sexta-feira, 31 de agosto de 2007

Entevista com Thaide...



Após o fim da dupla Thaíde & Dj Hum, cujo último álbum foi lançado em 2000, “Assim Caminha a Humanidade”, todos ficaram na expectativa do novo álbum do Thaíde, que após alguns anos de espera, foi lançado no final do ano passado (2006). É um trabalho de primeira e que conta com o super hit “Prá Cima”, que faz a cabeça da galera nos melhores bailes black de São Paulo.
Tivemos a honra de entrevistar este ícone do Hip Hop Nacional. Confira:

Planeta Black - Musicalmente falando, que diferenças você destacaria entre a dupla Thaíde & DJ Hum e o Thaíde em carreira solo?
Thaíde - A diferença é que eu com o DJ Dri tive que criar, desenvolver e montar o disco, ou seja, pela primeira vez fiz um disco sem o meu velho parceiro de produção. Dessa forma, pude ver que aprendi alguma coisa, e essa independência me fez bem.

Planeta Black -Muitos torciam ansiosamente pela volta do Thaíde, mas segundo a faixa 2 “Então Toma” também tinha gente torcendo contra. Fale sobre esta oposição.
Thaíde - Infelizmente sempre tem alguém torcendo contra você por algum motivo, e comigo não é diferente. E essa música diz, de maneira bem nítida que estou preparado pra quem esta contra a minha pessoa.”Pode vir que to no apetite também!”.

Planeta Black - Hoje há vários trabalhos bons de rap nacional, não só de iniciantes, mas também de gente que já ta no cenário há algum tempo, e parece não haver espaço (ou meios) suficiente para levar as músicas para conhecimento do público que aprecia o rap. Como você avalia esta situação?
Thaíde - Essa situação vai mudar quando começarmos a pensar e agir como artistas de verdade, nos unirmos mais e pensar de maneira coletiva. Porque por enquanto, alguns de nós, só querem fazer barulho e agradar os amigos. Não pensam em conquistar um grande publico. Desse jeito fica difícil mesmo.


Planeta Black - E Os Donos da Cidade? Como surgiu essa banca?
Thaíde - Os DDC surgiram pra oferecer musica que fala de diversão e apresentar um show diferente pro público. Por enquanto somos nós; Eu, GTA, LORD LÉO, DJ SPAIQ, JUBARTE, DE CONCEITO e DJ DRI, mas os DDC não tem limites e podemos ser uma das maiores bancas do rap de SP.

Planeta Black - Na série “Antonia” você pareceu bastante à vontade na interpretação de seu papel. Você pretende explorar mais este lado ator?
Thaíde - Pretendo seguir trabalhando. Foi uma surpresa pra mim também, até ganhei um prêmio de melhor ator coadjuvante no festival de cinema de Goiânia, mas me recuso a dizer que sou ator, apenas interpreto bem o meu papel.

Planeta Black - O que aconteceu com o Yo! MTV?
Thaíde - Também não sei. Saí de lá pra fazer o Antonia e eles tiraram o programa do ar. Preferiram fazer isso ao invés de investir na qualidade do programa.

Planeta Black - Fale sobre seu livro (“Pergunte a quem conhece: Thaíde”) e sobre essa experiência como escritor.
Thaíde - É uma ótima experiência, o Cezar Alves, jornalista que escreveu o livro e me acompanhou por alguns meses, fez um ótimo trabalho. Estamos pensando num segundo livro, mais autobiográfico.

Planeta Black - Como nossos leitores podem adquirir o CD “Thaíde Apenas” e/ou o livro “Pergunte a quem conhece: Thaíde”?
Thaíde - É só ligar no 3255-0472 (Glauber Produções) e falar com o Tiko, ou também no 6950-4398 (Chapa Kent) falar com quem atender.

Planeta Black - Últimas considerações?
Thaíde - Agradeço a vocês pela oportunidade, e peço desculpas pela demora com que respondi essas perguntas.Muito obrigado!


Fonte:>>http://www.planetablack.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário