quarta-feira, 18 de maio de 2016

Você Repórter da Periferia abre inscrições com oficinas de jornalismo para jovens em São Paulo





O projeto oferece oficinas teóricas e práticas de jornalismo para jovens a partir de 16 anos, com o objetivo de divulgar o trabalho dos coletivos culturais da cidade. As inscrições estão abertas até 30 de maio.

O Você Repórter da Periferia, projeto de jornalismo comunitário desenvolvido pelo Coletivo de Comunicação Desenrola E Não Me Enrolachega à sua 3° edição, oferecendo 30 vagas para jovens de todas as regiões da periferia de São Paulo participarem de oficinas teóricas e práticas de jornalismo. Em 2016, as oficinas do projeto serão focadas em desenvolver as seguintes habilidades nos participantes: jornalismo web, redação para redes sociais, vídeo reportagem, técnicas de reportagem, fotojornalismo, filmagem,  edição de vídeos, revista digital e produção de conteúdo móvel.
“A edição de 2015 foi um sucesso, pois conseguimos atrair para o coletivo seis jovens que se destacaram ao longo do projeto. E a partir de agora, eles também serão instrutores e isso é importante para mostrar aos participantes que o projeto não oferece apenas uma oportunidade de formação, mas também é uma oportunidade para se engajarem socialmente”, afirma Flávia Lopes, designer gráfico e instrutora de oficinas de fotografia.

De acordo com Flávia, em 2016, o projeto vai reforçar suas ações para destacar o protagonismo jovem na periferia de São Paulo. “Estamos passando por um momento político no qual o domínio da interpretação da informação divulgada pela grande mídia é de fundamental importância para a construção de uma postura mais reflexiva e crítica, principalmente para os jovens da periferia” destaca a instrutora, lembrando que um dos objetivos do projeto é desenvolver o senso crítico nos jovens sobre as práticas jornalísticas da grande imprensa brasileira.
Outra iniciativa inovadora do Você Repórter da Periferia é apresentar a produção cultural da periferia para os jovens participantes das oficinas. “Durante o projeto eu conheci lugares que jamais imaginei que existiam na periferia de São Paulo. E o contato realizado com os articuladores culturais e moradores das comunidades durante a realização das reportagens  foi extremamente rico, pois eu me tornei mais humana e atenta à realidade social e cultural da periferia”, conta Nicole Rodrigues, aluna do projeto em 2015 e que este ano irá ministrar oficinas de filmagem e edição.
Além de Nicole, moradora da Vila Missionária, zona sul de São Paulo, mais cinco jovens de diferentes regiões farão do parte do projeto, como instrutoras de oficinas. Entre elas estão Thalita Monte Santo de Guarulhos, Paula Domingues do Jardim Jaqueline, Brenda Torres de Interlagos e Sabrina Nascimento e Andreza Sousa, ambas moradoras do Grajaú.
Flávia destaca que o objetivo central do Coletivo é formar um núcleo de comunicação na periferia de São Paulo. “Queremos consolidar a produção de um núcleo de comunicação e jornalismo cultural constituído por jovens da periferia e as duas últimas edições do projeto, realizadas em 2014 e 2015 mostram o quanto isso é possível e importante para educar, informar e orientar socialmente estas pessoas”, conclui.
Os interessados em participar do projeto devem fazer sua inscrição clicando aqui, ou  enviando um e-mail para –desenrola.jornalismo@gmail.com – e  aguardar as instruções para o processo de matricula das oficinas que serão realizadas no núcleo educacional FiloCzar – Escola Livre de Filosofia, Ciência e Arte, localizada na rua Durval Guerra de Azevedo, 511 – Pq. Santo Antônio, zona sul de São Paulo.
Confira o vídeo das inscrições 2016 no link abaixo!



 Sobre o Desenrola E Não Me Enrola - http://desenrolaenaomenrola.com.br/    
O Desenrola E Não Me Enrola tem o objetivo de atuar na veiculação de informação sobre os fatos socioculturais que acontecem na periferia de São Paulo. A partir desta premissa, buscamos destacar um olhar positivo nas reportagens escritas e em vídeo que abordam o que de melhor acontece na música, teatro, esporte, literatura e ações desenvolvidas por articuladores culturais das comunidades. Além do olhar jornalístico, o Desenrola desenvolve projetos de educomunicação para jovens da periferia, ressaltando a importância do jornalismo comunitário para a formação de cidadãos mais conscientes e integrados com a realidade sociopolítica do país. A cada reportagem realizada, construímos um relacionamento com articuladores e artistas para entender quais as suas necessidades e pontos fortes a serem destacados na sociedade. Com o amadurecimento destas informações, desenvolvemos a proposta do I Congresso de Escritores da Periferia de São Paulo, um evento que visa destacar a literatura periférica e seus escritores.


Share this article

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2014 Noticiário Periférico • All Rights Reserved.
Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top