sexta-feira, 18 de novembro de 2016

Projeto Sankofa continua no Sesc Vila Mariana


Diversas linguagens apresentam a cultura negra diaspórica


O Sesc Vila Mariana recebe até dezembro a programação do projeto Sankofa – Memórias de Mão Dupla, que celebra as contribuições do continente africano para a cultura brasileira e para o universo da cultura negra diaspórica. O projeto traz à Unidade diversas atividades, como vivências, shows e dança, entre outros. Na última semana de novembro, haverá contação de histórias com a Cia. Chaveiroeiro, com Repertório de Histórias Africanas, nos dias 26 (sábado), às 17h e 27 (domingo), às 16h. Durante esse período, também estará aberta à visitação do público a instalação Olhar Feminino no Cinema Negro Baiano, de terça a sexta, das 13h às 21h e aos sábados, domingos e feriados, das 11h às 18h.  Em dezembro, o projetoSankofa traz ao Sesc Vila Mariana shows de Marcelo Pretto, Sidmar Vieira, Sapopemba  e Tony Tornado, o espetáculo Pele Negra, Máscaras Brancas, com a Cia Treme Terra de dança, a Intervenção Coreográfica: Minha Cabeça me Salva ou me Perde, com a Nave Gris Cia. Cênica, e a Leitura Dramática e Musicada: Arena conta Zumbi, com direção de Mariana Mayor.

O projeto Sankofa – Memórias de Mão Dupla chega à sua terceira edição a partir de novembro de 2016. As primeiras atividades foram realizadas em 2014 e 2015. No cerne das ações e atividades programadas para este mês, a revitalização e revalorização das contribuições do continente africano para a cultura brasileira e para o universo da cultura negra diaspórica, a partir da ideia de memórias de mão dupla. O próprio nome do projeto já enuncia suas intenções, ao utilizar um termo que remete a um ideograma adinkra, da arte tradicional do povo Akan do Golfo da Guiné: Sankofa associa-se às ideias de retornar ao passado para resgatar algo. Na simbologia do ideograma, encontramos os três períodos temporais: olhamos para o passado para entender o presente e construir um novo futuro, um futuro diferente. 

Música

No dia 8 de dezembro, quinta-feira, às 20h30, o Auditório do Sesc Vila Mariana recebe uma apresentação de Marcelo Pretto, para o lançamento do álbum Boi, em que o artista apresenta pesquisa de formas, instrumentações, ritmos e melodias da manifestações populares e festas de bois do nordeste brasileiro. Marcelo Pretto virá acompanhado de Leonardo Mendes, Lenis Rino, Renata Amaral, Rodrigo Caçapa, além da participação de Kiko Dinucci.

Em 15 de dezembro, o Sidmar Vieira Quinteto sobe ao palco do Auditório, a partir das 20h30, para o show de lançamento do álbum Madri Riveais, trabalho instrumental autoral cuja principal característica é o uso de ritmos brasileiros com uma linguagem contemporânea. O quinteto é formado por Sidmar Vieira (trompete), Jefferson Rodrigues (sax), Felipe Silveira(piano), Sidiel Vieira (contrabaixo) e Daniel de Paula (bateria).

No dia 18 de dezembro, duas apresentações complementam a programação musical do projeto Sankofa – Memórias de Mão Dupla: às 16h, na Praça de Eventos, o percussionista, ogã e cantor Sapopemba apresenta um panorama amplo das tradições musicais afrobrasileiras de diversos estados. O repertório é composto por cocos beradeiros de Alagoas, sambas de roda e chulas da Bahia, cantos de Orixás de Nação Angola, cantigas de Caboclo e cantigas de roda. No Teatro, às 18h,Tony Tornado, cantor e ator, com mais de 50 anos de carreira e um dos precursores da soul music e do funk na música brasileira, faz uma apresentação com seus maiores sucessos, acompanhado da banda Funkessencia e do rapper Rappin HoodTony Tornado foi o vencedor do V Festival Internacional da Canção, em 1970, com a canção Soul BR-3. Ao longo da carreira gravou dois discos solo, participou de diversas novelas e interpretou mais de 15 papéis no Cinema.

Cinema

Atrium do Sesc Vila Mariana (1º Andar – Torre A) recebe, entre 15 de novembro e 16 de dezembro a instalação “Olhar Feminino no Cinema Negro Baiano”, onde serão exibidos de forma contínua os curta-metragens “O Dia de Jerusa” (Viviane Ferraz), “Cinzas” (Larissa Fulana de Tal), “O Tempo dos Orixás” (Eliciana Nascimento) e “O Dia que Ele Decidiu Sair” (Thamires Vieira), que trazem um panorama da produção cinematográfica nacional focada na temática negra. O espaço fica disponível para visitação de terça a sexta, das 13h às 21h e aos sábados, domingos e feriados, das 11h às 18h, gratuitamente.

Contação de Histórias

Nos dias 26 e 27 de novembro, sábado e domingo, a Cia. Chaveiroeiro apresenta a contação de histórias “Repertório de Histórias Africanas”, com contos de Gana, São Tomé e Príncipe, Zimbábue e Nigéria e também um repertório que apresenta instrumentos de origem africana com contos tradicionais bantos e iorubás. As apresentações serão permeadas de canções tradicionais e composições originais inspiradas na musicalidade de cada cultura. A entrada é gratuita.

Dança

No dia 11 de dezembro, às 16h, a Praça de Eventos recebe a intervenção Minha Cabeça me Salva ou me Perde, que surgiu como desdobramento da pesquisa do espetáculo Dikanga Calunga, do grupo Nave Gris Cia. Cênica. A inspiração é o universo mitológico afrobrasileiro e os diversos mitos da cosmogonia iorubá e banto e parte da busca por uma linguagem que se instaura no corpo como encruzilhada, lugar de encontros, atravessamentos, desvios e transformações, para criar uma intervenção em que elementos mitológicos confluem com memórias e experiências dos criadores-intérpretes. A Nave Gris Cia. Cênica foi criada em julho de 2012 e atualmente é integrada por Kanzelumuka e Murilo de Paula, em parceria com os músicos Leandro Perez e Sandro Lima e o bailarino Fredyson Cunha

No sábado17 de dezembrosábado, às 21h no Teatro do Sesc Vila Mariana, a Cia. Treme Terra apresenta o espetáculo Pele Negra, Máscaras Brancas. Inspirado no livro Pele Negra, Máscaras Brancas, escrito pelo filósofo Frantz Fanon, o espetáculo se baseia em estudos sobre as relações étnico-raciais no Brasil, traçando um paralelo com a mitologia dos orixás e experiências pessoais relatadas em depoimentos pelos artistas do elenco. O espetáculo conta com a direção de João Nascimento e Firmino Pitanga. A Cia. Treme Terra surgiu em 2006, com o propósito de valorizar, pesquisar e difundir a cultura negra.

Teatro

Na sexta-feira, dia 2 de dezembro, às 20h30, no Auditório do Sesc Vila Mariana, acontece a Leitura Dramática de Arena conta Zumbi,  um dos mais emblemáticos textos da dramaturgia brasileira moderna. Escrito em 1965, por Gianfrancesco Guarnieri e Augusto Boal, com músicas de Edu Lobo, o espetáculo do Teatro de Arena de São Paulo revisita o passado de luta histórica do Quilombo dos Palmares para contar sobre a realidade brasileira presente. Será realizada uma leitura cênica com texto e canções originais de 1965. Para essa leitura, foram convidados atores e músicos ligados a diversos grupos atuantes na cidade de São Paulo, como a Cia. do Latão, Coletivo Negro, Pessoal do Faroeste e Sambadas.

A direção da leitura dramática será feita por Mariana Mayor, que é dramaturga, atriz e professora de história do teatro brasileiro no IA/UNESP. No elenco, Carol NascimentoBruno CaetanoÉrika RochaJé OliveiraLuciano Mendes de Jesus,Sara Mello Neiva e Paloma Franca Amorim. A música fica por conta de Júlio Oliveira e Paulinho Tó (canções de Edú Lobo).

Acesse o Portal Sesc SP para mais informações sobre a programação do projeto Sankofabit.ly/Sankofa2016


Serviço:

Sankofa – Memórias de Mão Dupla

Música

Marcelo Pretto
Participação de Kiko Dinucci
Dia 08 de dezembro, quinta-feira, às 20h30
Local: Auditório (capacidade: 128 pessoas)
Duração: 90 minutos
Classificação indicativa: 12 anos

Venda de ingresso online a partir de 29/11, às 16h e nas bilheterias a partir de 30/11, às 17h30.  Limitado a quatro ingressos por pessoa.

IngressoR$ 20,00 (inteira) l R$ 10,00 (aposentado, pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e servidor de escola pública com comprovante) l R$ 6,00 (trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculados no Sesc e dependentes/Credencial Plena).

Sidmar Vieira Quinteto
Lançamento do álbum Madri Riveais
Dia 15 de dezembro, quinta-feira, às 20h30
Local: Auditório (capacidade: 128 pessoas)
Duração: 90 minutos
Classificação indicativa: 12 anos
 
Venda de ingresso online a partir de 06/12, às 16h e nas bilheterias a partir de 07/12, às 17h30.  Limitado a quatro ingressos por pessoa.

IngressoR$ 20,00 (inteira) l R$ 10,00 (aposentado, pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e servidor de escola pública com comprovante) l R$ 6,00 (trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculados no Sesc e dependentes/Credencial Plena).

O Brasil Africano de Sapopemba
Dia 18 de dezembro, domingo, às 16h
Local: Praça de Eventos (capacidade: 250 pessoas)
Duração: 90 minutos
Livre
Grátis

Tony Tornado e Banda Funkessencia
Participação de Rappin Hood
Dia 18 de dezembro, domingo, às 18h
Local: Teatro (capacidade: 620 pessoas)
Duração: 90 minutos
Classificação indicativa: 12 anos

Venda de ingresso online a partir de 06/12, às 16h e nas bilheterias a partir de 07/12, às 17h30.  Limitado a quatro ingressos por pessoa.

IngressoR$ 25,00 (inteira) l R$ 12,50 (aposentado, pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e servidor de escola pública com comprovante) l R$ 7,50 (trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculados no Sesc e dependentes/Credencial Plena).

Cinema

Olhar Feminino no Cinema Negro Baiano
De 15 de novembro a 16 de dezembro
Terça a sexta, das 13h às 21h
Sábados, domingos e feriados, das 11h às 18h
Local: Atrium (capacidade: 50 pessoas)
Livre
Grátis

Contação de Histórias

Repertório de Histórias Africanas
Com a Cia. Chaveiroeiro
Dia 26 de novembro, sábado, às 17h (Atrium)
Dia 27 de novembro, domingo, às 16h (Atrium)
Capacidade: 50 pessoas
Livre
Grátis
 
Dança

Intervenção Coreográfica: Minha Cabeça me Salva ou me Perde
Com Nave Gris Cia. Cênica
Dia 11 de dezembro, domingo, 16h
Local: Praça de Eventos (capacidade: 250 pessoas)
Duração: 50 minutos
Livre
Grátis

Pele Negra, Máscaras Brancas
Com a Cia. Treme Terra
Dia 17 de dezembro, sábado, às 21h
Local: Teatro (capacidade: 620 pessoas)
Duração: 90 minutos
Classificação indicativa: 14 anos
 
Venda de ingresso online a partir de 06/12, às 16h e nas bilheterias a partir de 07/12, às 17h30.  Limitado a quatro ingressos por pessoa.

IngressoR$ 25,00 (inteira) l R$ 12,50 (aposentado, pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e servidor de escola pública com comprovante) l R$ 7,50 (trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculados no Sesc e dependentes/Credencial Plena).

Teatro

Leitura Dramática e Musicada – Arena conta Zumbi
Direção de Mariana Mayor
Elenco: Carol Nascimento, Bruno Caetano, Érika Rocha, Jé Oliveira, Luciano Mendes de Jesus, Sara Mello Neiva e Paloma Franca Amorim
Música: Julio Oliveira e Paulinho Tó (canções de Edú Lobo)
Dia 02 de dezembro, sexta-feira, às 20h30
Local: Auditório (capacidade: 128 pessoas)
Duração: 90 minutos
Classificação indicativa: 16 anos

Venda de ingresso online a partir de 22/11, às 16h e nas bilheterias a partir de 23/11, às 17h30.  Limitado a quatro ingressos por pessoa.

IngressoR$ 20,00 (inteira) l R$ 10,00 (aposentado, pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e servidor de escola pública com comprovante) l R$ 6,00 (trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculados no Sesc e dependentes/Credencial Plena).

Bilheteria: Terça a sexta-feira, das 9h às 21h30; sábado, das 10h às 21h; domingo e feriado, das 10h às 18h30 (ingressos à venda em todas as unidades do Sesc).

Horário de funcionamento da Unidade: Terça a sexta, das 7h às 21h30; sábado, das 9h às 21h; e domingo e feriado, das 9h às 18h30.

Central de Atendimento (Piso Superior – Torre A): Terça a sexta-feira, das 9h às 21h30; sábado, domingo e feriado, das 10h às 18h30.

Estacionamento: R$ 4,50 a primeira hora + R$ 1,50 a hora adicional (Credencial Plena: trabalhador no comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes). R$ 10 a primeira hora + R$ 2,50 a hora adicional (outros). 200 vagas.

Sesc Vila Mariana
Rua Pelotas, 141, São Paulo - SP
Informações: 5080-3000
sescsp.org.br
Facebook, Twitter e Instagram: /sescvilamariana
Share this article

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2014 Noticiário Periférico • All Rights Reserved.
Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top