sexta-feira, 23 de março de 2018

Grupo Legítima Defesa faz residência artística no Sesc Pompeia


Grupo Legítima Defesa_Foto Cristina Maranhão

E se Brecht fosse Negro?”. Essa é uma das provocações para o próximo espetáculo de teatro do coletivo Legítima Defesa. O grupo dá continuidade ao seu processo de criação por meio de uma oficina a ser realizada no Sesc Pompeia, de 13 a 24 de março. Ao fim da atividade, no dia 24, às 16h, acontece uma intervenção poético-política partir dos desdobramentos da imersão para o novo trabalho da Cia., que terá como base o texto brechtiniano O Julgamento de Lupulus.

O projeto parte da elaboração poética e política da imagem da negritude, seus desdobramentos sociais históricos e seus reflexos na construção da “persona negra” no âmbito das linguagens artísticas.

Legítima Defesa
O Legítima Defesa é um grupo de artistas, atores e atrizes de ação poética e política. O grupo foi formado a princípio por atrizes e atores negros que faziam parte do elenco de Exhibit B, do sul-africano Brett Bailey, que investigava a exploração na África colonial e pós-colonial, e foi contestado por movimentos negros do Brasil. Depois que o espetáculo foi cancelado os envolvidos decidiram, sob a direção de Eugênio Lima, idealizar como direito de resposta a performance poético-política Em Legítima Defesa, apresentada na MITsp 2016.

Integrantes: Eugênio Lima, Walter Balthazar, Gilberto Costa, Luz Ribeiro, Junior Cabral, Jhonas Araújo, Palomaris Mathias, Tatiana Rodrigues Ribeiro, Nádia Bittencourt, Fernando Lufer, Luiz Felipe Lucas e Luan Charles.

Eugênio Lima
Membro Fundador do Núcleo Bartolomeu de Depoimentos e da Frente 3 de Fevereiro, Diretor e fundador do Coletivo Legítima Defesa e sound designer do coletivo JUANITA. Dj, ator-MC, pesquisador da cultura afro-diásporica, professor de sonoplastia da Escola SS de Teatro, apresentador do programa Vitrola Livre da Radio UOL.

SERVIÇO
Black Brecht - E Se Brecht Fosse Negro? Em busca de uma nova Humanidade PossívelCom Coletivo Legítima Defesa

Processo Criativo: 13 a 24 de março – VAGAS PREENCHIDAS
Intervenção aberta ao público: 24 de março, sábado, às 16h, em vários espaços do Sesc Pompeia.

Ingressos: Gratuito.


Classificação indicativa: Livre

Sesc Pompeia – Rua Clélia, 93.
Não temos estacionamento. Para informações sobre outras programações, acesse o portal sescsp.org.br/pompeia


Nos acompanhe!