terça-feira, 15 de abril de 2008

Entrevista com Yukmouth (2008)


Essa entrevista é leitura obrigatória para os fãs de Yukmouth. Como podem ver ela ficou grande, porque ele resolveu falar sobre tudo que está acontecendo e o que vai acontecer agora que ele está fora da Rap-A-Lot Records. Ele fala sobre o seu descontentamento com a Rap-A-Lot pelo modo como promoveram, ou não promoveram, o seu album Million Dollar Mouthpiece, sobre o Hyphy, sobre o rap na Bay Area, sobre vários projetos que ele tem para o futuro, sobre novos projetos da banca The Regime, sobre sua gravadora Smoke-A-Lot Records, e sobre o grupo The Luniz, formado por ele e Numskull, ele e Numskull têm trocado "disses" através da internet nos últimos meses, e Yukmouth simplesmente engoliu, mastigou e cuspiu o Numskull, depois dessa entrevista não vejo mais futuro no The Luniz. Então é isso, boa leitura...


WorldWideConnected.com: Quando nos falamos pela última vez você estava se preparando para lançar seu último album pela Rap-A-Lot Records, Million Dollar Mouthpiece. Ele foi lançado recentemente, nos fale sobre isso e sobre as mudanãs feitas nesse periodo.

Yukmouth: Já tem uns 4 anos, demorou bastante porque eu estava negociando para sair do meu contrato. Eu fiquei na Rap-A-Lot por muito tempo. Eu senti que tinha cumprido meu tempo e tive que realmente fazer uma greve. Por isso a demora. Eu pensava "eu não vou liberar esse album se vocês não me deixarem ir embora", ponto final. ENtão fiz greve e comecei a ganhar meu dinheiro com as mixtapes. Eu ganhei quase $ 250,000 somente com mixtapes, sem citar os DVD's, meus outros projetos como Thug Lord Trilogy, os trampos com Killa Klump e os outros albuns que eu fiz. Só dinheiro das minhas mixtapes, e eu estava vivendo bem e vendendo bem. Eu estava ganhando $6 por mixtape e tinha um contrato de distribuição pra elas. Minhas mixtapes estavam nas prateleiras da Sam Goodys... Eu estava ganhando $6 por mixtape de um total de 7-10,000 mixtapes toda vez que lançava uma, então nõ estava preocupado em lançar o album. Alguns manos não ganham $6 em seus albuns, eu estava ganhando isso com mixtapes. Eles falharam comigo. Minha greve funcionou porque finalmente eles me deram meu papéis de saida da gravadora e eu disse "ok, esse vai ser o último album". Eu não queria dar esse album para eles porque era muito louco, mas eles insistiam "nós queremos esse último album". Assim que eles pagaram por ele eu resolvi entregar numa boa e procurar outra gravadora para ganhar meu dinheiro. Só dei o album para cumprir o contrato e sair da gravadora. Foi uma guerra, e eu sai vitorioso e agora estou fora da gravadora. Eu não fui mandado embora. Eu queria sair por isso fizemos esse acordo e estou numa boa. O album continua louco, não importa o que eles façam com ele, quer eles promovam ou não. Meus fãs sabem que o album é louco, um clássico de Yukmouth, não importa o que eles façam com a capa, com as participações, ele vai vender sozinho. Meus fãs amam esse album e eles não podem mudar isso.

WorldWideConnected.com: Então era essa politica que estava acontecendo nos bastidores que os fãs não sabiam?

Yukmouth: Sim, tudo politica. Eu estava discutindo com a gravadora. Tinhamos que sumariar tudo para que no final tudo ficasse certo. Eu e J Prince chegamos num acordo. Estou fora com o lançamento desse album. Posso fazer o que quiser, ganhar meu próprio dinheiro e ficar de boa. Estava cansado desse negócio de contrato de artista sendo que estava ganhando tanto dinheiro com as mixtapes e outros projetos. E pensei "e se eu assinar eu mesmo?". Imagine quanto dinheiro eu vou ganhar. Foi nesse ponto que eu cheguei, cansei desse negócio de artista.

WorldWideConnected.com: O album era para ser originalmente duplo, e foi lançado como um único disco. Faixas foram removidas?

Yukmouth: Não, quer dizer, muitas faixas foram removidas. Algumas das faixas que eu coloquei em minhas mixtapes não sairam porque eu senti que se eu colocasse elas na minha mixtape seriam músicas velhas. Então algumas das que foram para as mixtapes não sairam, e era para ter um DVD junto, por isso seria duplo. Mas eu não fiz o DVD - Million Dollar Mouthpiece DVD. Eu continuo fazendo ele, mas vou lançar o DVD separado, porque como você pode ver eu não sou o produtor executivo, é só o J Prince, mas eu vou ser o produtor executivo do meu DVD.

WorldWideConnected.com: Então o segundo disco não era para ser um CD de música, e sim um DVD?

Yukmouth: Exatamente!

WorldWideConnected.com: Vamos falar sobre a Bay. Há muitos aspectos na cultura Hip-Hop da Bay Area atualmente. Você tem música dos mafiosos, Yukmouth e outros, tem o movimento Hyphy, tem os drinques energéticos, acessórios, roupas, etc... Como você definiria a cultura da Bay Area em 2008?

Yukmouth: Estamos tomando o planeta de assalto, basicamente. Agora estou trabalhando com 100 Racks, e em breve vamos fazer nossos próprios Blunts. Nossa própria compania de cigarros. Eu vou lançar o Yukmouth Peach Optimos - minha própria marca, então os fumadores de verdade apoiem seu mano. Parem de dar dinheiro para essas corporações e apoiem os patrões negros como 100 Racks, os cigarros 100 Racks e os drinques energéticos 100 Racks, porque ele não se preocupa só com os artistas, mas com o gueto também. E-40 lançou sua própria vitamina, eles tem o drinque Hyphy... está em todo lugar e o movimento Hyphy está comandando tudo. Por todo lado da Bay Area. É o novo movimento.

WorldWideConnected.com: Como Yukmouth se encaixa nisso tudo, a cultura HIp-Hop na Bay?

Yukmouth: Porra, eu sou a Bay mano. Eu represento a Bay com idéias quentes, com meu gangsta shit. Hyphy é verdadeiro falando das danças/ agir como louco. Hyphy é gangsta também, não confundam, mas toda aquela dança, e aqueles óculos gigantes, aquelas roupas doidas e os caraios. Eu não faço isso mano, eu faço a minha, me visto bem tá ligado. Falo a realidade das ruas, não sobre fazer festas e ficar doidão dançando no carro. Essa é a diferença, eu represento o outro lado da Bay, a parte onde é perigoso, gangsta, periferia. Eu represento isso, e eles representam o Hyphy, a alegria, a dança, andam com o carro pra todos os lados. Tudo isso é cultura da Bay. Nós criamos os Pimps, Playas, Gangstas e Hustlas. Começamos o Hyphy, quando Too Short e Hammer chegaram, manos como E-40. É tudo parte da cultura da Bay.

WorldWideConnected.com: Então basicamente são diferentes aspectos da mesma coisa...

Yukmouth: Exatamente. Nem tudo é Hyphy, é apenas aspectos diferentes da Bay. Nem todo mundo curte Hyphy. Cada um tá na sua dependendo de sua área.

WorldWideConnected.com: A última vez que nos falamos você disse que tinha sumariado a maioria das suas tretas. Como você vê a união, ou a falta de união, dos artistas da West Coast atualmente?

Yukmouth: Está uma merda. É por isso que nunca vamos voltar. Como eu disse antes vai ser preciso mais do que um artista da West Coast, mais do que um album do Dr. Dre, um album do E-40. Vai ser preciso mais que isso para trazer a West Coast de volta. É preciso união, vai ser preciso 5 ou 6 bons artistas em uma faixa como fez o DJ Khaled, ou esses outros rappers do Sul, colocando 9 ou 10 artistas em uma faixa e colocam o Akon no refrão. Você não pode perder, precisamos melhorar. Estou dizendo, um artista só não vai nos levar de volta. Precisamos nos unir para criar impacto que eles estão fazendo no Sul, na East Coast, no Mid-West, temos que nos unir e ganhar dinheiro juntos. A West Coast continua separada. Por isso estamos perdendo.

WorldWideConnected.com: Com a atitude de alguns artistas da West Coast, você acha que isso é possível?

Yukmouth: Sim, é possível. Eles fizeram a West Coast Conference, que juntou vários manos. Não durou muito, mas ele uniu os manos que começaram a trabalhar juntos. Meu album é um exemplo de união da West Coast porque eu tenho manos de L.A. no meu album e manos da Bay Area. Estou tentando unir toda a West, tenho OG's e YG's no meu album. Os novatos como Glasses Malone, The Team, eles tem feito bastante barulho. Eles estão dominando o jogo agora. Tenho os OG's, manos como Short, MC Eiht, Jayo Felony, Richie Rich, C-Bo, Devin The Dude. Eu represento união em todo meu album, velha escola e nova escola, lado Norte e lado Sul. Eu represento isso e outros artistas deveriam fazer isso na West Coast, trabalhar um com outro ao invés de gastar todo esse dinheiro com outro maluco. Represente sua região, represente sua zona, assim todos vamos subir.

WorldWideConnected.com: Então isso coincide com todo o conceito de Million Dollar Mouthpiece?

Yukmouth: Exatamente! O conceito todo é união. Através da união vamos ganhar mais dinheiro.

WorldWideConnected.com: Você pode definir o conceito de Million Dollar Mouthpiece, o conceito do album?

Yukmouth: É eu explicando porque sou o Million Dollar Mouthpiece. Vários manos não sabem, mas eu não só escrevo todas as minhas letras mas eu também escrevo os refrões. Mesmo que eu não cante o refrão eu escrevo. Nesse album só não escrevi uns 3 ou 4 refrões, que são as músicas do Matt Blaque. Mas as outras... pow, eu escrevi cada refrão, seja canto, seja uma fala ou qualquer coisa, eu escrevo todos os refrões. E eu mesmo gravo. Eu faço vozes diferentes e alguns baratos como a Intro da West Coast Don, os manos nunca iriam saber que fui eu, mas sou eu... Linno Da Winno sou eu. No meu album Million Dollar Mouthpiece eu faço algumas mudanças. Eu faço uma voz sinistra, suave, eu fiz o refrão de "Welcome To The Bay", soa como ópera mas sou eu em todo o refrão, ficou um pouco gótico também. Eu também posso fazer. Eu posso mudar tanto minha voz que é por isso que digo que sou o Million Dollar Mouthpiece, porque posso fazer várias vozes. Alguns manos só conseguem atingir umj tom e fazer isso, ou aquilo,, eu posso fazer um monte de coisa. Mano, após eu parar com o rap eu provavelmente vou acabar fazendo vozes para desenhos. Minha voz é tão doente e eu tenho alguns personagens, eu sou único no meu trampo por isso que sou o Million Dollar Mouthpiece e meus fãs sabem que eu estou muito melhor que antes. Antigamente minha voz era tão sinistra e rápida que meus fãs mal entendiam o que eu dizia. Agora é mais suave, você pode ouvir cada palavra e rimas claramente, e era isso que eu queria porque eu falo coisa pra caramba. Por isso que eu a diminui. Quero que os manos entendam tudo que eu digo porque eu sou verdadeiro. Por isso eu sou o Million Dollar Mouthpiece... e também, união entre a West Coast. Se eu quero união eu tenho que ser um lider. Como um OG, você tem que mostrar o caminho como um homem. Se eu quero união eu tenho que me unir com os jovens que estão chegando na Bay, como não vou me unir com os meus manos? Eu estou me unindo com manos da L.A, mas primeiro eu preciso me unir com minha área, por isso trabalho com vários manos da Bay que eu nem mesmo conheço. Só faço isso por amor. Não estou dizendo isso só para me promover, eu posso vender albuns sem participação nenhuma, mas esse é o movimento que eu acho que todos deveriam estar fazendo. Deveriamos participar do trampo dos outros, tentando unir a West Coast, porque a West está afundando como a porra do Titanic. Estamos afundando desde o último album de Pac. Literalmente, desde o The Don Killuminati, desde aquele album estamos afundando, desde que ele morreu. Então para sairmos dos bote salva-vidas e sair do Titanic que está afundando precisamos nos unir ou vamos todos para o fundo do oceano, e vamos desaparecer. A West Coast precisa voltar de verdade.

WorldWideConnected.com: Falando sobre união e falta de união, tem mais uma treta que eu queria comentar. Ano passado você teve um problema com Numskull e deixou muitos confusos, tá ligado?

Yukmouth: Eu não tive problema com ele. Ele teve um problema comigo. Pegue a história certa, não foi eu, foi ele!


Creditos:::Thug__Nefasto__Life

Fonte::S.L.U.P.M.I


Nenhum comentário:

Postar um comentário