quinta-feira, 21 de agosto de 2008

Faith Evans relembra relação com Pac & Biggie



Embora já tenha se passado mais de uma década desde que Tupac e Biggie Smalls faleceram, ainda existem uma série de questões que continuam sem resposta. Uma delas é o suposto triângulo amoroso entre Tupac, Biggie e Faith Evans.

Em sua nova autobiografia, intitulada Keep The Faith, a ex-mulher de Christopher Wallace revela sua relação com ambos os rappers.

Ao relatar um incidente com Tupac, Faith admitiu ter traído Biggie, mas não com o rapper da West Coast.

Eu tive que pensar em como tranquilizar o Big de que nada havia acontecido com o Pac, diz Faith no livro. Eu não era completamente inocente. Quando estava em Los Angeles, eu transei algumas vezes com o Terry Dollars e vi o Roger, jogador da NBA, algumas vezes enquanto estava na cidade. Então, tecnicamente, eu traí o Big. Mas não com o Tupac.

Faith também documentou como surgiu sua relação com Tupac. Ela citou uma ocasião em que passou para pegar um cheque do rapper referente à uma participação em uma música e relembrou como foi tratada pelo astro da West Coast.

'A situação com o dinheiro é tipo assim,' ele disse. 'Se eu te dou ele, você é minha p***.'

'Sua o quê?,' eu disse. Eu senti um calafrio nas costas.

'Você me ouviu. Você vai ser minha p***.'

Eu levantei e me afastei de onde ele estava.

'Eu não sou p*** de ninguém,' eu disse, tentando manter minha voz firme.

'Você é a p*** do Biggie.'

A partir daí, as coisas foram de mal a pior, de acordo com Faith.

'Então você não quer chupar meu p**?'

'O quê?,' eu gritei. 'Do que você está falando?'

Tupac levantou sua voz. 'Você sabe que quer chupar o meu p**, sua p***! Não minta.' Eu caí em lágrimas e agarrei minha bolsa. 'Eu tenho que sair daqui.'

Tupac continuou. Ele estava desorientado, xingando e gritando. Ele disse algo sobre a East Coast.

'Mas...mas...eu...pensei que nós éramos amigos,' eu disse. A esta altura, eu mal podia falar claramente, porque estava chorando muito.

'Seja o que for. Você sabe que gostaria de ser minha p***,' ele disse, antes de ir para o quarto e bater com a porta.

Nenhuma data foi determinada para o lançamento do livro, contudo, ficou evidente que o mesmo poderá esclarecer muitas questões sobre a era Biggie e Tupac.


Central do rap

Nenhum comentário:

Postar um comentário