quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

Em novo clipe, RDO relata a cena HipHop na internet e toda a transição das mídias de difusão do Rap

Como era o Rap na internet à 10 anos atrás?

Em novo clipe, RDO relata a cena HipHop na internet e toda a transição das mídias de difusão do Rap  

Muitos talvez não saibam, mas o Rap está na internet desde sempre. Afinal foi nela que muitos encontraram a oportunidade de divulgar seu trabalho  sem depender “Jabás” e meios tradicionais inacessíveis .

RDO, ex-membro do selo 1ª Custódia fala sobre isso em seu novo clipe “Os correria do Jogo”. Música que foi lançada originalmente em 2007, mas re-lançada recentemente para o seu disco remix “Facinorologia- O prefácio - Recapitulado”.

Assista o vídeo



“Faço Rap desde 1996. No ano 2000 já comecei a focar na divulgação dos meus trabalhos pela internet” comenta RDO.

Mas mesmo, sendo um território livre, a internet ainda era um caminho complicado: “De 2000 até 2008, as coisas não eram fáceis…nem todos tinham acesso à rede e não era tão fácil 
gravar as próprias músicas, como é hoje. Havia também uma desvalorização dos trabalhos que não tocavam na rádio ou não apareciam na MTV” completou.

"Por isso fiz essa música para relatar um pouco do que via naquele momento. Acho que foi um momento importante na história do Rap nacional. 
Era o momento de transição para o que temos hoje, que ao meu ver, tornou-se o maior meio de difusão da nossa arte. Nessa época surgiram sites, como o Bocada forte, Rapevolusom, RapNacional, entre outros, 
além de blogs como o Slupmi que contribuíram muito para a divulgação de diversos artistas e consequentemente da cena nacional, inclusive com a criação de mixtapes, algo que era novo aqui.” ressalta o Rapper que 
participou desses trabalhos através do seu antigo grupo“O Real L.A.D.O-B”.

Foi então, que no sentido de relatar a história, através dos meios de distribuição que possuímos hoje, surgiu a ideia de relançar o disco e produzir alguns clipes. Este especificamente, é uma 
homenagem à várias pessoas que participaram daquela época. Muitos não estão na ativa, mesmo sendo bons MC’s, não conseguiram estabelecer formas de viver de seu trabalho naquele tempo e por esse e tantos 
outros motivos, achei fundamental registrar isso. Muitas vezes, converso com apreciadores da cultura e falamos sobre muitos rappers dos anos 90 que construíram a cena daquela época. Nós fomos meio
que uma continuidade e creio ajudamos a construir algo em  um momento importante, a transição do meio que se tornou o principal forma de expressão da nossa cultura”. finaliza

O disco com essa e mais músicas se encontra disponível no spotify, iTunes, apple music, google music entre outras.

Para saber mais, siga:

Instagram: @rdo_don_furlani
Share this article

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2014 Noticiário Periférico • All Rights Reserved.
Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top