quarta-feira, 23 de novembro de 2016

Cypher Preta - Nyl Mc, Max Volume, Híbrido, Thaís Bueno, Ene Jhow & André Machado


Cypher Preta
Mcs - Nyl, Max Volume, Hibrido, Thais Bueno, Ene Jhow e Andre Machado
Instrumental - Scooby
Mix/Master - Abolicrime / F2L
Produção Audiovisual - Grupo Flow / Volume Visual / Ed.editor



LETRA:

Nyl
16 toneladas, divide 1 por linha
cuspindo fogo e muito verbo,verso como quem caminha
O vale da sombra da morte,na mira do Estado
ta vivo é ginga e sorte,olha o que foi deixado pra nós
Só com muita resiliência
pra não enlouquecer no meio desse extermínio
Pelo whatsapp se percebe o declínio
da polícia militar forjando auto de resistência
Não rezo pra vacilação
de acreditar num Deus que feche com a segregação
Afrosuburbano abre tua percepção
Jesus Cristo era preto e morreu taxado de ladrão
Vivemos no limite do teste da fé
Brasil onde a direita só anda de marcha ré
Reaça pira,repara a profundidade
favela empoderada transforma sociedade

Max Volume
Não brinca, nem tenta. Vacilo no gueto é rodo
Ouro é desenrolo minha favela meu tesouro
Jovem negro no jogo levanto uma bandeira preta
Carregada de orixá, Cristo preto e magia negra
De kunta á Zumbi é muita Luta, Muitos Mestres
Tipo Mal’Colm’ Compromisso Sabota no Rap
Meu Bonde bem escuto identifica na pele
Repele você racista e todas merda que defere
Só Bad? Mas não chora, em breve o jogo mudar
Temos Disposição pra somar e ódio pra cobrar
O seu racismo que é não é por acaso
É caso de ser um Ser raso, Inferior, Danificado
Dar um recado, infectado
Vamos descer sem carnaval vai ficar complicado
Só menor bolado papo reto, sangra em cada linha
Estamos Bem pra c******* do lado só preta Rainha

Híbrido
Atenção 5 pretos dentro de 1 carro
Deveria ser orgulho, mas foram alvejados
111 tiros é quanto vale 1 homicídio
Menos 5 inocentes constando em 1 presídio
Morte autorizada, controle de pretitude
Não precisa ser suspeito, basta ter atitude
Anos e anos lutando aumenta o descontentamento
Preto bom é preto morto nada de empoderamento
Ei branco suas verdades são falsas
Apagaram nossa história para reforçar a farsa
Assume seu racismo assume seu nazismo
Sem cadeira cativa, acabou sua regalia
Devolve a chave da cidade e todo o seu mérito
Sangue africano que escorreu pra construção seu império
Queremos o trono, isso é mais do que revolta
Minhas filhas não vão servir somente pra abrir a sua porta

Thaís Bueno
É som de preta e o sangue quente
Se quer fortalecer o elo Não enfraquece a corrente .
Gingado e rima é decorrente da história da minha gente,
da juventude negra consciente .
Se curve frente ao movimento Black
A rainha afro tá na trax Abram alas
Aproveita e toma que é de graça.
Mais Fay mais Fay ,O bonde nagô não falha
Duas vezesss melhor, Duas vezes mais suspeita
Nem lembro quantas vezes julgada por ser negra.
Me respeita, E me aceita do jeito que eu sou!
Caso contrário se prepara,Que vamo tacar o terror!
Com alto teor, De cultura e conhecimento
Tava achando que do Guetto não surgiria talento!?
I have a dream, Meus irmão livres pra ir e vir,
Sem medo que uma bala possa por vidas no fim.

Ene Jhow
Não pediram desculpa,querem que eu sinta pena
deixaram o resto feira,vim pra dexar problema
as paty curti pagofunk e hip hop
"todo mundo é igual jhow" mas ainda tenho marca de chicote
ai dr teu arrego acabou
olho verdes no terreiro querendo ensinar tambor
a baixo de deus só Dandara e zumbi,zé
creio no povo preto,pensa mil,antes de testar a fé
é por amor cada raiva,cada ódio,cada luta
cada sangue derramado,cada sonho,cada truta
tua postura forma tua conduta
a gente nunca vai ser menos que desses filha da ... pula
E corra perseguição é cultural
gostam de fumar,mas odeia meu cabelo natural
Avisa pro pai dela que hj ele ta sem sorte
Que a bochecha rosa da z.sul não quer sair norte

André Machado
Daqui eu vejo, sinto, a vibração e o peso
De cada pedra carregada por um preto
Correntes que prendiam pés e mãos mas não os pensamentos
Recontar a história escondida a tempos
Viva Marcus Garvey todo seu legado
Haile Selassie imperador coroado
Defendeu seu povo de todo sofrimento
Big up Carlos Moore, Abdias Nascimento
África, dona de todo ensinamento, física quântica, matemática, astrologia alongamento
África, dona de toda criação
África sua história vai além da escravidão
Volta no Egito e finca os pés
Horus iluminava o templo de ramisés
Pardo é papel anunnaki style tom
Jah abençoe os descendentes dos dogons.

Instrumental - Scooby
Mix/Master - Abolicrime / F2L
Produção Audiovisual - Grupo Flow / Volume Visual / Ed.editor
Share this article

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2014 Noticiário Periférico • All Rights Reserved.
Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top