segunda-feira, 30 de abril de 2012



A noite de sexta-feira última, em Maputo, foi de total êxtase musical, com a performance do rapper português Valete e do Dj Rider, numa iniciativa da Brand Lover´s, no âmbito do projecto “One Night Stand”, que conta com alto patrocínio da mcel. Sem ter que provar nada, a maior operadora moçambicana mostrou, mais uma vez, a sua versatilidade no apoio às artes, numa altura em que celebra 15 anos de existência, ao juntar uma moldura humana de luxo no palco do Coconut´s Live, que vibrou ao ritmo da música hip hop. Valete chegou àquele palco com muita energia, espalhando o seu charme artístico pelos quatro cantos da sala. Com o tema “Subúrbios” e depois “A noite”, conquistou as almas dos que para ali acorreram em massa, o que lhe valeu aplausos merecidos da plateia, que entrou em transe com a sua mestria na arte do hip hop. Aliás, para além de dividir o palco com Adamastor e Bónus, seus companheiros, Valete juntou-se ainda ao rapper moçambicano Duas Caras e, mais tarde, ao mano Azagaia, para esquentar aquela noite fria de Inverno que se faz sentir nos últimos dias por estas bandas. Este rapper da lusofonia fez uma incursão pelos álbuns “Educação Visual” e “Serviço Público”, num perpétuo movimento e em vez de permanecer fixo, e deleitar-se com a tradição hip hop que ele domina com perfeição, cantou e encantou numa mescla rítmica de intervenção social. Refira-se que o rapper Valete iniciou a sua actividade musical em 1997, tendo formado com o músico Adamastor o Canal 115 e mais tarde a Horizontal Records. Nesse mesmo ano e ainda com 16 anos, começou a ser convidado para as mixtapes lançadas por Djs como Bomberjack e Cruzfader. Actuou com Canal 115 durante dois anos em vários concertos em Portugal, até que fez um interregno para se dedicar mais aos estudos. Em 2002, regressou com o álbum “Educação Visual”, lançado de forma independente. Valete, que antes deste álbum era mais conhecido como um freestyle e battle mc, pode mostrar em “Educação Visual” uma linha de rap de cariz social que muitos não lhe reconheciam. 









É com muita alegria , respeito e satisfação que nós do Emblema vinhemos aqui postar a quarta edição do Quebra-Cabeças-Nacional , mostrando que a força da midia do rap nacional e movimentos artisticos independentes podem fazer possível uma interação nos quinto cantos das periferias brasileiras.
existem neste volume, músicas muito nobres de cunho social, como  a "Força dos Gorilas" produzida pelo parceiro Baiano diga- se de passagem Victor Haggar,MBGC(Manos da Baixada de Grosso Calibre), grupo de rap do Pará .Esse som aí fala sobre o massacre que aconteceu no Pará contra integrantes do MST, em 1996.
Temos  também uma revelação do Rap Alagoano Durval Mc... voltando ao assunto de sons nobres, Dj cia, que colaborou conosco em uma entrevista de 60 minutos, chega com o som do RZO - DJ CIa, longa data rs! Quem é responsável pela introdução da mix desta vez é o produtor e rapper leopac , que já participou de um dos volumes anteriores cantando. sendo que só se é possivel aparecer uma vez cantando e outra produzindo..  Homenagem a Macapá me tocou pra caramba! caboclo no sangue, um salve a todos meus irmãos nortistas, vocês tão ligados na nossa causa!  confesso que  o som que roubou a cena foi o do GR7 do TOcantins..
no mais agradeço a todos os participantes e calma! se o seu som não tá na volume 4, concerteza estará nas proximas edições , uma por mês.. qualquer coisa, da um alÔ! souemblema@hotmail.com
por : Sinal
TrackList:
1 Sou Emblema prod. Leopac #CaradeNojo - MG
2 GR7 - é tudo junto no polvilho - TO
3 Zangdirole Part Thig Andre atila- - Seu Olhar - SP
4 Suspeito 1,2, BIG e Morris - A Força dos Gorilas - BA
5 Durval Mc - Vai dá certo  - AL
6 Dhigo - Enigmas - PR
7 Dverso  - Sou louco mesmo - MG
8 RZO - DJ Cia - SP
9 Bruno B.O. feat Gaby Amarantos - FlorestaDeConcreto - PA
10 Fiapo Soldado - o Som das Ruas - RS
11 Igor Muniz - Questão de Honra - AM
12 Klebão Capitania 33 - Quem Somos - SP
13 Mano Foca - Minha Terra -   AP
14 Marcão Baixada e Luccas Carlos - SELVA - RJ
15 Metanóia e Império -  -  O nosso rap - GO
16 WILL -  No Meio do Caos - MG
17 M.B.G.C - sem justiça não existe paz [eudorado dos carajás] - PA

Baixe Aqui
------------------------------------------------------------

#QuebraCabeçasNacional
Projeto Idealizado pelo : Coletivo Sou Emblema
Endereço : www.souemblema.blogspot.com

Apoio : RapLonga Vida
Endereço: www.raplongavidanacional.blogspot.com

Apoio : Rapgyn
Endereço : www.rapgyn.com

Apoio: Esquina Comunicação - Jéssica Balbino
Endereço : www.jessicabalbino.blogspot.com

Apoio :    Dj Branco - CMA - Evolução Hip Hop
Endereço : www.irdeb.ba.gov.br/evolucaohiphop
        

Apoio : Daniela
Endereço : http://danielamarastreet.blogspot.com.br/
       

Diretor executivo : Felipe Nikito
Endereço : souemblema@hotmail.com

Todos os sons autorizados pelos artistas


O Brasil é um quebra cabeças de culturas e costumes, então seja você também mais uma peça
desse grande movimento, porque a união é sim possível e vamos provar que todos estados brasileiros sabem como fazer um bom Rap.



O líder da G-Unit, 50 Cent, falou sobre os nomes da cena Hip-Hop de Atlanta que ele mais admira. Após dar status de veterano a 2 Chainz, o rapper de Nova York declarou que Future está fazendo um grande trabalho escrevendo para outros artistas.

Artistas de muito potencial? Definitivamente o 2 Chainz, porque ele tem se mantido na área, ele disse. Ele é um daqueles caras que finalmente têm um movimento.
 
Lembro de quando ele estava no Playaz Circle. Sei que já foram anos e anos de trabalho, adicionou. E o garoto Future, ele tem uns hits que não estão no nome dele, tipo aquele som 'Racks'. Eu observo. Estou fazendo negócios em diferentes áreas e fazendo coisas diferentes, mas minha paixão pela música não mudou

By Centraldorap.com


Cria da Zona Norte de São Paulo, morador da Casa Verde Alta, Jonathan Eduardo Oliveira, vulgo DuRap, escreve seus raps a 9 anos, e agora o MC acaba de lançar sua primeira EP.
“FÉ, OBEDIÊNCIA E GRATIDÃO” é uma prévia do álbum completo que será lançado ainda neste ano, e conta com 5 faixas que ilustram o desejo de infância do rapper em fazer rimas e a missão dada por Deus em levar a mensagem do evangelho a diante.
Durap busca fazer com que as pessoas entendam que existem vidas, mais que um rap, que ao escutarem a EP possam se identificar. “Agora mesmo Tio” uma das faixas da EP, retrata que existem pessoas carentes de um abraço, que existem pessoas querendo se matar, que existem moleques morrendo nas drogas e que “agora memo tio” existe um DEUS que ama cada um da mesma maneira.
E hoje Durap vem pra divulgar seu novo single, a música #Terrorismo. O som, que retrata as mais diversas formas de terrorismo contra a humanidade, e é um tapa na cara da sociedade cega, para que olhos sejam abertos e revolução seja feita.
#Terrorismo tem a participação de um amigo de longa data do MC DuRap, Marcelo Enyce. DuRap sabendo do passado do amigo, também como MC, e do seu envolvimento com a cultura, fez o convite ao Enyce para participação do som. W.I. MC faz os vocais no refrão.


 

"Não deixe de lutar"
Junior Dread & Stereodubs
part.Gustavo Black Alien.
Gravado em junho de 2011 em Niterói Rio de Janeiro e Vila guilherme São Paulo.
Prod:Léo Grijó & DjLx "Stereodubs"
Sampler:African Brothers 






Direcão:Marcelo Caverna Eduardo Jazzman e Junior Dread
Produção Executiva: Guzz Drift e House of Dread
Edicão:Junior Dread
Filmagem:Eduardo Jazzman e Marcelo Caverna

Apoio: XXL SUMEMO QUIX ROOTS

www.juniordread.com.br

Twitter @juniordread

Shows Dubplates e Entrevistas contatojuniordread@gmail.com
www.myspace.com/juniordreadmusic

Página Facebook :
https://www.facebook.com/juniordreadbrasil
 



Salve manos,Salve minas. 
Pra voce que quer participar desta coletanea .. que ja esta no Vol 5.
Mais de 50 grupos ja participaram desta coletanea.
Coletanea que servi pra mostra o trampo de artistas Independentes, seja ele do brasil, portugal,angola,moçambique ou qualquer pais que fale portugues.
Regra pra Participar da Mixtape.

1-Musica em MP3 com nome do grupo e da musica
2-cantar em portugues
3-enviar zipado
Envia a musica para o EMAIL 
Contato-Hebreu@Noticiario-Periferico.com
ou
Anderson_Antunes10@Hotmail.com

domingo, 29 de abril de 2012

Noite passada aconteceu o jantar anual dos correspondentes da Casa Branca, evento sempre marcado pelo bom humor, e pela presença de artistas, políticos e empresários.
Alguns meses atrás Obama cantou um trecho da Let’s Stay Togheter durante um discurso de campanha, agora chegou a vez do presidente americano homenagear o rapper Young Jeezy.





Pedro Oliveira, conhecido como Deest Mc é a nova imagem da "Nova Escola" do Rap Nacional, nascido em salvador o rapper que esse ano lançará seu primeiro EP, 27/04/12 lança mais um som de trabalho intitulado " O Jogo ". Trabalhando pra alcançar a profissionalização, o rapper traz um trabalho serio e competente com toda a sua equipe dele.






Leiam a entrevista que a revista VIBE fez com o Lil Wayne na edição de Abril/Maio de 2012.

Por um bom tempo, linhas de roupa de rappers foram um sucesso, mas fracassaram com o passar do tempo. O que fez você lançar a Trukfit?
"Eu sempre tive uma linha de roupa. Mas nunca tive a intenção de lançar como uma marca para o público. Acho que já faz uns 2 a 3 anos que eu uso, mas nunca divulguei nada. Nunca fiquei satisfeito com o desenho e estilo das roupas."


Algumas peças são bem voltadas ao estilo de skatista.
"Sim, é uma coisa natural. Isso representa o que eu curto hoje."

Em quem você se inspirou para criar roupas da Trukfit?
"Conversando com alguns manos que andam comigo e que já tem uma linha de roupas, como o Stevie Williams da DGK (Dirty Guetto Kids), esse tipo de gente."

Você planeja expandir a marca e lançar modelos jeans ou acessórios?
"Nós estamos trabalhando para abrangir tudo isso ai. Basta eu aprovar. Antes de lançar qualquer produto, eu tenho que aprovar, e mano, eu sou um cara rigoroso."

Você pretende que a marca Trukfit cresça como a Polo ou Gucci?
"É ai que está a melhor parte. Eu não tenho tenho uma pretenção. Portanto, não importa até onde a marca chegue, eu estarei sempre animado com o resultado."
 
 
By lilwaynebrasil.com.br 

sexta-feira, 27 de abril de 2012



 Carreira

O grupo surgiu dentro do complexo penitenciário Carandiru: Dexter e Afro-X dividiam a mesma cela, e os dois tinham dom de compor músicas de rap. Logo após o lançamento da primeira música do 509-E, "Barril de Pólvora" o sucesso foi grande e os dois artistas começaram a produzir novas músicas.[1] Em 2000, lançaram o primeiro CD: Provérbios 13, com participações especiais de Mano Brown, Edy Rock, MV Bill e DJ Hum. O destaque do CD foi a faixa "Oitavo Anjo", cantada por Dexter.

O grupo estava no seu auge, quando as coisas começaram a piorar. Convocados por um debate na Rede Globo, a dupla ficou visada pelas autoridades por falarem coisas fortes. Tornaram-se inimigos dos policiais principalmente após a rebelião que resultou na extinção do Carandiru. Após esse episódio, o grupo foi proibido de fazer shows na rua.Após um tempo, Afro-X ganhou liberdade e o 509-E lançou seu segundo e último trabalho, MMII DC (2002 Depois de Cristo).[3] Os dois integrantes começaram a se desentender e o grupo terminou em 2003.

Sobre o fim do grupo, o rapper Dexter afirmou o seguinte:
    O 509-E acabou por vários motivos. Um grupo de RAP é como uma igreja, a partir do momento que você não concorda com aquela doutrina e aquilo te incomoda, você muda de igreja, porém, seu Deus vai continuar sendo o mesmo e estará dentro do seu coração. Você só vai mudar de placa, mas a sua essência continuará sendo a mesma. Depois que o Afro-X foi pra rua, algumas coisas mudaram e naturalmente nos afastamos um do outro. Ele passou a falar de coisas que estava vivendo no momento, que é natural. E eu, continuei falando das mesmas coisas que já havia falado nos outros discos, porém, de um outro jeito, é lógico. Ideologicamente falando, nos distanciamos também, o barato começou a me incomodar e optei pelo fim do grupo.


Atualmente, Dexter segue carreira solo e já lançou dois álbuns; Afro-X permaneceu um tempo no rap, afastou-se e voltou novamente, se tornou conhecido nacionalmente por casar com Simony, e atualmente é educador.
Em 2009, é lançado um documentário sobre o 509-E, chamado Entre a Luz e a Sombra. Dirigido por Luciana Burlamaqui, ele investiga a violência do Brasil a partir da formação da dupla Dexter e Afro-X dentro do Carandiru.Lançado nos cinemas no dia 27 de novembro de 2009, em 14 de novembro já recebu o primeiro prêmio: venceu a 4ª Mostra Cinema e Direitos Humanos na América do Sul.



Salve manos,Salve minas. 
Pra voce que quer participar desta coletanea .. que ja esta no Vol 5.
Mais de 50 grupos ja participaram desta coletanea.
Coletanea que servi pra mostra o trampo de artistas Independentes, seja ele do brasil, portugal,angola,moçambique ou qualquer pais que fale portugues.
Regra pra Participar da Mixtape.

1-Musica em MP3 com nome do grupo e da musica
2-cantar em portugues
3-enviar zipado
Envia a musica para o EMAIL 
Contato-Hebreu@Noticiario-Periferico.com
ou
Anderson_Antunes10@Hotmail.com

Durante a Virada Cultural, que acontece das 18h do sábado (05), até às 19h do domingo (06), o rapper Rodrigo Ogi, considerado uma das revelações no cenário do rap nacional em 2011, se apresentará no  Palco MTV, localizado na Rua Cásper Líbero, próximo ao Parque da Luz e Estação da Luz.

O rapper paulistano Rodrigo Ogi buscou inspiração na cidade de São Paulo e reuniu em seu primeiro disco solo, “Crônicas da Cidade Cinza”, lançado em 2011, letras que retratam o cotidiano dos moradores da grande metrópole sob o ponto de vista de personagens característicos.

Entre os elementos que compõem o álbum, o grafite, um dos gêneros artísticos que mais combina com a urbanidade paulistana, está em evidência. A dupla de grafiteiros brasileiros Osgemeos, formada pelos irmãos Gustavo e Otávio Pandolfo, assina a arte de capa do disco e reforça o interessante contraste entre a arte urbana e os tons acinzentados das construções e asfaltos.

Em “Crônicas da Cidade Cinza”, Ogi desenha cenários e encarna diferentes personagens da cidade. A primeira faixa, o samba “Cidade com Nome de Santo”, que conta com sample da voz do dramaturgo Plínio Marcos, é a introdução da história em que Ogi é o personagem principal. Influenciado pelos sambistas, Nelson Cavaquinho, Nelson Sargento e Roberto Silva, o rapper costuma misturar ritmos e não deixa de lado o apreço que tem pelo samba.

No final de 2010, Ogi foi um dos indicados para o prêmio Vídeo Music Brasil (VMB), da MTV, na categoria rap, em função do lançamento do disco “Crônicas da Cidade Cinza”, que conta com participações importantes do cenário do rap nacional, entre elas, Rodrigo Brandão, Lurdes da Luz, DonCesão e Munhoz. 


StereoDubs & Rodrigo Ogi - Linha de Frente 

 

 





Rodrigo Ogi @ Virada Cultural, Palco MTV
Sábado, 05 de maio de 2012, 21h
Rua Cásper Líbero, próximo ao Parque da Luz e Estação da Luz
Grátis/ Livre



Primeiro vídeo oficial do grupo de rap de carapicuiba "Doberman" 

faze parte do grupo Ki Da Oeste, Agelson e Ronnie Big, o primeiro 

trampo dos caras esta em fase de produção e logo menos mais 

novidades sobre isso, o som "Raros como Dobermans" tem o beat 

 assinado pelo Dj cia, Mixagem feita pelo produtor Sem Grana e 

scratches pelo Dj Abade, confira!! E em breve mais novidades!


 
Em um cenário marcado por conflitos, contradições e incertezas, São Paulo abriga um universo onde o hip-hop se manifesta e passo a passo encontra seu lugar: seja como porta-voz da periferia, agente de transformação social ou apenas como estilo – o fato é que na Terra da Garoa o “Rap é compromisso”.
Para celebrar o movimento que se fortalece há pouco mais de três décadas em São Paulo, o 6º Encontro da Cultura Hip Hop traz doze horas de atrações em São Miguel Paulista. Neste sábado, a partir das 10h, na Fundação Tide Setubal. Com entrada Catraca Livre.
O encontro reunirá  os quatro elementos do hip-hop, com discotecagem e apresentações de bboys, bgirls e diversos grupos de rap. Destaque também para a inclusão de outras expressões culturais como o audiovisual, a poesia e a moda.
Destaque para o espaço dedicado ao graffiti, exposição de painéis e exibição de filmes. A partir das 18h30  sobem ao palco os grupos CausaP e Convidados, Projeto Play, Coletivo Marginaliária, RAPadura e Sandrão RZO.
O encontro reunirá discotecagem, apresentações de bboys, bgirls e show de diversos grupos de rap
RAPadura Xique Chico sobe ao palco para apresentar seu “rapente”, misturando rap com repente, coco, maracatu, forró, baião e cantigas de roda

Rap embolada
O cearense Francisco Igor Almeida dos Santos, mais conhecido como RAPadura Xique Chico, sobe ao palco para apresentar seu “rapente”, misturando rap com repente, coco, maracatu, forró, baião e cantigas de roda.
O cearense Francisco Igor Almeida dos Santos, mais conhecido como RAPadura Xique Chico, sobe ao palco para apresentar seu “rapente”, misturando rap com repente, coco, maracatu, forró, baião e cantigas de roda.



Nesta Entrevista fala de varias Fitas.. veja a declaração do Dexter no seu Facebook falando sobre esta entrevista.

Certas coisas precisam ser faladas, versadas, cantadas e discutidas. Se liga nas idéia sobre a prisão, a sociedade, o Rap, a vida e o mundo que eu mandei no programa Ensaio Aberto.
'Vou te apresentar o que você não conhece, anote tudo, vê se não esquece'. Paz.
 
 

quinta-feira, 26 de abril de 2012



O novo álbum de 50 Cent teve seu lançamento adiado diversas vezes por causa de seus desentendimentos com a Interscope, no entanto, o rapper de Nova York revelou em uma recente entrevista que o projeto sairá em julho.

Claro, cara, disse o líder da G-Unit quando perguntado se estava trabalhando em novo material. Estou trabalhando em música nova no momento. O álbum novo chegará às lojas em julho.

By Centraldorap.com


O Maior coletivo de arte independente desta vez vem com o recrutamento pro vol 4 da nossa mixtape #QuebraCabeçasNacional.
os interessados , pedimos que enviem o som pra nosso e mail : souemblema@hotmail.com
após 230 downloads do volume 3 e boa aceitação do público, prometemos chegar com mais qualidade ainda nas músicas de Mc´s e bandas indepententes sem um genero definido ! é isso mesmo, qualquer genero pode participar, basta ser independente .

no mais , agradecemos o apoio da massa conosco, lembrando que o sou emblema é um coletivo que cada vez mais cresce no Brasil e nosso Objetivo maior é mostrar o trabalho de artistas que fazem realmente pela arte!

#souemblema

@souemblema

Emblema : O maior Coletivo  de Arte Independente de Rua Do Brasil
Acesse , www.souemblema.blogspot.com e descubra o porquê.