quarta-feira, 26 de março de 2008

Matéria do Los Angeles Times sobre atentado contra Tupac pode ter sido fabricada


A bombástica reportagem que o LA Times publicou afirmando que Sean “Diddy” Combs e Notorious B.I.G. tiveram participação direta no atentado contra Tupac em 1994 pode ter sido uma grande farsa.



Segundo o site The Smoking Gun, James Sabatino, um ex-afiliado da Bad Boy que está cumprindo doze anos de prisão na Pensilvânia, criou os documentos que foram a base para a reportagem que o Los Angeles Times publicou no dia 17 de março.



A matéria sugere que o atentado a tiros contra Tupac em 1994 foi planejado e executado por Diddy e seus afiliados. Os supostos relatórios do FBI e processos apresentados por Sabatino foram aparentemente criados na penitenciária federal de Allenwood na Pensilvânia, e não foram encontrados nos bancos de dados do FBI.

Chuck Phillips, o repórter que escreveu a matéria sobre o atentado, não se pronunciou a respeito até o momento. O editor do Los Angeles Times, Russ Stanton, emitiu a seguinte declaração através de um representante: Foram levantadas questões sobre a autenticidade dos documentos que usamos na história sobre o ataque contra Tupac Shakur em Nova Iorque. Estamos levando isso muito a sério e já começamos nossa própria investigação.




Fonte: Central do Rap

Nenhum comentário:

Postar um comentário