sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

Abram alas pro "Meu Bloco", o novo clipe do Rincon Sapiência



Abram alas pro rap
O rapper Rincon Sapiência evoca Carnaval e afrodescendência no videoclipe do single “Meu Bloco”


                                                                                                                   
Hoje (24 de fevereiro), véspera do Carnaval, o rapper Rincon Sapiência lança o videoclipe e o single “Meu Bloco” nas suas redes sociais e principais plataformas de streaming. O lançamento promete surpreender o público ao misturar trap, rap e samba com rimas inspiradas em referências da maior manifestação da cultura popular brasileira. Em meio ao atual movimento de retomada do Carnaval de rua em todo o país, que este ano contará pela primeira vez com blocos específicos dedicados ao rap, “Meu Bloco” traz versos repletos de alusões às tradicionais figuras da festa, que tem como protagonistas em sua gênese os afrodescendentes brasileiros tanto no aspecto rítmico-musical quanto na dança.
 
Assim, Rincon Sapiência deslancha o seu já tão aclamado flow num som que ele mesmo define como afrorap e que exalta o empoderamento através da cultura preta com metáforas contundentes, uma das marcas registradas de seu discurso, que se somam aos sons de tamborins e de uma bateria, ambientando o ouvinte à atmosfera de Carnaval que dita o tom da música e do videoclipe. Produzida pelo próprio Rincon, a faixa conta com scratches do Dj Luba Construktor, que também o acompanha nos palcos. O videoclipe, uma realização da Boia Fria Produções , foi dirigido por Jorge Dayeh (Anão) e gravado em um ousado plano sequência no barracão da escola de samba paulistana Pérola Negra, o que lhe confere originalidade ao adotar uma estética carnavalesca de raiz.
 
Após o sucesso do single e do videoclipe de “Ponta de Lança (verso livre), que em menos de dois meses já conta com mais de 2,6 milhões de visualizações no Youtube e mais de 1 milhão no Facebook, com “Meu Bloco” Rincon Sapiência prepara os fãs para o seu tão aguardado álbum de estréia “Galanga Livre”, em maio, que trará ao público o resultado de sua imersão no universo da música africana e da incessante busca por suas raízes musicais. Produzido pelo próprio rapper, o disco conta com coprodução e mixagem do experiente William Magalhães, líder da Banda Black Rio, e masterização de Arthur Joly. Para além de sua irreverência, o rapper mostra no álbum a justa medida entre balanço e romantismo, formula mágica de discos consagrados da nossa música até então pouco presente no rap nacional, trazendo influências da negritude que vão desde a capoeira até o blues, passando pelo coco e pela tropicália, até o afrobeat, permeadas pela veia rock and roll que caracteriza a obra de Rincon, que também é conhecido na cena pelo seu vulgo Manicongo.
 
+ Rincon Sapiência
Com a originalidade de suas composições, marcadas por influências das músicas africana, eletrônica, jamaicana e vertentes do rock, desde o ano 2000, o artista traduz em versos inteligentes e sagazes as experiências vividas nas ruas da periferia paulistana desde os anos 80. Abordando questões raciais e sociais no contexto da metrópole, Rincon Sapiência apresenta um rap com clima de positividade, sem prejuízo à postura crítica do discurso, resultado da sua notável fome de rima aliada à sua habilidade nata de jogar com as palavras. Versátil, ele também atua como beatmaker em seus próprios trabalhos.
 
Em 2005, Rincon lançou sua primeira faixa, intitulada “Aventureiro” e, em 2008, participou no disco solo de Kamau, Non Ducor Duco, nas faixas “Porque eu Rimo” e “Tambor”. No ano seguinte, se firmou como protagonista na cena rap com o sucesso “Elegância”, cujo videoclipe entrou na programação da MTV Brasil e foi indicado ao VMB 2010 na categoria Melhor Videoclipe de Rap. No mesmo ano, Rincon Sapiência participou do álbum Projeto Paralelo, da banda NX Zero, na faixa “Tarde pra Desistir”.
 
A referência e a exaltação de temas relacionados à negritude e às raízes africanas são frequentes nas músicas de Rincon Sapiência, que abordam a consciência e a valorização da afrodescendência, reconhecidas em solo africano durante os renomados festivais dos quais Rincon participou em 2012 (Festival 2H, em Dakar, Senegal; e Festival Asalam Maleikum Hip Hop, na Mauritânia). Em 2014, Rincon lançou o EP SP Gueto, com oito faixas oficiais e duas faixas bônus. Um dos destaques do rap nacional daquele ano, o EP foi em grande parte produzido pelo próprio Mc, e traz uma forte identidade musical, com influências das músicas eletrônica, rock, ska, reggae, samba, timbres 808 e até o clássico estilo boombap dos anos 90.
 
Lançado em maio de 2016, o videoclipe “A Coisa Tá Preta”, deu ao público uma pequena amostra das possíveis sonoridades e temáticas do primeiro álbum. Em clima de festa, um time de dançarinos e figurantes representa a diversidade da beleza negra no clipe, reforçando o ideal de que os negros também descendem de reis e rainhas africanos, uma constante nos trabalhos de Rincon Sapiência. A universalidade da música e dos temas abordados pelo repertório de Rincon favorecem o seu trânsito em outros círculos que não sejam necessariamente periféricos. Sua forte identidade artística, reforçada por um estilo original, também está presente nos clipes "Elegância", "Transporte Público", “Linhas de Soco”, "Profissão Perigo" e "Coisas de Brasil".

 
A estreia como ator veio nas telonas em 2013, ao contracenar com o ator Wagner Moura no filme "A Busca", dirigido por Luciano Moura, seguida da participação no filme “Jonas”, dirigido por Lô Polliti, do qual também participaram os rappers Criolo e Karol Conka.
 
 
FICHA TÉCNICA “MEU BLOCO”
 
Realização: Boia Fria Produções
Produção de vídeo: CãoComAsas
Direção: Jorge Dayeh (Anão)
Assistente de direção: Fernanda Calil
Direção de fotografia: Fernando Augusto
Roteiro: Jorge Dayeh (Anão)
Movimento: Daniel Santi
Assistente de câmera: Laurent Refalo
Coordenação de produção: Fernanda Calil
Produção Executiva: Mariana Bergel
Produção geral: Paulo Cavalcante
Color Grading: Marcelo Krowczuk
Making Off: Hesly Silva
Tradução (ingles): Kiko Latino
 
MÚSICA
 
Produção musical: Rincon Sapiência
Composição: Rincon Sapiência
Scratches: DJ A.S.M.A.
Selo: Boia Fria Produções
 
ELENCO
 
Flai Tanda
James Bantu
Kaique Jesus Marques de Azevedo
Leilane Yasmin
Leonardo Rodrigues
Márcio Maciel (Cito Pérola Negra)
Natasha Kelly Butarelli (Nega)
Paulo Cavalcante
 
AGRADECIMENTOS
 
Mano Brown
Dinho (presidente G.R.E.S. Pérola Negra)
Barracão Pérola Negra
Base 1 Locadora
Monstercam Locadora
Ale Cabelo
Jardel Itocazo
Thomaz Favaro
Gustavo Tristão
Share this article

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2014 Noticiário Periférico • All Rights Reserved.
Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top