sexta-feira, 15 de abril de 2016

5ª Mostra Ecofalante promove sessões de filmes e debates nas dez unidades das Fábricas de Cultura‏




Em abril e maio, as dez Fábricas de Cultura, programa da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo recebem as sessões da 5ª Mostra Ecofalante de Cinema Ambiental. Ao todo, nove filmes serão exibidos em unidades localizadas nos bairros de Capão Redondo, Jaçanã, Brasilândia, Jardim São Luís, Vila Nova Cachoeirinha, Vila Curuçá, Sapopemba, Itaim Paulista, Belém e Cidade Tiradentes. Os espaços são gerenciados pelas organizações sociais POIESIS e Catavento.

Os filmes abordam urbanização, resíduos sólidos, crise da água, agrotóxicos, reciclagem e Amazônia. As sessões são abertas ao público e acontecem até o dia 6 de maio. “Com essas sessões nas Fábricas de Cultura, a Mostra chega a outros públicos, levando o debate sobre temas socioambientais a diversas regiões da cidade. Estamos ampliando nosso alcance, diversificando nosso público e incentivando a reflexão de uma forma lúdica, a partir da boa experiência cinematográfica”, define o Diretor da mostra, Chico Guariba.

Para ver a programação completa, assim como endereços e outras informações, acesse: www.mostraecofalante.wordpress.com ou as páginas das Fábricas de Cultura: www.fabricasdecultura.org.br e www.fabricadecultura.org.br 

Paola de Marco, Coordenadora de Articulação e Difusão das Fábricas de Cultura – POIESIS, observa: “Este ano as Fábricas de Cultura têm a felicidade de participar da Mostra Ecofalante de Cinema, espraiando títulos necessários e contribuindo para a ampliação do debate e das reflexões acerca de temas urgentes. Integrar a mostra enfatiza o compromisso de contribuir para a sensibilização do olhar, por meio do cinema e da arte, para pautas diversas nas áreas de meio ambiente, educação, cultura e mídia”.

Para Renato Barreiros, Superintendente de Promoção e Articulação das Fábricas de Cultura da Zona Leste – Catavento, assim como as demais manifestações sociais e culturais, "acreditamos firmemente que o Cinema nos auxilia na construção do ser e é um divisor de águas, pensando em senso crítico e comum". Por isso, acrescenta ele, receber pela primeira vez a Mostra Ecofalante nas Fábricas da Cultura Zona Leste "complementará o nosso propósito e proporcionará aos espectadores uma reflexão importantíssima sobre o tema inadiável que é a questão ambiental e suas raízes, que atingem direta ou indiretamente a nossa sociedade”.

A 5ª Mostra Ecofalante de Cinema Ambiental é uma realização da ONG Ecofalante e do Programa de Apoio à Cultura (ProAC) do Governo do Estado de São Paulo, com patrocínio da White Martins e da Reciclo Pepsico e  correalização da Secretaria de Cultura, da Prefeitura de São Paulo e da Spcine. A Mostra tem apoio institucional do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA), Embaixada da França no Brasil, Institut Français, La Cinémathéque Française, Le Monde Diplomatique Brasil, Escola do Parlamento da Câmara Municipal de São Paulo, São Paulo Turismo (SPTuris), Observatório do Clima, SOS Mata Atlântica, Greenpeace, Instituto Socioambiental (ISA), Grupo de Institutos Fundações e Empresas (GIFE), Instituto Democracia e Sustentabilidade (IDS), Instituto Akatu, Instituto de Energia e Ambiente (IEE)/USP, Fábricas de Cultura (Poiesis e Catavento), Rede Nossa São Paulo, Instituto Envolverde, Catraca Livre, Rádio Eldorado e Horizonte Educação e Comunicação.







Share this article

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2014 Noticiário Periférico • All Rights Reserved.
Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top