo veio com o lançamento da mixtape "Return of the B-Girl" lançado em dezembro de 2010. A mixtape "Return of the B-Girl" marcou seu primeiro trabalho com produtor lendário do hip-hop, DJ Premier e convidados  como Mac Miller e Big Daddy Kane . Ela continuou sendo "Hot" com o lançamento de sua próxima mixtape, Thank HER

Seu próximo projeto, foi "For Everything" foi lançado em 15 de novembro de 2011 e apresentou seu trabalho com ambos os aclamados recentemente e estabeleceu atos como Kendrick Lamar e Freeway e um número de faixas foram destaque na seção "Bangers" da revista XXL.
Muita gente a conheceu de verdade na musica "Complexion" (A zulu love) em que ela participa no álbum "To Pimp A Butterfly." do Kendrick Lamar.

Em 16 de julho de 2016, foi anunciado que Rapsody foi assinado com a gravadora Jay-Z , Roc Nation .


O primeiro som que é o "Lampin", este som foi produzido pelo Eric G e faz parte da mixtape "Thank H.E.R. Now
" lançado em 2011.



O segundo som é o "The Drums", este som foi produzido pelo 9th Wonder, este som é de 2012.


O terceiro som é o "King Love", lançado em agora de 2012, este som faz parte do album "The Idea of beatiful".


O quarto som é o "Thank you Very much", este som faz parte do album "She got Game", lançado em 2014.



O quinto som é o "Crown" lançado em 2016, faz parte do EP que leva o mesmo nome deste som.



O sexto som foi lançado e 2010, se chama "Imagination" e  foi produzido pelo 9th Wonder.


O sétimo e ultimo som é o "Extra Extra", feito em parceria com o Mac Miller


read more...

GODDAM lança o lyric video da musica "Raro"


GODDAM não para e lança o 16 som do ano com o título de RARO com rimas sobre atitudes raras num mundo dominado por valores duvidosos. A produção é um grime futurista com bpm diferente do normal. É pra não parar mesmo.



Ficha técnica:
Produzido, mixado e masterizado por GODDAM

Stream/Download:

Redes sociais:
read more...

Deny MC - Zulu Love (Prod by Elzo)


Depois do Freedom e Pátria. Deny MC lança a terceira musica promo do seu aguardado álbum..a musica tem como titulo Zulu Love e conta coma produção do Elzo..

Deny MC
Zulu Love (Prod by Elzo)

MEDIAFIRE // DOWNLOAD


read more...

Eman Gee The Black - Directamente da Raiz ''LP'' (Angola)


A Label, Stone Age Gang (Luanda-Angola) lança o ''LP''  Directamente da Raiz do membro, Eman Gee' The Black com 8 faixas originais e uma faixa bónus. O projecto viaja mais pela vibe BoomBap com temas muito diversificados que vão além da realidade angolana.



MEDIAFIRE // DOWNLOAD




read more...

“A Cidade Linda” de Victor Rodrigues


O poeta mostra seu olhar sobre a cidade que tanto ama odiar...

Há muitos anos, principalmente quando começou a circular fazendo poesia, Victor Rodrigues tem pensado sobre a experiência de morar em São Paulo. Nascido e crescido na periferia da cidade, na ZL, até seus 20 anos conhecia muito pouco da metrópole. Por muito tempo, limitou sua vida ao "seu lugar". Aprendeu a andar na Paulista aos 20. Pisou pela primeira vez na Vila Madalena aos 22. E, nessas andanças, reconheceu-se em outros lugares também. Na sujeira da República, das galerias, nos botecos do Bixiga, no Glicério. Pegou na Zona Sul todos os ônibus e trens que ouvia nas músicas do Racionais. Conheceu Pirituba, Cachoeirinha, Brasilândia. A própria ZL como um todo.
“Essa cidade é uma droga. Quanto mais conheço, mais quero ir embora. É tóxica, bruta, machuca. Dá tristeza, stress, depressão. É o mal do século. Mas quanto mais conheço, mais sou ela e mais quero ser. Os encontros. Os riscos. Não tenho orgulho nenhum de morar aqui. Não mesmo. Queria ter nascido no mato. Mas já nasci preso”, diz o poeta.
Depois de gastar boas horas cruzando - e vivendo - a Cidade Cinza, Victor transformou todo esse sentimento em poesia... e em imagens.
“Victor Rodrigues e Cidade Linda” é a mais recente produção do poeta. Artista do spoken word entre saraus, slams e intervenções, mostra mais uma vez sua disposição em explorar as linguagens e formatos que a poesia proporciona.
Nesse videoclipe, produzido por Vras77 e Anna Bitelli e trilha sonora de Alexandre Moraes, o artista expõe sua relação com a cidade maldita onde cresceu e construiu sua poesia, tão caótica e clichê quanto. O texto original foi publicado em 2014 no seu livro “Aprender Menino”, último volume de três do processo de aprendizagem iniciado em 2012 com “Praga de Poeta”.
“Escrevi este texto há alguns anos. Já disse, odeio esse lugar. Mas foi esse lugar que me construiu. Foi com essas pessoas que atiram umas nas outras que convivi a vida inteira. Infelizmente eu sou isso também. Ando tentando mirar melhor, mas tem espelho e câmera em todo lugar. O poema é um respiro olhando para isso. Vou chorar a cidade até a última garoa. Mas não vou chorar quieto. Pelo menos enquanto achar que ela ainda existe”, completa o poeta.


SERVIÇO:
read more...

Afrofuturismo é tema central da Festa Amem e traz Umlilo, diretamente da Africa do Sul.



No dia 27 de Abril, a Nave Mãe Afrofuturista pousa no Centro Cultural Zapata, em mais uma festa promovida pelo Coletivo Amem.
Um dos nomes cotados para embarcar nesta viagem é a Diva Kwaai Umlilo & Stash Crew, diretamente da África do Sul. As artistas chegam ao Brasil para realizar dois shows no SESC com participação de Rico Dalasam e Gloria Groove. Umlillo é uma artista que celebra o corpo de forma única e discute gênero a partir da ancestralidade. Umlilo utiliza o "Queer" para falar de uma sexualidade africana que hoje é vítima de preconceitos após a inserção de valores do homem branco europeu.
“Afrofuturismo é uma das grandes identidades do coletivo Amem, em nossas festas utilizamos o protagonismo de Sun Ra, um compositor de jazz, poeta e “filósofo cósmico”. O movimento afrofuturista dialoga diretamente com a estética negra e resgata a história mitológica, cosmológica africana e as tecnologias. É uma decolagem com destino aos fervos ancestrais, os fervos futuros, o místico e o primitivo, diz Flip Couto – produtor”.


Line Afrofuturistico:

Toca discos:
Juliana de Jesus (Selecta)

Performance:
Umlilo & Stash Crew (Africa do Sul)

Roda de Conversa:
Conexões de experiencias com Umlilo & Stash Crew que estarão no brasil com curadoria de Joao Simoes e Claudio Bueno.

Mestres de Cerimônia

Hostess:


Serviço:
Data: 27.04

Horario: 22h às 4h20
Entrada: R$10 no dinheiro (+R$2 no cartão)
Rua Riachuelo, 328 - Anhangabau
Ao lado da Educafro - Atrás da Red Bull Station - Prox. term. Bandeira

Produção e Idealização: Flip Couto
Arte: Fernando Santos |Album: Bitches Brew de Miles Davis
Assessoria de imprensa: Nerie Bento | blackindieassessoria@gmail.com
read more...

Versativos, o som do interior para começar bem o seu dia!

E o interior chega como? Conheça o trabalho do grupo VERSATIVOS, da cidade de Leme - SP



O Versativos, é composto por Carlos Costa e Danilo DH, ambos envolvidos com a arte e a música em Leme, interior de São Paulo.
O intuito do grupo é agregar música e poesia para shows e intervenções artísticas, com músicas que trazem pensamentos positivos, versos versáteis e intuitivos. Em tempos de tantas músicas que precisam gritar pra denunciar violências, cotidiano e tudo mais, a galera do Versativos vem com sons com a sensibilidade a tona, trazendo com eles uma coisa muito importante, a fé!
No último dia 27 eles lançaram esse vídeo lyric do som Um novo dia nasceu, tá lindo demais, em meio a tanta obscuridade vivida e presenciada em todos os lugares, sempre bom um som que nos traga paz.



Acompanhe os trabalhos na página do facebook, e também pelo email  contato@versativos.com.br ou o site  http://www.versativos.com.br/
read more...

Rap Plus Size nesta semana no Programa Freestyle!

Sara Donato e Issa Paz do Rap Plus Size são as convidadas desta semana no Programa Freestyle!


Confiram a conversa da Rap Plus Size com o programa Freestyle, as minas mandaram a real sobre a dupla, sobre a produtora DMNA, além de toda luta e muito som!


             


Instagram: http://instagram.com/programafreestyle
Contato: pgmfreestyle@gmail.com

Apresentação: Marcílio Gabriel
Direção e edição: Douglas Melo
Produção musical: DJ Latif

Produção e Redes Sociais: Henrique Mol


read more...

quarta-feira, 26 de abril de 2017

'Refúgio', ouça o single de estréia da doce voz de Larinu !

LARINU é o primeira projeto musical da jovem atriz paulistana Larissa Nunes. Seu estilo, entre o R&B, a soul e a MPB, promete surpreender muita gente. “Refúgio”, é o single do EP “Larinu”, que será lançado em Maio.


Quem é Larinu?
Nada mais justo do que deixar a primeira dama do Carranca Records, LARINU ,se apresentar: Comecei muito cedo fazendo música, mas só comecei a compor aos 15 anos, quando participava de uma orquestra de câmara, tocando clarinete. Sempre fui influenciada pela Soul Music, o Funk dos anos 70/80 e minha mãe me apresentou muitos artistas. Aos poucos fui conhecendo outros estilos, conhecendo mais a cultura hip hop no geral. A música sempre foi importante, apesar d'eu ser atriz e estudante de teatro.” 

LARINU é o primeira projeto musical da jovem atriz paulistana Larissa Nunes. Seu estilo, entre o R&B, a soul e a MPB, promete surpreender muita gente. “Refúgio”, é o single do EP “Larinu”, que será lançado em Maio.


Refúgio
Navegando nas águas tumultuosas desse grande Rio da vida, sempre encontramos um porto seguro. “Refúgio”, primeiro lançamento de LARINU, trata exatamente disso. No instrumental do catarinense Dé no Beat (Adonai, Quinta Dose), LARINU nos traz uma narrativa recheada reminiscências de amores fugazes, refúgios e refugos. Aviso aos navegantes: “Refúgio” é uma viagem sem volta. Deixe-se levar. 
Sou suspeita pra comentar, pois sou fã dessa mulher desde a primeira vez que a ouvi cantar numa guia, ouçam e tirem suas conclusões:


          


Sobre o selo Carranca Records 
Formado em 2016, o Carranca é um selo/coletivo de hip hop paulistano que reúne o trio ATTICA!, o rapper NGMA e a cantora LARINU. Quer saber mais e ouvir os trampos do pessoal? 

Se liga nas redes sociais:


read more...

DJ LN e Marcão Baixada se unem na inédita “Hype”


Parceria entre produtor e rapper resulta em mais um single



Nesta terça (25), DJ LN disponibilizou em seu SoundCloud a faixa “Hype”, feita em parceria com Marcão Baixada

​Marcão Baixada & DJ LN (Reprodução: Instagram)

“Hype” não é a primeira parceria da dupla. Recentemente, LN assinou a produção da faixa “Daytona”, presente na mixtape ‘Bastidores de uma Vida Aleatória’, do Marcão. 


​ESCUTE AQUI:



Ouça outras colaborações entre o produtor e o rapper aqui.


Siga DJ LN:


Siga Marcão Baixada:
read more...

"Julgamento, grupo veterano do rap mineiro, disponibiliza seus dois trabalhos para as plataformas digitais


Com a carreira iniciada na segunda metade dos anos 90, o Julgamento é hoje um dos mais antigos e respeitados grupos de rap em atividade na capital mineira. O trabalho marcado pelas letras engajadas e a junção entre os elementos clássicos do rap com elementos orgânicos celebra duas décadas de existência com  um novo álbum e um documentário, ambos em produção e com previsão de lançamento para o final de 2017. 
Os dois primeiros trabalhos de estúdio do Julgamento (No Foco do CAOS e Muito Além) estão agora disponíveis  em algumas das principais plataformas digitais.

Considerada uma das mais importantes bandas do gênero em Belo Horizonte, o  trabalho do grupo se mantém contemporâneo, estabelecendo diálogos musicais dos mais diversos e com temas sociais relevantes. O histórico conta com participações em importantes festivais além de dividir palcos com artistas reonhecidos como Marku Ribas, B Negão, Flávio Renegado e Negra Li. 

O Julgamento  é formado por Ricardo HD, Voz Khumallo e Roger Deff (MCs), Tobias e Giffoni (DJs), Luiz Prestes (baixo) e Helder Araújo (guitarra) .
Ouça os dois trabalhos do Julgamento no Spotify Deezer e ONErpm


Vídeoclipe “Poder da Palavra” 


read more...

Gueto Organizado lança o lyric video "Holocausto"




Gueto Organizado - Holocausto (Lyric Vídeo)

Direção: Bruno Gusth

Produção Fonográfica: 4 Diamantes
Produção Executiva: Gueto Organizado
Produção Musical: Dehco Wanlu
Gravado no Studio Arte Play
Mixado e Masterizado: Dehco Wanlu

Produção web: RM Mídias

Contatos:
contatoguetoorganizado@gmail.com
https://www.facebook.com/guetoorganizado
https://www.instagram.com/guetoorgani...
https://www.youtube.com/channel/UCG7m...
read more...

Lançamento! Ouça Sunshine - Sem Peneira Pra Suco Sujo feat Thiago Honorato


Sunshine é o novo vídeo do Projeto - Sem peneira pra suco sujo, com a participação especial de Thiago Honorato, integrante do Projeto - A Orquestra Imaginária.

A canção trás em seu conteúdo o questionamento da relação do homem com a natureza, já que na correria da vida urbana, muitas vezes a natureza passa despercebida em nossas vidas.

A track foi gravada, mixada e masterizada ano passado no Estúdio da Outra Vibe records.
A produção Musical é de Hamilton Tenório (aka Dj Novato) e a letra de Anemico.

" O processo criativo foi decidido coletivamente. A letra já existia há um tempo e quando resolvemos gravar já visualizávamos algumas locações. Discutimos as possibilidades e resolvemos fazer as gravações num litoral próximo as nossas cidades de origem (Recife/Olinda). Escolhemos a praia de Itapuama e Calhetas. O Hamilton Tenório integra um Coletivo que trabalha com Comunicação, a ONG Caranguejo Uçá, foi de lá que veio todo equipamento (Cameras, lentes, rebatedores e drone, pilotado pelo Hamilton mesmo). Convocamos o Dnarb 9k pra captar as imagens. Filmamos apenas numa manhã elevamos o material para o Thiago Barros compor a edição, com um know how na bagagem em Quando o Sol Cai (Hebert & Mazili), Castelos de Vagabundo (Gledson Pica Pau) e Olinda tu Flipas (Doc de sua autoria)."

O Projeto Pernambucano Sem Peneira Pra Suco Sujo nasce em  2007 de intervenções livres com a cena do graffite de Pernambuco. Seus integrantes (Dj Novato e Anemico) também integram o Coletivo Êxito d’ Rua (2000) e fundaram o Centro Cultural Arvoredo, espaço  propulsor da cena atual Olindense/Recifense, que atualmente mudou de endereço e ganhou nova perspectiva – Galeria Arvoredo. Além do single Sunshine ( que ganhou este nome depois do MV Bill ter lançado Vida Longa, primeiro nome escolhido pelo grupo), já lançou os singles: Ilha da Fantasia, Documento Sonoro, USamba e Samba Solto, ambos em parceria com a cantora Ana Talita.

Confira o vídeo: 




Para acompanhar o projeto, confira os links abaixo:
Facebook

Soundcloud

Bandcamp

read more...

Ouça o Poeta, do grupo Relatos da Verdade!


O grupo Relatos Da Verdade de Hortolândia, interior paulista, vem trabalhando duro para mostrar qualidade em suas musicas, com seu mais novo som "O Poeta".
Produzido por MWRAP PRODUÇÕES e composta com muita dedicação, suor e principalmente alma pelos integrantes Rhude, Alex e Kenno, ouça abaixo:

            
read more...

Deixe-se 'conquistar' pela rapper conquistense La Lunna!



La Lunna faz parte do cenário de RAP de Vitória da Conquista-BA.
Suas letras são intensas e de combate contra diversos tipos de opressão. Cheia de atitude, estilo e poder La Lunna mostra pra que veio e ocupa majestosamente seu lugar no rap conquistense. Inspirada pelas minas e suas mensagens, começou a escrever por curiosidade e suas rimas, naturalmente e não propositalmente, vieram ao mundo em tom forte de protesto pelas mulheres. Nasceu daí La Lunna, que botou a cara na roda no Campeonato Vozes da Rua, com sua música "Na Pista" e impressionou o público presente. Ficou em segundo lugar, e de lá pra cá vem conquistando cada vez mais espaço para que sua mensagem alcance o maior número de pessoas. Abre Alas da cena do Rap feminino de Vitória da Conquista, seu som é coisa de preta, suas letras falam de seu empoderamento como mulher negra e estão aí para representar e afrontar. Ela veio pra se envolver, pode olhar por cima do ombro que a gata não tá só e atualmente, representa o Selo Blasé Unity.


           
read more...
 
Copyright © 2014 Noticiário Periférico • All Rights Reserved.
Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top