sexta-feira, 21 de março de 2008

Young Buck diz que nunca recebeu royalty da G-Unit nem da Interscope


Embora rumores de que se reencontrou com The Game, de que estaria regressando a Cash Money Records e de um fracasso percebido ao participar de algumas rivalidades, fazendo com que sua lealdade a G-Unit fosse questionada, Young Buck sempre disse que é leal a G-Unit. Mas parece que essa lealdade não vem na frente da parte financeira. Numa recente entrevista, o rapper de Nashville revela que, embora as turnês com a G-Unit sejem lucrativas, ele nunca recebeu um cheque de royalties da Interscope ou da G-Unit.

"Eu sou o único membro da G-Unit que nunca recebeu os descontos de seu álbum, o que significa eu lucrei muito no projeto 'Buck The World' mas não devido a Interscope ou a G-Unit", explica Buck. "Posso dizer muitas coisas. Ainda estou esperando um cheque de royalty. Eu não vejo um cheque de royalty desde quando assinei com a G-Unit. Portanto, droga, eu vou lhe dizer uma maldita coisa, o dinheiro é para mostrar que isso é bom. Eu nunca na minha carreira troquei um cheque de royalty. Como você pode gostar disso?"

Os montantes utilizados pela G-Unit e pela Interscope para promover os álbuns 'Straight Outta Cashville' e 'Buck The World' não se tornaram públicos. No entanto, durante uma entrevista, Buck admitiu que ele não estava entusiasmado com o valor gasto na comercialização e promoção de seus projetos.

"Eu pude sentir que mais algumas coisas poderiam ter sido feitas pela Interscope, como o marketing do meu projeto", acrescenta Buck. "Sabe, me dando um pouco mais de orçamento para vídeos e novidades."

'Straight Outta Cashville' foi certificado pela RIAA como tendo mais de 1 milhão de cópias vendidas, a partir de janeiro de 2005. De acordo com a Nielsen SoundScan, 'Buck The World' já vendeu mais de 500.000 exemplares desde o seu lançamento. Além disso, o álbum da G-Unit 'Beg For Mercy', no qual Buck contribuiu, já vendeu mais de 2 milhões de cópias.

Tanto os representantes da G-Unit quanto os representantes da Interscope ainda não responderam às reclamações.

Um comentário: