terça-feira, 25 de março de 2008

Nate Dogg passará três anos em condicional


O ex-cantor de R&B da Deathrow Records, Nate Dogg, se declarou culpado de acusações de agressão e ofensa relacionadas a um incidente ocorrido em 2006.

Nate, cujo nome verdadeiro é Nathaniel Hale, invadiu uma casa onde sua ex-namorada morava com a mãe em Huntington Beach, cidade localizada no litoral do Condado de Orange, no Estado da Califórnia. O cantor teria agredido a ex-namorada e deixado a residência.

Segundo o TMZ, Nate se declarou culpado de ofensa grave e agressão na corte do Condado de Orange no dia 20 de março.

Nate foi condenado a cumprir três anos de condicional e está proibido de portar uma arma por dez anos. Ele também terá que passar por um programa de reabilitação e reeducação para homens autores de violência doméstica.

Nate Dogg começou sua carreira como integrante do grupo 213, que contava com Warren G e Snoop Dogg. Ele desempenhou um grande papel no sucesso da Deathrow Records no começo dos anos 90, aparecendo nos álbuns The Chronic de Dr. Dre, Doggystyle de Snoop Dogg e All Eyez On Me de Tupac Shakur.

Como noticiado anteriormente, o cantor está se recuperando de um derrame sofrido no ano passado que o deixou com o lado esquerdo do corpo paralisado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário