sexta-feira, 26 de outubro de 2007

Novo álbum de Nas continua gerando polêmica


Um sócio de assembléia de Nova York solicitou que o Universal Music Group mude o título do novo álbum de Nas, ou perderá $84 milhões em investimentos.

Nas anunciou o polêmico título de seu álbum em um show ocorrido a duas semanas atrás, recebendo críticas do reverendo Jesse Jackson e da NAACP (Associação Nacional para o Progresso de Pessoas de Cor).

Apesar do tumulto causado pela divulgação do nome do álbum, Nas disse que não mudaria o título e que a Def Jam, uma subsidiária da Universal, não ofereceu nenhuma resistência a sua decisão.

Segundo o jornal Brooklyn Paper, o sócio de assembléia de Fort Greene, Hakeem Jeffries, teria pedido para o controlador Thomas DiNapoli retirar os $84 milhões que o estado investiu na Universal.

Eles estão se beneficiando de uma calúnia racial que tem sido usada para desumanizar pessoas de cor durante séculos, disse Jeffries. Chegou a hora do Nas e outros artistas do hip-hop limparem seus atos e pararem de entupir as ondas de rádio com a palavra "Nigger."

A Universal não se pronunciou a respeito até o momento.

Um comentário: